Início do conteúdo

Em Rio Grande, saldo do emprego formal é positivo em julho (+62 vínculos)

Segundo os dados do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), publicados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho (SEPRT) do Ministério da Economia, a movimentação do emprego formal celetista em Rio Grande apresentou saldo positivo no mês de julho de 2020, com 62 vínculos a mais. Esse saldo de movimentação do emprego decorreu de 833 admissões e 771 desligamentos. É o segundo mês consecutivo de saldo positivo, depois das fortes perdas de emprego durante o auge da pandemia (março, abril e maio de 2020), quando foram perdidos 1.439 vínculos. Esses saldos positivos dos meses de junho e julho (+29 e +62 vínculos), porém, foram bastante tímidos, indicando uma situação de estabilidade do mercado de trabalho local em patamares muito baixos. A taxa de variação do emprego no mês de julho foi de apenas +0,17%, o estoque passando de 35.713 vínculos, em junho, para 35.775 vínculos, em julho. No acumulado do ano, as perdas mostram-se ainda bem elevadas, observando-se um saldo de -1.126 vínculos, o que corresponde a uma taxa de variação de -3,05% em relação ao estoque de empregos de 1º de janeiro deste ano que era de 36.901 vínculos.

A movimentação setorial do emprego

Analisando-se os dados do Novo CAGED por setor da atividade econômica, constata-se que a indústria, e particularmente a indústria de transformação, foi o setor que mais contribuiu para o saldo positivo do município, com +95 vínculos em julho. Na indústria de transformação, destaca-se o desempenho dos segmentos de fabricação de produtos químicos (+80 vínculos) e de fabricação de produtos de madeira (+28 vínculos). O setor de serviços (+5 vínculos) e a agropecuária (+2 vínculos) apresentaram saldos positivos muito baixos, revelando uma situação de quase estabilidade. A construção civil (-25 vínculos) e o comércio (-15 vínculos) foram os setores que apresentaram os saldos negativos mais elevados. No comércio, destaca-se, negativamente, o segmento de comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas, com -49 vínculos. Vale ressaltar que o comércio atacadista (+18 vínculos) e o comércio varejista (+16 vínculos) apresentaram saldos positivos em julho.

 

Translate »
%d blogueiros gostam disto: