Início do conteúdo
    Notícias
  • Feliz dia dos professores

              Há pessoas que marcam a nossa vida, que despertam algo especial em nós, que abrem nossos olhos de modo irreversível e transformam a nossa maneira de ver o mundo. O professor é uma dessas pessoas!

             Os seus ensinamentos vão muito além dos conteúdos do currículo. Oferecendo aprendizados importantes para a vida. A profissão vai muito além da missão de um professor, são verdadeiros mestres. Os  professores despertam a admiração de um modo único, e se tornam uma inspiração para aqueles que estão aprendendo com eles.

                   Os professores distintivamente dos caranguejos eremitas, que na maioria das vezes, fazem exatamente o que seu nome sugere: vivem sozinhos, sem socializar com outros membros próximos de sua espécie, necessitam socializar seus saberes com a sociedade, em especial com seus alunos. Por outro lado, aproveitam como os garanguejos eremitas a oportunidade da socialização para “trocar de casa” chegando através da TI até os lares de nossos alunos via diferentes meios de comunicação. De  modo similar a esses garanguejos que “enganam” seus pares para conseguir as melhores “conchas”, os docentes usaram de sua resiliência e prazer em ensinar para ludibriar e superar o corona vírus durante sua pandemia, seja descobrindo vacinas para conter sua proliferação, seja atuando com nossos alunos nas diferentes frentes de combate ao vírus, ou por fim, através do conhecimento e domínio das modernas tecnologias chegar a nossos alunos e dar continuidade ao processo de ensino/aprendizagem.

               Os professores assim como, as abelhas que ajudam na reprodução sexuada das plantas levando o pólen do androceu para o gineceu da mesma planta ou de plantas diferentes, permitindo assim a fecundação, levam seus saberes para regar os conhecimentos e projetos de vida de seus  alunos e da sociedade em geral, de forma que, sejam fecundos e deem continuidade a esse processo. Antes de dar o “peixe” o professor ensina a pescar e o que é mais interessante, aprende com quem está pescando durante o processo de aprendizagem. Há que ressaltar que, sem dúvidas nesse processo de ensinar a pescar, existe a participação integrada dos docentes, TAEs e discentes no ensino ministrado na UFPEL.

                    Sem dúvida alguma e sem nenhum questionamento, sabemos que professores formam professores e todas as demais profissões que a espécie humana desempenha, mesmo que em alguns casos sejam pessoas laicas que exerçam esse ofício devido aos saberes que dominam por suas experiências profissionais durante seu percurso de vida. Não obstante isso, cabe uma reflexão aos colegas docentes e comunidade do Instituto de Biologia. Sendo detentores desse importante papel em que ponto como docentes estamos falhando que diferentemente de outros países em desenvolvimento ou desenvolvidos somos vistos como despesas ao Estado?

                  Conforme podemos encontrar inúmeras referências na média o Ensino é considerado uma das carreiras mais cobiçadas em várias partes do mundo. E, estes países foram rápidos em reconhecer a importância de bons educadores para o objetivo final da construção de um sistema educacional forte. Eles oferecem os salários mais lucrativos para reter os melhores talentos nesse meio. Só para exemplificar  a maior parte dos professores na Alemanha costuma almejar o status de funcionário público, pois além de pagarem menos impostos e estarem livres de algumas contribuições, como o seguro-desemprego, os docentes ainda são atraídos pelo emprego irrescindível e por vantagens financeiras para as próprias filhas e filhos além do reconhecimento e respeito do papel do professor por toda a sociedade alemã. No Brasil, na contramão, os salários baixos, as jornadas cansativas, o pouco reconhecimento, em crise, a docência sofre de renovação e exige medidas para evitar que a escassez se agrave no futuro.

                      Por fim, os professores têm a capacidade de começar onde estão, usando o que têm e fazendo o que se pode ou até mais do que isso, atingindo o que as vezes se vê como inatingível. Muito obrigado pela sua dedicação, paciência e carinho ao lecionar. Os alunos e a sociedade agradecem por terem feito parte de suas vidas, e com a certeza de que tudo o que foi aprendido, é levado por toda a vida de quem vivenciou essa experiência única.

