Início do conteúdo

I Semana Acadêmica Africana de Pelotas

I Semana Acadêmica Africana de Pelotas

De 24 a 26 de maio será realizada a 1ª Semana Acadêmica Africana de Pelotas, evento promovido pelos estudantes africanos, em parceria com o Centro Acadêmico de História da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Na programação estão palestras, atividades culturais e cinema, que ocorrerão nas dependências da UFPel. Nesta primeira edição, o tema é “Colonização/Descolonização Africana e as Transformações Socioeconômicas e Culturais no Continente”.

O evento se justifica por ressaltar a importância da data do 25 de maio – Dia Internacional da África – para os africanos e para os demais países da diáspora. Também por observar a necessidade de divulgar a situação socioeconômica, geopolítica e cultural do continente.

Mundo afora, muitas iniciativas evocarão o nome da África levantando diversas interrogações acerca do continente em geral e de seu povo em particular. No entanto, segundo a organização do evento, faz-se necessário aproveitá-la para uma reflexão sobre as representações estereotipadas sobre os africanos. “Vamos deixar de lado as imagens de fome, doença, miséria moral e morte, que dão forma e sustentam a limitada representação sobre o continente e dar espaço à África que desconhecemos: aos avanços econômicos, à diversidade étnica e cultural, e a atitudes solidárias e reivindicativas dos africanos”, destacam os organizadores.

O Dia da África
O Dia da África é a comemoração anual da fundação da Organização da Unidade Africana (OAU), em 25 de maio de 1963.

“Em 25 de maio de 1963, esses grandes visionários tomaram o passo histórico e formaram uma instituição que seria a vanguarda das aspirações de liberdade, unidade e solidariedade do povo africano. Este Dia não teria sido possível sem os sacrifícios dos pais fundadores e dos heróis e heroínas africanos que lutaram para libertar o nosso continente dos vestígios do colonialismo, do racismo e do apartheid. Hoje, somos livres por causa dos sacrifícios que fizeram”. (Sua excelência, Robert Mugabe, presidente da União Africana).

Apesar da dissolução da OAU e do estabelecimento de sua sucessora, a União Africana, em 2002, o nome e a data foram mantidos como uma celebração da unidade africana.

Todos os anos, o Dia da África é a oportunidade para celebrar as realizações do continente e para refletir sobre os desafios que ainda restam. A Semana da África é um evento anual promovido pelas Delegações Africanas Permanentes perante a UNESCO, que visa a aumentar a visibilidade da África, destacando a diversidade de seu patrimônio cultural e artístico.

Esta celebração é uma oportunidade para organizar conferências e debates sobre várias questões importantes a respeito do continente africano e das influências desse continente na história e na cultura brasileira.

Programação e inscrições
Clique aqui e veja a programação completa e o link para as inscrições.

Publicado em 08/05/2018, em História, Veja aqui todas as Notícias.