Início do conteúdo
Disciplinas Obrigatórias

Teoria Política

Ementa: Ao partir da ideia de que a Teoria Política possui diferentes definições e apropriações pela
disciplina da Ciência Política, o curso analisa os fundamentos ontológicos, epistemológicos e
metodológicos que orientam a Teoria Política, sobretudo, em suas versões contemporâneas.
Do ponto de vista disciplinar da Ciência Política, a Teoria Política é disputada por diferentes
enfoques – sejam eles empírico-explicativo, histórico-conceitual ou normativo-filosófico.
Desta forma, o curso busca promover: a) o debate acerca do próprio status (sub)disciplinar
da Teoria Política e seus diálogos com outras áreas do conhecimento e b) o aprofundamento
em determinadas correntes teóricas, tradições histórico-conceituais e/ou temas relevantes
para a teorização dos fenômenos e processos políticos.

 

Teoria Contemporânea da Democracia

Ementa: A disciplina tem por objetivo apresentar o debate acerca do paradigma elitista-liberal da
democracia na Ciência Política, o qual exerce importante influência nas formulações teóricas
de seus críticos. Alternativamente, propõe-se a apresentar algumas das vertentes críticas ao
paradigma elitista-liberal, tais como: democracia participativa, republicanismo.

 

Seminário de Tese I

Ementa: A disciplina está voltada ao aprimoramento do projeto de pesquisa de doutorado. Tem por
objetivo principal o aperfeiçoamento dos elementos inerentes à proposta de investigação
científica (construção do objeto, formulação do problema, delimitação do campo, definição de
objetivos e hipóteses, escolha dos métodos e técnicas de pesquisa), bem como o
aprofundamento da discussão teórica constante no projeto de pesquisa. Nesse sentido, a
disciplina envolve processo inter pares, sob a orientação do professor regente da disciplina,
visando auxiliar na superação de questões diagnosticadas pelo grupo em cada projeto.

 

Seminário de Tese II

Ementa: A disciplina será desenvolvida com vistas a viabilizar a realização da qualificação e o
desenvolvimento da tese. Nesse sentido, busca discutir crítica e construtivamente os projetos
de tese de doutorado, envolvendo um processo individualizado a ser desenvolvido
diretamente com o orientador, a partir das necessidades e especificidades de cada projeto.