Início do conteúdo
O que você procura?
    Todas Notícias
  • Quartas no Lyceu recebe Paula Mascarenhas e Claudia Laitano

    A mais última atração do projeto Quartas no Lyceu pertenceu ao módulo Ideias e Pensamento. O professor de filosofia da UFPel, Luis Rubira, mediou conversa entre a vice-prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas e a editora executiva do caderno Cultura da Zero Hora, Claudia Laitano. O tema, “Mulher, Sexo e Religião” foi discutido também com a plateia presente, que além de fazer reivindicações à autoridade presente do governo, realizou colocações interagindo com as convidadas.
    A fala de Paula esteve centrada em sua tese de abordagem histórica, intitulada “Licença e subversão na tragédia francesa, 1615 – 1640”. Claudia, como jornalista cultural, analisou a mulher na sociedade atual, impondo as lutas e abordando temas como aborto, licença a maternidade e igualdade.

    NOVIDADE: Agora, todas quartas-feiras, às 16h, Paulo Gaiger estará recebendo as atrações do projeto Quartas no Lyceu para uma conversa na rádio Federal FM, 107.9.

    quartas no lyceu claudia laitano

  • PREC terá expediente reduzido na próxima terça-feira (10)

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura informa que nessa terça-feira (10), o atendimento externo será das 12h às 15h devido a reuniões de planejamento estratégico que a PREC irá realizar durante o mês de dezembro.

  • PREC terá expediente reduzido na próxima segunda-feira (9)

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura informa que nessa segunda-feira (9), o atendimento externo será das 11h às 14h devido a reuniões de planejamento estratégico que a PREC irá realizar durante o mês de dezembro.

  • Quartas no Lyceu traz Claúdia Laitano e Paula Mascarenhas para debate com o tema: “mulher, sexo e religião”.

    Na próxima quarta-feira (11 de dezembro), o projeto Quartas no Lyceu contará com a participação da escritora, jornalista e editora-executiva do Caderno Cultura de Zero Hora, CLAUDIA LAITANO e da Profa. Dra. e Vice-Prefeita de Pelotas, PAULA MASCARENHAS no Módulo IDEIAS E PENSAMENTO. O tema desta edição é: MULHER, SEXO E RELIGIÃO.

    Historicamente, a mulher esteve submetida à visão e valores de sociedades masculinistas. Segundo dados do UNICEF (2007/2008), a pobreza e a injustiça cravam suas raízes onde as mulheres são emudecidas. A proliferação de igrejas tem terreno fértil em territórios humanos de iniqüidade e sua ação termina por reforçar os graus de injustiça e submissão. As diferentes igrejas e religiões reforçam preconceitos, a divinização falocrática e a naturalização do sofrimento feminino. A discriminação de mulheres e do sexo está apoiada na fantasmagoria de mitos e lendas deificados. A ferramenta de coerção é o medo!

    O tema do IDEIAS E PENSAMENTO é aberto e muitas coisas poderão vir à tona para serem refletidas.

    Claudia Laitano

    Cláudia Laitano nasceu em Porto Alegre em 1966. Estudou no Colégio Rosário e cursou três anos de Psicologia na UFRGS antes de optar pelo Jornalismo. Formou-se pela UFRGS em 1992 e tem especialização em Economia da Cultura pela Faculdade de Economia da mesma universidade. Em 2004, cursou o Master em Jornalismo pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais, em São Paulo. Trabalha no jornal Zero Hora desde 1987. Neste jornal, atuou como revisora, repórter e editora. Atualmente é editora-executiva da área de cultura do jornal. Em 2003, passou a escrever crônicas semanais, primeiro no Segundo Caderno e desde 2004 na página 2 de Zero Hora, sempre aos sábados. Em 2010, tornou-se uma das debatedoras fixas do programa Café TVCOM, na TVCOM.

    Em 1993, escreveu o livro Arca de Blau, volume de memórias do jornalista gaúcho Carlos Reverbel. Tem textos publicados nos livros Nós, os Gaúchos (Editora da UFRGS, 1992) e Umbigo é Nosso Rei? (Artes e Ofícios, 2006) e organizou a antologia Carlos Reverbel -Textos Escolhidos (Copesul, Cultural 2006). Em 2008, publicou a coletânea de crônicas “Agora Eu Era” (Editora Record), que recebeu os prêmios da AGE (Associação Gaúcha de Escritores) e Açorianos de melhor livro de crônicas do ano. Em  2012, lançou a coletânea “Meus Livros, Meus Filmes e Tudo Mais”, pela L&PM.

    Paula Mascarenhas

    Paula Schild Mascarenhas é Mestre e Doutora em Letras pela UFRGS, com uma dissertação sobre a arte e o engajamento  no teatro político de Sartre e uma tese sobre a licença e a subversão na tragédia francesa do início do século XVII. Professora adjunta de Língua e Literatura Francesa da UFPel desde 1993, foi presidente do Instituto João Simões Lopes Neto desde sua criação, em 1999, até 2008.

    Foi a primeira mulher a se tornar Coordenadora de Bancada na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, tendo ficado no cargo por 4 anos, e chefe de gabinete do Prefeito de Pelotas, Bernardo de Souza, em 2005. Em 2012, elegeu-se vice-prefeita de Pelotas, ao lado de Eduardo Leite. Ocupou interinamente a Secretaria de Educação e Desporto por 4 meses. Tens dois livros publicados, “Fantasia e Criatividade no Ensino do Francês”, de 1994, em co-autoria com Maria Laura Maciel Alves, e “Sartre em Dois Atos: As Moscas e o Diabo e o Bom Deus”, de 2010, em co-autoria com Deise Quintiliano.

    DSC_0219194 f laureano

    APOIO: EXPRESSO EMBAIXADOR, PARRILLADA MERCADO DEL PUERTO, SECULT E TEATRO GUARANY, PADARIA POPULAR

     

  • PREC terá expediente reduzido na próxima sexta-feira(6)

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura informa que nessa sexta-feira (6), o atendimento externo será das 12h às 15h devido a reuniões de planejamento estratégico que a PREC irá realizar durante o mês de dezembro.

  • Quartas no Lyceu recebe Coral da UFPel

    O projeto Quartas no Lyceu da semana recebeu o Coral da UFPel para uma apresentação em comemoração aos seus 40 anos. O regente Carlos Alberto Oliveira guiou o coral em canções como “Por enquanto”, de Renato Russo, “Oh, Happy day”, de Edwin Hawkins e “Un Vestido Y Un Amor”, de Fito Paez.
    Antes da apresentação a Rádio Federal FM recebeu Carlos Alberto para uma conversa. Questionado por Paulo Gaiger sobre a visibilidade atual acerca do estilo musical dos corais e a falta de incentivo nas escolas para aulas de música, o regente diz que acredita que o coral é uma prática viável em qualquer contexto educacional já que dispensa equipamentos tecnológicos, não é necessário nenhum custo. “Ainda assim, produz resultados no ponto de vista musical, dos mais elevados”, diz.

    coral ao vivo no lyceu

  • Coral da UFPel é atração do projeto Quartas no Lyceu

    Na próxima quarta-feira (04 de dezembro), o projeto Quartas no Lyceu contará com a participação do CORAL DA UFPEL que, neste ano de 2013, está completando 40 ANOS de atividade.

    O Coral da Universidade Federal de Pelotas, programa de extensão da Coordenadoria de Arte e Cultura da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura/UFPel, iniciou suas atividades em 1973, sob a regência do maestro Romeu Tagnin, sendo a ação de extensão mais antiga da UFPel, com 40 anos ininterruptos de atividade. Foram também regentes do Coral da UFPel, as maestrinas: Luci Ferreira Luff, Sônia André Cava de Oliveira, Elaci Elza Schneider, Magali Richter e Anni Gerda Albert de Moraes. Desde junho de 2005 é regido pelo Prof. Carlos Alberto Oliveira e, a partir do ano de 2009 o Prof. Jonas Klug encarregou-se da preparação vocal.

    Desde sua fundação o Coral da UFPel vem se destacando na produção e divulgação da atividade coral na comunidade universitária, na cidade de Pelotas, no Estado e no País, participando ativamente de festivais e encontros, como: ECUG´s – Encontro de Coros Universitários Gaúchos, Festivais de Coros do Rio Grande do Sul, Concertos Natalinos, Eventos Culturais, Solenidades Oficiais e Concertos Comunitários.

    Possui em sua discografia a gravação de um disco em 1977 e de um CD em 2001 onde registrou dois momentos de sua trajetória com repertório variado indo desde a música renascentista até a contemporânea e abrangendo diversos gêneros como: sacro, profano, popular e erudito.

    No programa, compositores como: Renato Russo, Fito Paes, John Rutter, Ariel Ramirez, Alexander Vavlov e Darlene Lawrence, além dos tradicionais Spirituals unem-se sob a preparação vocal de Jonas Klug, acompanhamento ao piano e Nilton Rodrigues e regência de Carlos Oliveira e Salatiele Gomes.

    FICHA TÉCNICA

    Integrantes:

    Sopranos: Ana Luiza Volz, Camilla Blair, Daniela Soares, Liliane Vargas, Mariza Zanini, Michele Nogueira, Nilza Pedra, Paloma Reis, Salatiele Gomes.

    Mezzos: Auta Inês d’Oliveira, Denise Vargas, Maria da Glória Macedo, Maria Sônia Bertolino, Marinilza Gasso, Vânia Heinrichs.

    Altos: Agnês Mendes, Aline Neves, Daniela Brizolara, Iara da Rosa, Isabella Mozzillo, Lilian Lúcio, Maria Laura Vergara, Raulene Lobo, Vanda Madruga.

    Tenores: Cristiano Mendes, Diogo Rios, Rosana Konradt, Sílvio César da Silva

    Baixos: Diogo Tavares, Eduardo Chaffe, Jorge da Silva, Lucas Sagaz, Moisés Nörenberg

    REGÊNCIA: CARLOS ALBERTO OLIVEIRA.

    PREPARAÇÃO VOCAL: JONAS KLUG

    ACOMPANHAMENTO AO PIANO: NILTON RODRIGUES

    IMG_0133_    QNL_04-12-Coral-da-UFPEL-F

  • Alunos de Cinema e Audiovisual da UFPel exibem curtas no Quartas no Lyceu

    O projeto Quartas no Lyceu da semana pertenceu ao módulo Cinema e recebeu a última turma de graduados no curso de Cinema e Audiovisual da UFPel para uma mostra de seus curtas. “Duas Caras”, com direção de Felipe Tapia, “Anchieta 815”, de Jordana Coutinho e Guilherme da Luz, “O fecho Éclair”, de Lucas Arizaga e “Ester”, de Mateus Gomes, foram apresentados ao público presente no prédio do Lyceu.

    Os curtas tiveram lançamento oficial para a comunidade no Cineart,  no último dia 26. Os graduados ainda realizam adaptações técnicas em seus curtas, para futuramente concorrer em festivais.

    Os trabalhos audiovisuais contam com atores alunos dos cursos de Dança e Teatro da Universidade Federal de Pelotas. O diretor do curta “Ester”, Mateus Gomes, diz que a experiência em trabalhar com atores do curso vizinho é algo que se tem desde o primeiro semestre. “Quando ingressamos da faculdade ainda não sabíamos lidar com a diferença de atuação do cinema e do teatro. Hoje vemos que são coisas distintas”, comenta o diretor.

    DSCN2202DSCN2220

  • 5ª Edição do Buteco da Filosofia debaterá o tema “Legalização da Prostituição”

    “Buteco da Filosofia” é o mais novo Projeto de Extensão do Departamento de Filosofia da UFPel, sob a coordenação dos professores Flávia Carvalho Chagas e Juliano Santos do Carmo, com a colaboração de acadêmicos e egressos do curso de Filosofia, bem como de outros cursos da UFPel, e tem por objetivo promover discussões transversais da filosofia com outras áreas do conhecimento e da cultura em geral sobre temas e problemas de relevância social. Resumindo: a ideia é quebrar as paredes da academia e bater um papo com filósofos e com quem quiser independente de ser ou não da filosofia!

    Na sua quinta edição, o projeto trará como tema a questão da prostituição e sua possível legalização no Brasil, contando, assim, com diferentes perspectivas em relação ao tema, como: experiências e relatos pessoais, além de abordagens filosóficas, históricas e políticas. Participam como debatedores desta edição a acadêmica em Serviço Social pela Anhanguera, Michelle Russell, a acadêmica em Letras pela UFPel, Lua Gill, e os professores de filosofia e história, respectivamente, Drª. Cinara Nahra e Dr. Fábio Vergara.

    O que? Buteco da Filosofia – Projeto de Extensão do Departamento de Filosofia da UFPEL.

    Para que? Discutir temas de relevância social.

    Sobre o que? Tema de Novembro: ”Legalização da Prostituição”.

    Quando? Sexta-feira, Dia 29.11.2013, às 20h.

    Onde? Bar do Zé – Rua Conde de Porto Alegre esquina Álvaro Chaves.

    Quanto? Entrada Franca.

    625521_685976268088079_90861719_n