Notícias
  • Campus II do ICH sediará atividades da SIIEPE

    Diversas atividades da III Semana Integrada de Inovação, Ensino, Pesquisa e Extensão ocorrerão no Campus 2 do ICH. Entre essas, o Congresso de Extensão e Cultura e o Congresso de Ensino de Graduação.

    Além das apresentações de trabalho, teremos:

    • Credenciamento da SIIEPE que ocorrerá durante toda a semana no saguão;
    • coffee-break no saguão;
    • Encontro de alunos extensionistas no pátio, com rodas de conversa, apresentações de trabalho e apresentações artísticas (usando parte do estacionamento)
    • mix bazar com bancas de comercialização de artesanato e alimentos.

    A sala 119 funcionará como secretaria do CEC.

    Participem.

    Para maiores informações acesse AQUI.

  • Projeto Olhares Especiais traz a inclusão através da fotografia

    Captar o mundo pela ótica de jovens e adultos especiais. Essa foi a ideia do projeto Olhares Especiais, incentivado pela Escola de Inclusão da Universidade Federal de Pelotas em parceria com a Associação de Pais e Amigos de Jovens e Adultos com Deficiência (Apajad). Em 2015 o projeto surgiu através de uma oficina orientada pela professora Lorena Almeida Gil, do Departamento de História do ICH e pela aluna de Cinema e Audiovisual Ane Tchavo, em uma atividade do Programa de Educação Tutorial (PET) Diversidade e Tolerância.

    E o resultado desse projeto é uma exposição de fotos. Localizada no Campus das Artes da UFPEL e aberta ao público, ela teve início nesta segunda-feira (06/11) e vai até a próxima sexta-feira, aberta das 14 H às 22 H. Nela, algumas das fotos estarão sendo mostradas ao público em painéis e em um telão. Durante a semana integrada da UFPEL, de 20 a 24 deste mês, a exposição também ocorrerá. Além disso, um almoço no CTG Thomaz Luiz Osório ocorrerá no dia 26, um domingo.

    (Fonte das informações: http://www.diariopopular.com.br/index.php?n_sistema=3056&id_noticia=MTI4NDE2&id_area=MQ==&chave=b7eaaec2ae76128

    Veja AQUI matéria completa sobre o assunto publicada no Diário Popular.

     

    Fotos: Jô Folha (Diário Popular)

  • Aposentadoria de Mário Vasconcellos de Moura

    Mário Moura

     

    Ao terminar o mês de outubro chegou o tempo da aposentadoria de nosso colega Servidor Técnico Administrativo Mário Vasconcelos de Moura. Admitido na Universidade Federal de Pelotas em 24 de maio de 1993, nos últimos 14 anos desempenhou suas funções junto aos cursos de História do Instituto de Ciências Humanas, principalmente no Departamento, mas em algumas ocasiões também no Colegiado dos Cursos.

    Pessoa discreta e afável, conquistou a amizade e o reconhecimento de todos no ICH por seu trabalho profissional e dedicado. Pelo conhecimento que tinha dos assuntos do departamento, virou fonte de consulta para os professores e colegas que buscavam informações sobre o cotidiano e os afazeres da universidade.

    Na terça-feira, 31/10, recebeu a homenagem de alguns dos colegas que trabalham mais próximos, que fizeram uma roda de conversa com um bate papo para relembrar os bons momentos vividos na UFPel. A professora Ana Inez Klein, em nome do Departamento de História, fez a entrega de flores em homenagem à aposentadoria de nosso colega.

    Nossos desejos são de que nessa nova fase possa aproveitar bons momentos com os familiares e amigos que, durante tanto tempo, foram privados desse convívio em função do tempo no trabalho. Agora é o momento de aproveitar o tempo e a aposentadoria. Desejamos muitas felicidades, Mário. No mesmo sentido, tenha a certeza de que o ICH será sempre a tua casa e que estaremos sempre de braços abertos para te receber.

    Uma lembrança do Mário Moura com alguns colegas do ICH

  • Trabalho de egressa do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPel é premiado no principal evento nacional da área de Ciências Sociais

    Na semana de 23 a 27 de outubro aconteceu, em Caxambu (MG), o 41º Encontro Anual da ANPOCS, a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ver: http://www.anpocs.com/index.php/encontros/41-encontro-anual-2017), o mais importante evento científico da área.

    Entre dezenas de Painéis apresentados nos Grupos de Trabalho, são selecionados 35 como finalistas para, dentre esses, serem escolhidos três Painéis vencedores, um de cada uma das três áreas das Ciências Sociais: Antropologia, Ciência Política e Sociologia. É de Carol Hoffman, mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPel, o Painel da área de Antropologia classificado em primeiro lugar. O trabalho, produto resultante de sua dissertação de mestrado, tem por tít ulo “Pensando as coisas: a imagem e a cultura material como agentes no encontro etnográfico”.
    Parabéns a Carol Hoffman, a sua orientadora, professora Claudia Turra-Magni, e ao PPGAnt/UFPel pelo reconhecimento alcançado.