    Progredimur, impedimenta superanda et optima nostra facientes.
    Feliz dia dos professores hoje e sempre.
  • Eleições para Coordenação e Coordenação Adjunta do Colegiado de Curso de Ciências Biológicas – Bacharelado e Licenciatura (2021-2023)

    Caros docentes e discentes,

    O processo de votação das eleições foi atualizado (Edital atualizad0). O cronograma abaixo apresenta um breve resumo do processo.

    Processo Datas
    Divulgação do processo 27/09 a 04/10
    Inscrição das chapas 04 a 06/10 até as 23h59min
    Homologação das inscrições 07/10
    Apresentação das chapas 08/10 às 18h00min
    Campanha eleitoral 08 a 17/10
    Processo de consulta

    18/10 a partir das 08h00min

    até 20/10 às 20h00min

    Divulgação do resultado

    Até 22/10/2021

     

  • Horários de ônibus de apoio da UFPEL

    A pedido do Colegiado de Curso de Ciências Biológicas divulgamos a tabela de horários dos ônibus de apoio da UFPEL a partir do  mês de outubro. As informações foram encaminhadas pelo Núcleo de Transportes (NUTRANS) e são disponibilizadas a seguir.

    O Núcleo de Transporte da UFPel informa que o Transporte de Apoio da Universidade é um serviço gratuito destinado a facilitar o deslocamento dos alunos entre os campi, tornando-o mais rápido e seguro.

    O transporte é realizado por meio de frota própria;

    Os veículos estão identificados com o Logotipo da UFPel;

    Os ônibus da UFPel estão autorizados a realizar paradas para embarque e desembarque em locais da própria Universidade, previamente divulgados;

    A apresentação da carteirinha da UFPel ou atestado de matrícula acompanhado de documento oficial (com foto) será exigido para o embarque nos ônibus.

    O início do serviço será a partir de 04 de Outubro, haja vista o retorno das atividades de aulas práticas presenciais.
    Linha da Palma
    Veículo: Micro-ônibus, placas IOQ-0735;
    Local de Saída: Capão: Parada de ônibus ao lado do Prédio da FAEM;
                                             Palma: Setor Pecuária da Palma
    Horário de saída Campus Capão – Palma: Segundas-feiras às 07h:40min ;
     Quarta e Quintas-feiras às 13h:30min;
    Horário de saída Palma – Campus Capão: Segundas-feiras às 11h:10min ;
       Quarta e Quintas-feiras às 17h:10min;

    Linha Anglo
    Veículo: Ônibus, placas IVM-4052;
    Itinerário:
    Anglo > Cotada > CCHS > Campus II > Parada XV > CEU > FaMed > Canguru > CEU > Parada XV > Antigo Salis Goulart > ALM > Campus II  >FaUrb > Cotada > Anglo

    Horários (** Saída da Parada da XV, Outros horários Saída do Anglo):
    07:30** / 08:00 / 09:00 / 10:00 / 11:00 / 12:00 / 13:00 / 14:00 / 15:00 / 16:00 / 17:00 / 18:00

    Linha Odonto/FaMed(Período à noite)
    Veículo: Ônibus, placas IVM-4052;
    Itinerário:
    Antigo Salis Goulart > ALM > Campus II > CEU > FaMed > Canguru > CEU > Parada XV > Antigo Salis Goulart

    Horários (** Saída da Parada Antigo Salis Goulart):
    19:00 / 20:00 / 21:00 / 22:1

    Linha Capão:
    Veículos: Ônibus Rodoviário;
    Itinerário:
    Rota 1:
    Cotada > CCHS > Lyceu > FaMed > Rótula  > Campus Capão
    Horários: 07:00 (03 ônibus) / 07:15 (03 ônibus)
    Rota 2:
    Campus Capão > Rótula > FaMed > Canguru > CEU > Parada XV
    Horários: 09:00 / 10:00 / 13:00 / 14:45 / 16:00 / 18:00 / 18:15
    Rota 3:
    Parada XV > CEU > FaMed > Rótula > Campus Capão
    Horários: 09:00 / 12:00 / 14:00 / 15:20 / 17:00

    Observação:

    • Os horários terão uma tolerância de ± 10 minutos, dependendo do trânsito
    • Os horários poderão sofrer alterações durante o semestre, sendo divulgados no portal institucional.
    • PARADAS DO TRANSPORTE DE APOIO UFPEL:

