Início do conteúdo

Abertas as inscrições de trabalhos para VII SEPOME

De 11 a 14 de novembro de 2019, realizar-se-á o VII Seminário de Políticas Sociais no Mercosul (SEPOME), intitulado “As políticas sociais na América Latina e a garantia dos direitos humanos”. O VII Sepome é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Política Social e Direitos Humanos da Universidade Católica de Pelotas. Conforme cronograma do evento, a inscrição de trabalhos está aberta. Os interessados deverão enviar resumos até o dia 27 de setembro para os Grupos de Trabalho do evento. Maiores detalhes sobre o evento, clique no link abaixo:

http://sepome.ucpel.edu.br/

O Observatório Social do Trabalho participará na coordenação do Grupo de Trabalho Transformações do mundo do trabalho: novas morfologias, trabalho associado e políticas públicas de emprego e renda, coordenado pela Prof.ª Drª Aline Mendonça dos Santos (PPG-PSDH/UCPel) e pelo Prof. Dr. Francisco Beckenkamp Vargas (Observatório Social do Trabalho/UFPEL).

O objetivo do GT é debater as transformações do mundo do trabalho, problematizando as potencialidades e contradições das múltiplas formas de trabalho, do trabalho associado e do emprego assalariado como mecanismos de integração social dos trabalhadores e da população em geral, na promoção da cidadania, da igualdade e do direito à diferença. Neste sentido, o GT acolherá discussões que analisem: (1) políticas públicas que ajudem a compreender a ação do Estado face às novas configurações do trabalho no contexto das pressões mundiais pela desregulamentação/flexibilização de direitos sociais e trabalhistas, tanto no Mercosul como no Brasil; (2) distintas relações e modelos de organização do trabalho, sobretudo aqueles que expressem: (a) novas morfologias observadas mundialmente, frequentemente traduzidas em precarização do trabalho (trabalho temporário, informal, subcontrato, terceirização, home office, etc.); (b) particularidades das iniciativas econômicas de Trabalho Associado (empreendimentos de economia solidária, cooperativas populares, empresas recuperadas, fábricas ocupadas, grupos informais) que surgem com distintas finalidades, seja como alternativa ao desemprego crônico/estrutural ou como forma de resistência política e econômica dos trabalhadores.

Publicado em 16/09/2019, em Notícias. Marcado com as tags Direitos humanos, políticas sociais, SEPOME, trabalho.
Translate »