Início do conteúdo
Ênfase Pesquisa

Projetos Unificados com ênfase na Pesquisa

O TEATRO DO OPRIMIDO E SUAS REPERCUSSÕES NA COMUNIDADE

Coordenadora: Fabiane Tejada da Silveira

Descrição do Projeto: O Projeto propõe-se a sistematizar e organizar as produções do Projeto de Extensão Teatro do Oprimido na Comunidade (TOCO) ao longo de sua existência (iniciou em 2010 e ainda está em andamento) para identificar suas repercussões nas comunidades onde desenvolveu-se e refletir sobre o impacto do mesmo na formação dos estudantes envolvidos(as) no TOCO.

Contato: tejadafabiane@gmail.com


LEITURAS DO DRAMA CONTEMPORÂNEO

Coordenadora: Fernanda Vieira Fernandes

Descrição do Projeto: O projeto de pesquisa Leituras do drama contemporâneo tem como foco principal o estudo de textos dramáticos contemporâneos, bem como de seus autores e autoras, debruçando-se sobre os conceitos e características principais que surgem na literatura dramática a partir do final do século XX. A partir da descoberta de peças teatrais e da análise das mesmas, o grupo busca disseminar o seu estudo através de leituras dramáticas, intervenções literárias, entre outras propostas. O projeto compõe o Grupo de Pesquisa da Plataforma Lattes – CNPq intitulado “Teatro: histórias e dramaturgias”, na linha de pesquisa “Dramaturgia: estudos e leituras”.

Contatos:

E-mail: leituras.ufpel@gmail.com
Site institucional: https://wp.ufpel.edu.br/leiturasufpel/
Facebook: https://www.facebook.com/leiturasdodramacontemporaneo
Instagram: @leiturasdodramacontemporaneo
Youtube:  https://www.youtube.com/leiturasdodramacontemporaneoufpel
Twitter: @leiturasufpel

 

DA METODOLOGIA DE PESQUISA À AÇÃO: OUTRAS/NOVAS MANEIRAS DE ABORDAGENS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Coordenadora: Andrisa Kemel Zanella

Descrição do projeto: O estudo de abordagem qualitativa e alicerçada no campo teórico-metodológico da pesquisa formação, traz o viés experimental para a cena com o intuito de  construir uma proposta metodológica de ação para a formação de professores, a partir do cruzamento de três metodologias de pesquisas de doutorado que abarcam os estudos do Imaginário e das pesquisas (auto)biográficas. 

Contato: professoraandrisakz@gmail.com


O FAZER TEATRAL E A TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA: TRAVESSIA COMO LUGAR DA EXPERIÊNCIA

Coordenadora: Aline Castaman

Descrição do projeto: O projeto visa instaurar um processo de estudo teórico e de investigação prática sobre e através de alguns procedimentos que parecem ter sido fundamentais à formação do ator na Grécia e na Inglaterra. Se por um lado, o “sistema” e o “método” de análise pela ação, criado pelo encenador russo e pedagogo Konstantin Stanislávski, redefiniriam os meios de preparação do ator lá no final do século XIX na Rússia, tornando-se por demais decisivo à construção de um processo criativo, por outro lado, os preceitos da arte da retórica e da oratória antiga tornaram-se os companheiros íntimos no trabalho daqueles atores por longos séculos, até se diluir e pouco constar como referência prática aos atores do final do século XX e início do XXI. Portanto, este é um processo de investigação e experimentação através das regras de elocução que perpassaram a retórica e que constituíram um modus operandi dos atores. Decupar os elementos que constituíram as matrizes à formação de um ator que se prepara isoladamente de seus pares em remotos estudos privados com a ajuda inicial de tutores que lhes transmitiam oralmente as regras de gestualidade, de elocução para também pinçar as paixões das personagens em cada uma de suas partes. Este parece ser o primeiro passo da investigação: decupar as pistas que tornam, em nossa hipótese, a retórica um dispositivo à criação no trabalho do ator. Escavar, portanto, quais seriam os procedimentos que antecederam tal sistematização russa movida pela pergunta: em que medida essa prática pode ser uma potência para o ator e para o professor de teatro?

Contatos: 

E-mail: acastaman@ufpel.edu.br
Site institucional: https://wp.ufpel.edu.br/teatroexperiencia/projeto-de-pesquisa-extensao/

LEITURA DRAMÁTICA E FLE

Coordenadora: Maristela Machado (CLC) e Fernanda Vieira Fernandes (CeArte)

Descrição do projeto: Este projeto de pesquisa unificado multidisciplinar tem como foco principal a reflexão e a revisão bibliográfica sobre a leitura dramática e a aprendizagem do Francês Língua Estrangeira (FLE) a partir de experiências realizadas na Universidade Federal de Pelotas. Além disso, em suas ações unificadas, prevê a realização de atividades relacionadas à leitura dramática, envolvendo estudantes do curso de Licenciatura em Letras Português e Francês e da Licenciatura em Teatro e de sessões de leitura abertas ao público, virtuais e/ou presenciais. 

Contatos: maristelagsm@gmail.com e fvfernandes@ufpel.edu.br


ARTE CONTEMPORÂNEA, PROCESSOS DE CRIAÇÃO E PSICANÁLISE: SAGRADO, AFETOS E SEGREDOS

Coordenadora: Nara Graça Salles

Descrição do Projeto: O projeto propõe uma investigação com abordagem qualitativa acerca da saúde mental, loucura e os processos de criação em arte contemporânea a partir do procedimento metodológico instaurações cênicas; aplicado em um grupo de estudos e atenção a saúde mental composto por alunos e alunas de qualquer curso da UFPEL e também aberto à pessoas da comunidade externa em geral, enfocando a arte em seus processos criativos em suas variadas expressões e linguagens e as possíveis relações com a psicanálise em uma perspectiva terapêutica artística e como poética da existência. O projeto prevê instaurações cênicas nas praças e ruas da cidade.

Contatos:

E-mail: arteeloucuraprocessosdecriacao@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/groups/365042904186321/?ref=share
Instagram link direto: instagram.com/psicanartese
Instagram busca: @psicanartese 

TEATRO, PERFORMANCE E POLÍTICA

Coordenador: Daniel Furtado Simões da Silva

Descrição do Projeto: O projeto parte do contato e do contágio ocorrido entre a arte da performance e a arte teatral no último quartel do século XX, e envereda por duas questões: como se dá o entrelaçamento entre o fazer teatral, as práticas performativas e as manifestações políticas nesse início de século XXI, e quais são as estratégias cênicas e as dramaturgias criadas pelos autores e autoras desses trabalhos? No projeto iremos analisar espetáculos e performances que tenham um viés político, entendido aqui como cenas que de alguma forma questionem as estruturas que constituem a sociedade brasileira, problematizando o racismo, o machismo, a exclusão, a censura, a violência (seja ela de gênero ou contra grupos e etnias) ou outros temas semelhantes. Um dos nossos focos de estudo será a análise das dramaturgias e das estratégias cênicas adotadas pelos(as) artistas-criadores que trabalham com essas questões, problematizando os modelos hegemônicos de expressão e conhecimento. No desenvolvimento do processo serão realizados experimentos performáticos que de alguma forma tenham um caráter político, que problematizem as estruturas excludentes e discriminatórias de nosso tecido social.

Contatos:

E-mail: teatroperformancepolitica@gmail.com
Youtube: Teatro, Performance e Política –  https://www.youtube.com/channel/UCrBgRTWXEKubjgMJJAxOgrA

JANELAS DO FEMININO

Coordenadores: Paulo Gaiger e Giselle Cecchini

Descrição do Projeto: O Projeto de Pesquisa Janelas do Feminino abre um diálogo entre o feminino e o teatro, as relações históricas e a contemporaneidade serão investigados através do estudo teórico, histórico, bibliográfico, biográfico e empírico, entre diferentes opções e escolhas, buscando, também, desenvolver processos criativos de composição cênica. Intervenções, performances, esquetes, espetáculos nos ambientes acadêmicos e do município são parte substancial da pesquisa, conformando seu compromisso com a extensão. Investigar o diálogo entre o feminino e o teatro, identificar relações históricas e contemporâneas; desenvolver processos criativos propondo a composição plástica e sua apresentação nos ambitos acadêmicos e da cidade; participar de publicações, seminários e congressos, com os materiais de estudos e reflexão, da memória, dos trabalhos plásticos, etc.

Contatos:

E-mail: paulogaiger@gmail.com / paulo.gaiger@ufpel.edu.br / giselle.cecchini@ufpel.edu.br