  • Chuvas provocam estragos no Campus II do ICH

    A forte chuva que caiu na sexta-feira, 27/10/17, provocou muitos estragos no Campus II do Instituto de Ciências Humanas.

    A área destinada à Reserva Técnica dos laboratórios do Curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis foi parcialmente inundada, comprometendo ainda mais a estrutura já danificada por chuvas anteriores. A preocupação é grande tendo em vista que nesta área estão acervos importantes de museus em implantação e manutenção, como o Museu das Telecomunicações e o Museu da Colônia Maciel.

    Retomaremos as providências para que a Superintendências de infraestrutura possa fazer a manutenção do local a fim de que os acervos não venham a ser comprometidos no futuro.

  • ATENÇÃO: Todos os documentos serão digitais a partir de 01 de novembro de 2017

    A partir de 01 de novembro de 2017, quarta-feira, todos os documentos gerados na UFPEL deverão estar em acordo com o Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Essa é uma ação que afetará o cotidiano de todos na universidade, pois todos os processos, antes encaminhados em papel, via protocolo, agora serão eletrônicos, via SEI. Isso vale para memorandos, atas, pedidos de afastamento, alteração/interrupção de férias e todos os outros documentos administrativos.

    A implantação do SEI na UFPEL parte de uma decisão da administração superior e visa atender ao disposto no Decreto nº 8.539, de 8 de outubro de 2015, que dispõe sobre o uso do meio eletrônico para a realização do processo administrativo no âmbito dos órgãos e das entidades da Administração Pública Federal Direta, Autárquica e Fundacional.

    Para maiores esclarecimentos veja as informações disponíveis no link na página da UFPEL:

    http://wp.ufpel.edu.br/sei/

    Utilize o conteúdo interativo¹ para facilitar sua aprendizagem!

    O link a seguir apresenta conteúdo interativo, onde você pode executar todas as atividades padrões no SEI, passo a passo, com explicações claras e objetivas.

    ¹Clique para acessar o material interativo disponibilizado pela Comunidade de Prática SEI da ENAP

     

  • LÂMINA/ICH Desenvolve PROJETO FORTE SANTA TECLA em Bagé

    LÂMINA/ICH Desenvolve

    PROJETO FORTE SANTA TECLA

    SEGUNDA MISSÃO DE TRABALHO

    20 de outubro de 2017

     

     OBJETIVOS

    1. Divulgação via rádio e TV, na comunidade da cidade de Bagé, dos objetivos gerais da participação da equipe do Laboratório Multidisciplinar de Investigação Arqueológica, discentes e pesquisadores colaboradores da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Universidade de Caxias do Sul (UCS), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Museo del Patrimonio Regional de Rivera, Campos de Honor, e Asociación de Amigos de los Museos Militares, no Projeto de Revitalização do Sítio do Forte Santa Tecla (1774-1801), Bagé, Rio Grande do Sul. O Projeto Marco, denominado Parque Forte Santa Tecla é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Bagé (Arquiteta Joelma Lemos Silveira) e do  3º Regimento de Cavalaria Mecanizado – “Regimento Santa Tecla” (Ten. Cel. Cav. Rafael Cunha de Almeida).
    2. Avaliação da infraestrutura e características ambientais da Reserva Técnica do Museu Dom Diogo de Souza, instituição designada para a guarda permanente dos materiais arqueológicos que por ventura possam surgir de futuras prospecções no Sítio do Forte Santa Tecla. Este diagnóstico preliminar permitirá estabelecer as modificações da Reserva Técnica que sejam necessárias para atender os requisitos da normativa arqueológica nacional, em especial da Portaria do IPHAN número 196/2016.
    3. Levantamento de cartografia da região disponível na Prefeitura Municipal de Bagé.

    ATIVIDADES

    1. Saída às 07:30 desde a frente do Instituto de Ciências Humanas. https://www.facebook.com/ICH.Ufpel
    2. 10:00 – Gerência de Geomensura e Cartografia da Prefeitura de Bagé (SIG Territorial). https://sites.google.com/site/ggcbage/home
    3. 11:30 – Rádio Difusora Bagé -RS. Programa Grande Jornal Difusora. https://www.facebook.com/RadioDifusoraBageRs/
    4. 13:30 – Almoço no Regimento Santa Tecla. http://www.3rcmec.eb.mil.br/
    1. 14:30 – Museu Dom Diogo de Souza, Centro, Bagé. https://pt.wikipedia.org/wiki/Museu_Dom_Diogo_de_Souza_(Bag%C3%A9)
    2. 15:30 – Gravação do Canal TV Câmara Bagé durante os trabalhos no Museu. http://www.camvbage.rs.gov.br/
    3. 17:00 – Retorno a Pelotas, com chegada prevista às 19:30 ao Instituto de Ciências Humanas (ICH/UFPel).