    Anglo – Rua Gomes Carneiro, 01

    Cotada – Rua Benjamin Constant esquina Rua Dona Mariana

    CCHS (Campus das Ciências Humanas e Sociais) – Rua Benjamin Constant esquina Rua Cel. Alberto Rosa

    FaUrb (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo) – Rua Benjamin Constant esquina Alberto Rosa

    Campus II – Rua Almirante Barroso esquina Rua Três de Maio

    XV – Rua XV de Novembro esquina Rua Dom Pedro II

    CEU (Casa do estudante) – Rua Três de Maio esquina Rua Barão de Santa Tecla

    Antigo Salis Goulart – Rua Tiradentes esquina Rua Gonçalves Chaves

    ALM (Agência da Lagoa Mirim) – Rua Tiradentes esquina Rua Cel. Alberto Rosa

    FaMed (Faculdade de Medicina) – Avenida Duque de Caxias, 250

    Canguru – Lobo da Costa esquina Rua Marcilio Dias

    Eng. Madeireira (Engenharia Industrial Madeireira) – Rua Conde de Porto Alegre, 793

    ESEF (Escola Superior de Educação Física) – Rua Luis de Camões, 625

    Rótula – Av. Eliseu Maciel (a 200m da Av. Três de Maio)

    Campus Capão do Leão – Campus Universitário, S/N – Capão do Leão

    Lyceu – Rua XV de Novembro esquina Rua Lobo da Costa (largo do Mercado Público)

    Palma (Centro Agropecuário da Palma) – BR 116 – KM 5370

     

  • Eleições para Coordenação e Coordenação Adjunta do Colegiado de Curso de Ciências Biológicas – Bacharelado e Licenciatura

    Caros docentes e discentes,
    Está aberto o processo de eleições a Coordenadora/o e Coordenadora/o Adjunto/a do Colegiado dos Cursos de Ciências Biológicas – Bacharelado e Licenciatura da UFPel.
    Encaminhamos o Edital de abertura do processo eleitoral, constando o cronograma do processo.

    Atualizações sobre o processo serão divulgadas no site do Instituto de Biologia/UFPel.

    Atenciosamente,

    Juliana Cordeiro
    Em nome da Comissão Organizadora das Eleições
    link: https://drive.google.com/file/d/1lYadY-58e9ffMZFEUf_MF2KrZsD2riik/view?usp=sharing
  • “Seminário da Agronomia 2021”- Empresa Júnior de Agronomia da Universidade Federal de Viçosa

     A Empresa Júnior de Agronomia da Universidade Federal de Viçosa e convida todos a participarem do  “Seminário da Agronomia 2021”, nos dias 27 de setembro a 01 de outubro, totalmente gratuito e com certificados de palestras e minicursos.

    Visualização da imagemPeríodo de inscrições entre os dias 06/09 a 27/09.
    Emissão de certificado.
    *Link de inscrições: *
    https://www.even3.com.br/sag2021/

  • Divulgação Live “Um primata em processo de extinção: como sabemos disso e o que podemos fazer? “

    Olá a todos!

    É com enorme prazer que divulgo a nossa 14ª Live do projeto “Ciência e Meio Ambiente Convida”. Neste evento nossa convidada será a Dra. Fernanda Pozzan PaimEla irá conversar com vocês sobre “Um primata em processo de extinção: como sabemos disso e o que podemos fazer? “. Será um evento gratuito, via You Tube, no dia 14/09terça feira, a partir das 19:00 horas (horário de Brasília).

    Link para acesso:  https:// bit.ly/3gqxVjw

    Sigam nossas redes sociais:

    Ciência e Meio Ambiente – YouTube

    https://www.youtube.com/channel/UCXEpL6mlROPf8AK0nNUXBvA

    Ciência e Meio Ambiente |Facebook

    https://www.facebook.com/Ci%C3%AAncia-e-Meio-Ambiente-1857331034565195

    https://www.facebook.com/groups/1930578920295417

    Instagram @cienciaemeioambiente

     

