Início do conteúdo
Apresentação

O Mestrado em História da Universidade Federal de Pelotas, lotado no Instituto de Ciências Humanas, foi aprovado e recomendado pela CAPES em 2009 e teve sua primeira turma em 2010. Tem como área de concentração “Fronteiras e Identidades”. Conta com três linhas de pesquisa: “Estado: entre poder, tensões e autoritarismo”, “Imagens: entre iconografia, cultura visual e intermedialidade” e “Trajetórias: entre identidades, memória e conflito social”.

O PPGH/UFPel foi o segundo programa de pós-graduação stricto sensu sediado em instituição pública a ser criado no Rio Grande do Sul, e o primeiro programa em História na metade Sul do estado, pavimentando caminho para a expansão do estudo da história nesta região, em uma perspectiva acadêmica e permanente. Até junho de 2018, o programa totalizou 87 dissertações defendidas.

O curso é resultado do esforço coletivo de professores com formação em História da Universidade Federal de Pelotas em busca de ensino de qualidade e pesquisa inovadora. É composto, no momento, por dezoito professores permanentes, quinze dos quais pertencendo ao quadro docente da própria instituição, dois a outras universidades (FURG e UFRGS) e um vinculado na condição de pós-doutorando (FAPERGS). O programa conta ainda com dois professores colaboradores. Os professores da instituição vinculam-se a cinco unidades acadêmicas distintas (Centro de Artes, Centro de Letras e Comunicação, Instituto de Ciências Humanas, Faculdade de Administração e Turismo e Centro de Integração do Mercosul), configurando um conjunto de historiadores com formação interdisciplinar, envolvendo, além da História, Arqueologia, Artes Visuais, Educação, Letras, Sociologia e Turismo. Em 2018 o programa passa a contar com um Professor Visitante estrangeiro, mediante programa institucional.

Muito embora Pelotas, localizada que está no extremo sul do Brasil a pouco mais de cem quilômetros da fronteira, possua vocação histórica e geográfica para desenvolver os estudos atinentes a “fronteiras nacionais”, a problematização da área de concentração não se limita a um entendimento geográfico do tema, açambarcando amplo espectro de reflexões concernentes aos conceitos de fronteira e identidade, entendidos em suas múltiplas possibilidades de interpretação e aplicações, e com abertura para diferentes regiões e períodos da história.

O programa associa-se a quatro periódicos: a Ofícios de Clio, que é a revista discente dos cursos de História da UFPel; a História em Revista, publicação do Núcleo de Documentação Histórica da UFPel, editada desde 1994; os Cadernos do LEPAARQ – Textos em Antropologia, Arqueologia e Patrimônio, publicação do Laboratório de Antropologia e Arqueologia da UFPel, editada desde 2004; e a revista Interfaces Brasil/Canadá, publicação oficial da Associação Brasileira de Estudos Canadenses (ABECAN), editada desde 2001.

    Notícias
  • Chamada em aberto de inscrições de COMUNICADORES – V EHM/ IV CLAEHM

    Chamada em aberto de inscrições de COMUNICADORES – V EHM/ IV CLAEHM
    Prezados e prezadas, boa tarde. Vimos por meio deste divulgar e solicitar a divulgação da chamada em aberto para inscrição de comunicadores no V EHM / IV CLAEHM, a ocorrer entre os dias 26 e 28 de novembro de 2019, na UNIPAMPA – Jaguarão/RS.

    O tema deste ano é PESQUISA E SOCIEDADE: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DE RELEVÂNCIA E VISIBILIDADE DA PESQUISA ACADÊMICA. E contamos com 20 Simpósios Temáticos (STs) que estão recebendo propostas de comunicação, cujas ementas estão disponíveis no site do evento. Estes seguem abaixo:

    1. Turismo, sociedade e cultura de fronteira: saberes necessários para o desenvolvimento local
    2. Fluxos migratórios e Refugiados – Perspectivas Latino Americanas
    3. RELIGIÃO E SOCIEDADE: MÚLTIPLOS OLHARES SOBRE RELIGIÕES E RELIGIOSIDADES NO BRASIL
    4. Cinema e Audiovisual: ontologias, epistemologias e interfaces.
    5. A Política e o seu papel nas Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
    6. Mobilidades, Fronteiras e Laços Transnacionais
    7. O PAPEL DA PESQUISA E DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM TEMPOS DE DESGOVERNOS
    8. Educação Ambiental: abordagens e proposições para novas formas de construção do conhecimento
    9. HISTÓRIA, MEMÓRIA E IDENTIDADES
    10. ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ENSINO DE CIÊNCIAS E PRÁTICA PEDAGÓGICA
    11. MEMÓRIA, EDUCAÇÃO E TERRITORIALIDADES: o educativo da cultura
    12. Educação e Multidisciplinariedade: redes, práticas e narrativas na pesquisa acadêmica
    13. Acervos, história e memória: novos caminhos e problematizações
    14. Cultura, Fronteira e Relações Internacionais
    15. Práticas corporais do mundo dançado.
    16. Cultura digital e narrativas híbridas: a memória em processo
    17. O Olhar Humanizador nas Relações Jurídicas: a percepção sobre o outro em foco.
    18. Juventudes e Educação
    19. Humanidades e a vida de pessoas vulnerabilizadas.
    20. Historiografia: pensando o ofício, a pesquisa e o papel do historiador em seu campo de atuação
    Pesquisadores, interessados e estudantes das grandes áreas das ciências humanas e sociais, estão aptos a enviar propostas para apresentação nos STs do V Encontro Humanístico Multidisciplinar e do IV Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares. As apresentações serão de forma oral com duração de no máximo 15 minutos e serão realizadas por meio de discussão entre os integrantes dos STs, priorizando o intercâmbio de informações entre os autores. Cada autor pode participar de até 01 (um ) trabalho como autor e 01 (um) trabalho como coautor, cada trabalho pode conter até 04 (quatro) autores. O evento conta com duas modalidades de trabalhos, Resumos Simples e Artigos Completos.

    SOBRE O RESUMO SIMPLES DE INSCRIÇÃO

    Inicialmente todos os participantes devem submeter as propostas de trabalhos na modalidade de Resumo SIMPLES (Os resumos tem limite máximo de 1500 caracteres, e mínimo de 2500 (contando os espaçamentos), devendo ser escrito direto no formulário, não exigindo nenhuma formatação específica) por meio do formulário, posteriormente após aprovação dos resumos submetidos, os interessados em apresentar o trabalho na modalidade de Artigo Completo deverão submeter o arquivo.
    Para a difusão dos temas e debates proporcionados pelo evento, os resumos simples aceitos e apresentados durante o evento serão publicados na forma de Anais em E-book e receberão código ISBN.

    A inscrição de comunicadores deve ser feita única e exclusivamente via o formulário online disponível no link:  https://forms.gle/6ctZJ6RE3QBJqaJ98

    SOBRE A PUBLICAÇÃO FINAL

    Nesta edição teremos duas publicações de textos completos: uma dos trabalhos selecionados como DESTAQUE durante a sessão de apresentação (a ser publicado na RELACult, com ISSN e DOI) e o dossiê temático e-book (com indexação no Google Books, com abrangência mundial) desta quinta edição para os demais trabalhos (a ser publicado com ISBN).

    Os autores que após o aceite dos resumos SIMPLES enviarem seus trabalhos no formato de artigo completo e apresentarem durante o evento, depois de prévia análise do artigo pelo Comitê Científico do evento, em caso de serem destaques na sua sesssão temática, serão publicados em uma edição especial da revista RELACult – Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade e-ISSN 2525-7870 (relacult.claec.org/) antiga revista Conexões Culturais e-ISSN 2447-018X e receberão código DOI. Os demais trabalhos que forem enviados dentro das normas e dos prazos do evento serão publicados em dossiê temático com ISBN.

    SOBRE AS TAXAS: https://claec.org/ehm/taxas/

    MAIS INFORMAÇÕES: https://claec.org/ehm/perguntas-frequentes-faq-iv-ehm/

  • VII Congresso da Associação Internacional de História Ferroviária “Os legados para nosso futuro”

    O VII Congresso da Associação Internacional de História Ferroviária (AIHF) “Os legados para nosso futuro” e a “IV Jornada de Jovens Pesquisadores em História e Patrimônio Ferroviário serão realizados, respectivamente, nos dias 25 – 26 e 27 de março de 2020, em Campinas (Brasil).

    O VII Congresso visa promover a discussão sobre o papel do transporte ferroviário nos países da América Latina, em parceria com a Associação Internacional de História Ferroviária (AIHC – IRHA – AIHF) (França). O evento contará com vários temas e espera contribuições que apontem os avanços na pesquisa, na gestão da preservação e uso dos bens ferroviários e a importância desses bens patrimoniais para o desenvolvimento social dos países do subcontinente.

    Concomitantemente à programação do Congresso, a IV Jornada de Jovens Pesquisadores visa difundir os resultados científicos alcançados por pesquisadores em nível de graduação e pós-graduação em investigações sobre história ferroviária, estudos urbanísticos e de preservação do patrimônio industrial ferroviário. O evento procura estimular a formação de recursos humanos e futuros pesquisadores de forma a dar continuidade aos estudos interdisciplinares nesta área.

