Início do conteúdo

Balanço do emprego formal em maio é negativo em Pelotas e Rio Grande

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho (MTb), em maio de 2017, ocorreram em Pelotas, 2.076  admissões e 2.342 desligamentos, o que resultou em um saldo negativo de 266 empregos formais celetistas. Observa-se, pois, uma taxa de variação de -0,43% em relação ao estoque do mês anterior. Esse desempenho foi melhor do que o de maio de 2016, quando o saldo, também negativo, foi de -602 vínculos.

Em Rio Grande, ocorreram 1.245 admissões e 1.344 desligamentos, resultando em um saldo negativo de -99 vínculos formais, o que corresponde a uma taxa de variação de -0,24% em relação ao estoque do mês anterior. Esse desempenho foi pior do que o de maio de 2016, quando o saldo foi positivo, de +60 vínculos formais de emprego.

Comparando-se a conjuntura local com a conjuntura nacional e estadual, constata-se que maio foi um mês com desempenho mais desfavorável, com saldos negativos nos municípios de Pelotas e Rio Grande, bem como no Estado do Rio Grande do Sul. No conjunto do país, o saldo da movimentação de empregos formais celetistas foi positivo. No Rio Grande do Sul, ocorreu saldo negativo de -12.360 vínculos, o que corresponde a uma taxa de variação de -0,48%. No Brasil, o saldo positivo resultou na criação de 34.253 novos vínculos formais de emprego, o que corresponde a uma variação de 0,09% em relação ao estoque do mês anterior.

 

Para acessar o Boletim na sua íntegra, clique no link abaixo:

Balanço Emprego Formal Pelotas e Rio Grande MAIO 2017

 

Publicado em 22/06/2017, em Notícias. Marcado com as tags Emprego formal, Mercado de trabalho e ocupação, mercado local de trabalho.
Translate »