  • AEE no contexto da pandemia

    Nesse sábado teve início mais um curso de extensão sob Coordenação da professora Rita de Cássia Morem Cóssio Rodriguez ofertado pelo Instituto de Biologia através do grupo de trabalho do  NEPCA/IB (Núcleo de Estudos e Pesquisa em Cognição e Aprendizagem). Nesse curso de extensão foram ofertadas 500 vagas para todo o Brasil. O Curso de extensão foi aberto pela professora Rita que logo  anunciou a exibição de um vídeo institucional apresentando a UFPEL aos participante do Curso. Prosseguindo passou a palavra ao Diretor do Instituto de Biologia, professor Luiz Fernando Minello, que deu as boas-vindas e falou sobre a importância dessa formação e desse espaço para discussão da AEE no contexto da pandemia. Após a professora Rita apresentou as professoras Verônica Porto Gayer que falou sobre a estrutura do Curso que será ofertado em 5 módulos, sendo que o primeiro deles abordará uma a revisão da situação do AEE no atual contexto da pandemia e concluiu sua fala informando que o curso terá início em 07/09 e será concluído em  30/11/2021. Prosseguindo a supervisora do Curso, professora pesquisadora  Gessiele da Silva  Correa apresentou dados sobre o seu funcionamento e enfatizou a comunicação, ajuda e orientações através dos tutores, ressaltando sua importância e felicitou a todos pela participação no Curso reiterando a acolhida da Instituição. A seguir teve início a palestra Inclusão e o contexto de pandemia ministrada pelo professor e psicólogo Damião da Silva. Após a palestra do professor Damião foram abertas discussões sobre as reflexões apresentadas pelo palestrante. Desse modo, o Instituto de Biologia através desse grupo de trabalho segue atendendo a oferta de cursos de extensão dentro da educação inclusiva embora seja um Instituto Básico (Fisiologia, farmacologia, zoologia, genética, ecologia, morfologia, parasitologia, microbiologia e botânica). Parabéns a professora Rita e sua equipe. Assista ao vídeo de boas vindas elaborado pelos tutores.

  • Live “Mulheres na Ciência: uma verdade inconveniente”

    No dia 03 de setembro de 2021, o Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM), através da disciplina de Tópicos em Ensino de Ciências, ministrada pelas profªs Francele de Abreu Carlan e Raquel Lüdtke, promoverá uma live com a profª Márcia Cristina Bernardes Barbosa da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) com o título “Mulheres na Ciência: uma verdade inconveniente” que abordará o papel que as mulheres vêm conquistando no cenário científico e seu combate à discriminação de gênero na Ciência.
    Márcia Cristina Bernardes Barbosa é doutora em Física, estudiosa das propriedades da água e membro titular da Academia Brasileira de Ciências. Já ganhou vários prêmios por seus estudos com a água e suas anomalias como o Prêmio L’oreal e Unesco de Mulheres nas Ciências Físicas. Em paralelo tem atuado nas questões de gênero na Ciência onde já ganhou em 2009 a Nicholson Medal dada pela American Physical Society.
    Em comemoração ao dia do biólogo, convidamos a comunidade do Instituto de Biologia (IB) a prestigiar a live da professora Márcia que, com certeza, trará uma ótima discussão sobre o tema.

    link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=pqtmOTovhVM

  • 3 de setembro dia do Biólogo

    biólogo é o profissional responsável pelo estudo das mais variadas formas de vida existentes. Ele observa origens, desenvolvimentos, funcionamentos, reproduções e relacionamentos dos seres vivos com o meio ambiente em que vivem.

    O reconhecimento normativo dos profissionais Biólogos comemora 42 anos em 2021. Foi em 03 de setembro de 1979 que a profissão que investiga a vida passou a ter respaldo legal, com a sanção da Lei Federal nº 6.684. Desde então – como organismo vivo – a manutenção, evolução e adaptação dessa classe profissional tem sido garantida graças à harmonia e à inter-relação entre os profissionais atuantes nesse universo que é a Biologia.

    O primeiro registro de pensamento científico que se tem na história é atribuído à Tales de Mileto, que viveu no século VI a.C. Tales estava andando pelas cercanias de sua casa e achou uma concha, sendo que essa região ficava a vários quilômetros do mar. Ao invés de atribuir essa descoberta à “vontade dos Deuses”, como era de costume na época, Tales concluiu que aquele local teria tido um mar em tempos remotos.