    O VII Congresso da AIHF, direcionado a pesquisadores e profissionais, apresenta as seguintes temáticas: 

    • Temáticas 01: Educação e ferrovia: oportunidades de estímulo ao aprendizado por meio dos bens industriais ferroviários na América Latina

    • Temática 02: Museus e ferrovias: a cultura do transporte como desafio à preservação e comunicação arquitetônica e museológica

    • Temática 03: A gestão da herança ferroviária no território (moradias, vias férreas e obras de arte): instrumentos e modelos de preservação envolvendo entidades civis públicas e privadas.

    A VI Jornada de Jovens Pesquisadores, voltada para graduandos, pós-graduandos ou recém-doutores, propõe as seguintes temáticas: 

    • Temática 04: Novos instrumentos metodológicos e/ou enfoques teóricos para identificação de vestígios materiais e da memória ferroviária

    • Temática 05: Novas fontes documentais ou materiais para estudo o patrimônio urbano e da memória do trabalho ferroviário

    • Temática 06: Estudos multidisciplinares sobre patrimônio ferroviário

    • Temática 07: Estudos locais e análises transversais sobre a história, a arquitetura e os contextos urbanos do patrimônio ferroviário

    A submissão de proposta será na forma de resumos expandidos (1.600 a 2.700 palavras, 3 palavras-chave) em português ou espanhol. Os idiomas oficiais de ambos os eventos serão o português e o espanhol.

    A inscrição de resumos expandidos a partir de 15 de agosto até 15 de novembro de 2019 

    Inscrições online serão feitas a partir de: <https://memoriaferroviaria.rosana.unesp.br/ocs/index.php/C_AIHF/VIICAIHF/schedConf/cfp>

  • VII Dos Ofícios de Clio: Patrimônio e Memória em Risco

    Inscrição para comunicações: 21/09/2019

    Envio dos aceites: a partir de 01/10/2019

    Inscrição para ouvintes: gratuitas e até o dia do evento (21/10/2019)

    Prazo para envio de textos para e-book (ISBN) – 01/12/2019

  • EDITAL – ALUNO ESPECIAL 2019/2

    Edital ALUNO ESPECIAL 2019-2

    Obs:  A Disciplina: Memória, Identidade e Construção de Narrativas será ministrada às 17h30. Os candidatos que tenham o título de mestre podem se inscrever para o processo de seleção de aluno especial seguindo os critérios estabelecidos no Edital.

     

  • Orientações sobre as Matriculas 2019/2

    Alunos Regulares

    As matrículas para alunos regulares (Mestrado e Doutorado) serão realizadas no período de 31/07/2019 a 07/08/2019 somente por email (ppgh.ufpel@gmail.com) o aluno deverá encaminhar o Formulário de Matrícula: Formulário de Matrícula – Alunos Regulares – Mestrado e Doutorado. 

    Alunos de outros PPGs da UFPel

    Os alunos de outros PPGs na UFPel, interessados em cursar disciplinas no PPGH, deverão encaminhar uma Carta de Anuência do PPG ao qual está vinculado, nos dias 06 e 07/08/2019 para o email (ppgh.ufpel@gmail.com).

    Alunos Especiais

    Os alunos interessados em cursar disciplinas no PPGH deverão participar do Processo Seletivo através do Edital de aluno Especial, o qual estará disponível em breve.

     

  • PALESTRA: “Representatividade de gênero no game design: conceitos e problemáticas”

    A Profª. Beatriz Blanco, ministrará uma palestra cujo título será  “Representatividade de gênero no game design: conceitos e problemáticas”, no dia 3 de julho, às 14h, na sala 307 do ICH.  A Profª. Beatriz Blanco é mestra em Artes Visuais e bacharel em Comunicação Social (Habilitação em Midialogia) pela UNICAMP. Atualmente é professora e co-coordenadora do Curso de Tecnologia em Produção Multimídia do Centro Universitário SENAC, em São Paulo.
    A aula-palestra é aberta para todos, e será a última atividade com uma pesquisadora convidada no Seminário II “Das Sufragistas à Antígona. Diversidade de fontes e abordagens interdisciplinares para os estudos de gênero”, disciplina ministrada pela Profª. Dra. Carolina Kesser Barcellos Dias no PPGH/UFPel.
    A atividade é uma parceria com o Lipeem UFPel, e conta com o apoio do ICH, do PPGH e do LECA.