Início do conteúdo
    Notícias
  • I Simpósio promovido pelo GIP

    As inscrições para quem  desejar certificado serão gratuitas e o evento será todo transmitido pelo Facebook da UFPel e pelo YouTube de forma liberada. O evento inicia amanhã  (20/10) e encerra dia 29/10.

    Destaca-se a participação do Prof. Boaventura Sousa para a palestra de abertura que será amanhã (20/10) às 14h.

    Convite enviado pelas professoras Eugenia Bolacel Braga e Vera Bobrowski interlocutoras do GIP no Instituto de Biologia.

  • I PORTAS ABERTAS PARA A CIÊNCIA E INCLUSÃO DO DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA

     

    Durante os dias 22 e 23 de outubro, o Departamento de Morfologia do Instituto de Biologia da Universidade Federal de Pelotas, promoverá o evento “I Portas Abertas – Para ciência e inclusão no Departamento de Morfologia” em um formato totalmente Online.
    A proposta do evento consiste em divulgar para a comunidade que a ciência pode ser propriedade de todos, independente das limitações que apresentem de forma temporária ou permanente.
    A programação traz um passeio por parte dos laboratórios e acervo de peças anatômicas, tanto animal como humana, assim como, apresentação de projetos e ações de acessibilidade dentro da Universidade Federal de Pelotas e seus parceiros.
    O evento disponibilizará certificado de 12 horas para aqueles que participarem dos dois dias de evento.
    As inscrições são totalmente gratuitas e estão sendo realizadas através do link:https://www.even3.com.br/portasabertasmorfo/
    As palestras ocorrerão no canal do Youtube do evento das 16h ás 18h nos dias 22 e 23 de outubro: https://www.youtube.com/channel/UCwHFxGMxbTAPDTxKpC9Y8cg

  • Simpósio: Inteligência Artificial para a conservação da biodiversidade

    Através da aproximação dos temas biodiversidade e emprego de tecnologias através da Inteligência Artificial para a conservação é possível abordar um outro aspecto das ciências naturais, evidenciando os resultados aplicados do conhecimento científico e tecnológico em ações práticas para acelerar a avaliação do estado de conservação em espécies da flora e da fauna. Este simpósio discute o emprego de Inteligência Artificial para a conservação de espécies e é oferecido online com o objetivo de fomentar a formação de recursos humanos especializados nesta área. O emprego de Inteligência Artificial para a conservação da natureza representa uma fronteira da Ciência ao nível mundial e, a partir deste simpósio, busca-se promover e disseminar este conhecimento através da divulgação científica. 
     
    Este simpósio integra as atividades da 17ª Semana Nacional de Ciência & Tecnologia e que tem como tema “Inteligência Artificial: A Nova Fronteira da Ciência Brasileira. A programação conta com a participação de pesquisadores nacionais e internacionais, englobando temas relacionados à pesquisa em Inteligência Artificial e à Conservação da Biodiversidade sob diferentes aspectos. Confira a programação.
    Programação do Simpósio:
    19 de outubro de 2020

    9:00 – Abertura do evento – Conservação da Biodiversidade.
    Prof. João Iganci, Universidade Federal de Pelotas

    9:30 – O estado de conservação da flora do Brasil: atuação do Centro Nacional de Conservação da Flora do Instituto de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
    Pesquisadora Patrícia da Rosa, CNCFlora, Jardim Botânico do Rio de Janeiro

    14:00 – A nova primavera da Inteligência Artificial: desafios e oportunidades.
    Prof. Ricardo Matsumura de Araújo, Universidade Federal de Pelotas

    20 de outubro de 2020

    9:00 – Abertura – Como aplicar a conservação nos tempos atuais?
    Prof. Cristiano Agra Iserhard, Universidade Federal de Pelotas

    9:30 – Ferramentas para uma participação ampla e efetiva na conservação.
    Profa. Karen Mustin Carvalho, Universidade Federal de Pelotas

    10:00 – O monitoramento de populações na era dos drones e da inteligência artificial.
    Pesquisador Ismael Verrastro Brack, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    14:00 – Guiding extinction risk priorities with artificial intelligence.
    Pesquisador Barnaby Walker, Royal Botanic Gardens, Kew

    Mais informações no site oficial do evento:
  • Museu Carlos Ritter com Administração continuada e renovada

    A Direção do Instituto de Biologia agradece a Comissão Eleitoral composta pelo professor Sebastian Felipe Sendoya Echeverry (Presidente da Comissão), TAE Carolina Silveira Régis e discente Natália Castilhos Pioner pela condução e sucesso do processo de consulta para a Chefia  e Subchefia do Museu de Ciências Naturais Carlos Ritter. Parabeniza os professores João Ricardo Vieira Iganci (Chefia) e Cristiano Agra Iserhard (Subchefia) pela aceitação desse desafio de administrar o Museu no atual cenário. Aos professores João Iganci e Raquel Lüdtke  a gratidão da Direção e da Comunidade do Instituto pelo trabalho desempenhado na promoção do nosso Museu e de sua maior inserção na comunidade Pelotense durante sua gestão que está findando. Aos professores João e Cristiano desejamos um excelente trabalho na continuidade de suas ações na frente da equipe de trabalho desse nosso Órgão Suplementar do IB. Aproveitamos a oportunidade para  informar que ontem foi publicado um relatório mundial sobre o estado atual de conhecimento sobre plantas e fungos, resultado de pesquisa colaborativa entre 210 pesquisadores de 97 instituições de 42 países, dentre esses, o professor  João Iganci que, novamente, merece nossa consideração, admiração e apoio. Por fim, nossos agradecimentos aos colegas TAEs, Docentes e Discentes pela participação no pleito legitimando o processo. Estamos todos de parabéns e esperamos nessa próxima gestão levar o Museu para uma sede definitiva qualificando mais ainda as ações em andamento. 