    Passados alguns anos, temos na figura de Aristóteles, mais ou menos em IV a.C., a primeira pessoa a tentar classificar de alguma forma os seres viventes, sendo os seres racionais os que apresentavam temperatura corporal quente e corpo seco e os irracionais os que apresentavam temperatura fria e corpo úmido. No entanto, foi no período das grandes navegações que os estudos sobre a natureza ganharam um grande impulso.

    Naquela época, os estudantes e observadores dos fenômenos naturais eram chamados de naturalistas. Como ser naturalista ainda não era considerado uma profissão, mas um passatempo, um hobby, geralmente os mesmos eram grandes proprietários de terras e fortunas que não tinham necessidade de trabalhar para se sustentar, logo tinham tempo suficiente para estudar e desenvolver suas pesquisas e observações. Naturalistas famosos foram: Carolus Linnaeus, Geofroy Saint-Hilaire, Georges Cuvier, Alfred Russel Wallace e o próprio Charles Darwin.

    Com o tempo, esse passatempo foi se tornando cada vez mais constante e logo esse conhecimento passou a ser transmitido nas Universidades, através dos cursos de Ciências Naturais. O curso de ciências naturais envolvia não só conhecimentos biológicos, mas também geográficos, geológicos, paleontológicos e históricos. O primeiro curso de Ciências Biológicas do Brasil , foi criado na USP em 1934 e ainda tinha o nome de História Natural. Somente na década de 1960 que o Curso de Ciências Biológicas veio a ter identidade própria em nosso país.

    Biólogo – Aquele que estuda a vida em suas mais variadas formas

    Parabéns Biólogos – Sentir orgulho de ser um profissional da Biologia é reconhecer a importância que cada uma de suas ações tem para a sociedade e para a ciência. É saber que suas descobertas podem salvar milhares de vidas e garantir a sobrevivência de diferentes espécies. sentir orgulhoso!

    Fontes: https://www.crbio06.gov.br/index.php/o-biologo/profissao-biologo/historico-da-profissao-biologo; https://www.crbio01.gov.br/institucional/historia

  • Reunião aberta Conselho Departamental inicia debates sobre PPI na Unidade

    No dia primeiro de setembro (01/09/2021) o Conselho Departamental reuniu-se em sessão aberta a comunidade para iniciar os debates relacionados as discussões sobre o novo Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da UFPEL. O assunto teve o início dos seus debates com a equipe do Projeto Diálogos Acadêmicos (coordenação GVR) – articulação da discussão sobre a revisão e eventual atualização do Projeto Pedagógico Institucional (PPI), em paralelo e em consonância com a revisão do PDI. Desse grupo de trabalho (GT) estiveram presentes na reunião a professora Ursula Rosa da Silva (Vice-Reitora); professor  Gustavo Maia Souza (Núcleo de Interdisciplinaridade, Avaliação e Planejamento da Pós-Graduação, PRPPG); professora  Maria de Fátima Cóssio (Pró-Reitora de Ensino,  PRE), professora  Silvana Paiva Orlandi (Assessora  Gabinete da Vice-Reitora); professor  Eduardo Ferreira das Neves Filho (Coordenação de Pedagogia Universitária, PRE), professora  Renata Moraes Bielemann (Coordenação de Relações Internacionais – CRInter) e  Eleonara Campos da Motta Santos (Coordenação de Arte, Cultura e Patrimônio, PREC) além dos Conselheiros e convidados {Karine Massia Pereira (TAE – DMP); Monica Laner Blauth (Docente – DEZG); Michele Pepe Cerqueira (TAE – DFF); Felipe Diehl (TAE – DEZG); Mateus Casanova dos Santos (Docente – DM);  Ana Paula Nunes (Docente – DM suplente professores Associados;  Jucimara Baldissarelli (Docente – DFF); Caroline Scherer (Docente – DB); Mariangela Heppe Lopes (Docente – DFF); Aline Longoni dos Santos (Docente Substituto – DM); Ana Maria Rui (Docente – DEZG) e Mayara Guelamann da Cunha Espinelli Greco (Discente Pós-Graduação Mestrado em Entomologia)}.  Na oportunidade foi possível conhecer o projeto e dar início aos debates que seguramente se serão estendidos a toda comunidade. Aqueles que por ventura não puderam estar presentes podem encontrar informações na Ata 25/21, slides e gravação da reunião.

Translate »