  • VOTAÇÃO PROCESSO ELEITORAL PARA CHEFIA DO MUSEU DE CIÊNCIAS NATURAIS CARLOS RITTER

    COMISSÃO DE CONSULTA DO PROCESSO ELEITORAL DO MUSEU DE CIÊNCIAS NATURAIS CARLOS RITTER

    Convida a todos os discentes, docentes e técnicos administrativos do Instituto de Biologia para:

    Prezada(o), o Museu precisa da sua opinião para escolher seu novo chefe.

    Sua participação nesta consulta é muito importante para fortalecer a estrutura e tradição democrática dentro da nossa instituição.

    Participe desta consulta pública acessando este link durante o dia 30 de setembro até as 17:00:

               https://vote.heliosvoting.org/helios/e/Consulta_Museu

    1)      Entre na consulta com uma conta de google ou de facebook

    2)      Pressione “start” na página de instruções para acessar a pergunta da consulta

    3)      Escolha sua opção preferida

    4)      Confirme sua escolha

    5)      Submeta seu voto no final “Submit”.

      Os esperamos a todos e muito obrigado.

    Prof. Sebastian Sendoya (presidente da Comissão de Consulta)

    T.A. Carolina Silveira Régis

    Discente Natália Castilhos Pioner

  • Apresentação Chapa Inscrita Chefia Museu Carlos Ritter

    Convidamos todos para participarem da apresentação da proposta de trabalho da Chapa Inscrita para a Chefia do Museu Carlos Ritter que ocorrerá hoje as 17 horas no link https://us04web.zoom.us/j/77780720676?pwd=Y0hRZ05yRTAzc0h4dXhVdDY0Tm5EUT09. Sua participação é importante para legitimar o processo eleitoral e fortalecer o trabalho   a   ser   desenvolvido. Senha e ID serão fornecidos pelo seu  e-mail.

  • Curso de Especialização em AEE inicia dia 01.10 com seminário

    Após adiamento do início das atividades do Curso de Aperfeiçoamento em Atendimento Educacional Especializado (AEE) no próximo dia 01/10 ocorrerá as 19 horas (via web) a palestra Mudança de deficiência mental para deficiência intelectual – implicações pedagógicas no AEE inclusivo ministrada pelo professor Professor Romeu Sassaki. retomando às atividades.

    Há mais de 50 anos no ramo da consultoria sobre a autonomia da pessoa com deficiência no mercado, Romeu Kazumi Sassaki cria seu legado como “pai da inclusão no Brasil” aos seus 82 anos de idade.

    Celebrado como o maior pesquisador brasileiro atuante sobre a educação, autonomia e direitos das pessoas com deficiência possui uma carreira extensa, que acumula diversos livros publicados, como os “Inclusão no lazer e turismo”, de 2003, e seu mais famoso “Inclusão – Construindo uma sociedade para todos”, de 2007. Além dos diversos artigos publicados em revistas especializadas como a Revista Nacional de Habilitação, coleciona também artigos internacionais e livretos sobre terminologias e nomenclaturas inclusivas.

    Desenvolvendo conceitos sobre a educação para pessoas com deficiência, propagou a educação inclusiva, ideia que consiste em estabelecer um ambiente que proporciona o fácil acesso da pessoa com deficiência para o local de estudo, para que consiga praticar plenamente seus estudos, assim como qualquer outra criança.

    Sassaki, entre as demais atividades desenvolvidas, foi responsável pela tradução da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência (CPDP) para o português brasileiro, e atualmente traduz também os relatórios mensais da ONU na Enable Newsletter.

    Fonte: Câmara Paulista para Inclusão da Pessoa com Deficiência

  • “Ilustração Botânica: união de ciência e arte”

    A ilustração científica acompanha os estudos biológicos desde os primeiros trabalhos de história natural e hoje ainda é essencial para o desenvolvimento de trabalhos de sistemática, taxonomia, morfologia e anatomia, dentre outras áreas da botânica. Ela também está presente em trabalhos de divulgação e em materiais didáticos. A formação de profissionais na área é diversa e ainda tem pouco espaço no Brasil – apesar de seu grande valor. Debater diferentes aspectos da ilustração contribui para pensar a importância da técnica tanto para pesquisa científica quanto para atividades de divulgação e popularização da ciência, além das possibilidades de seu uso no ensino de botânica em diversos níveis de formação.
    Assista às palestras da mesa redonda “Ilustração Botânica: união de ciência e arte”, realizada dentro da programação da IV Primavera Botânica, evento organizado pela UFRGS. O Prof. João Iganci foi um dos palestrantes no evento, onde mostrou alguns dos resultados dos projetos de ensino e de extensão que desenvolve junto ao Instituto de Biologia da UFPel. A mesa foi composta ainda pelas ilustradoras científicas Rafaella Marchioretto, de Porto Alegre, e Maria Alice Rezende, do Rio de Janeiro.
  • Eleições Chefia e Subchefia do Museu Carlos Ritter

    A Comissão encarregada pela execução das eleições para a Chefia e Subchefia do Museu Carlos Ritter encaminha  o convite geral com as informações básicas da consulta, assim como, os links abaixo para os demais documentos que já estão na pagina do Museu:
Translate »