Início do conteúdo
Apresentação

O Mestrado em História da Universidade Federal de Pelotas, lotado no Instituto de Ciências Humanas, foi aprovado e recomendado pela CAPES em 2009 e teve sua primeira turma em 2010. Tem como área de concentração “Fronteiras e Identidades”. Conta com três linhas de pesquisa: “Estado: entre poder, tensões e autoritarismo”, “Imagens: entre iconografia, cultura visual e intermedialidade” e “Trajetórias: entre identidades, memória e conflito social”.

O PPGH/UFPel foi o segundo programa de pós-graduação stricto sensu sediado em instituição pública a ser criado no Rio Grande do Sul, e o primeiro programa em História na metade Sul do estado, pavimentando caminho para a expansão do estudo da história nesta região, em uma perspectiva acadêmica e permanente. Até junho de 2018, o programa totalizou 87 dissertações defendidas.

O curso é resultado do esforço coletivo de professores com formação em História da Universidade Federal de Pelotas em busca de ensino de qualidade e pesquisa inovadora. É composto, no momento, por dezoito professores permanentes, quinze dos quais pertencendo ao quadro docente da própria instituição, dois a outras universidades (FURG e UFRGS) e um vinculado na condição de pós-doutorando (FAPERGS). O programa conta ainda com dois professores colaboradores. Os professores da instituição vinculam-se a cinco unidades acadêmicas distintas (Centro de Artes, Centro de Letras e Comunicação, Instituto de Ciências Humanas, Faculdade de Administração e Turismo e Centro de Integração do Mercosul), configurando um conjunto de historiadores com formação interdisciplinar, envolvendo, além da História, Arqueologia, Artes Visuais, Educação, Letras, Sociologia e Turismo. Em 2018 o programa passa a contar com um Professor Visitante estrangeiro, mediante programa institucional.

Muito embora Pelotas, localizada que está no extremo sul do Brasil a pouco mais de cem quilômetros da fronteira, possua vocação histórica e geográfica para desenvolver os estudos atinentes a “fronteiras nacionais”, a problematização da área de concentração não se limita a um entendimento geográfico do tema, açambarcando amplo espectro de reflexões concernentes aos conceitos de fronteira e identidade, entendidos em suas múltiplas possibilidades de interpretação e aplicações, e com abertura para diferentes regiões e períodos da história.

O programa associa-se a quatro periódicos: a Ofícios de Clio, que é a revista discente dos cursos de História da UFPel; a História em Revista, publicação do Núcleo de Documentação Histórica da UFPel, editada desde 1994; os Cadernos do LEPAARQ – Textos em Antropologia, Arqueologia e Patrimônio, publicação do Laboratório de Antropologia e Arqueologia da UFPel, editada desde 2004; e a revista Interfaces Brasil/Canadá, publicação oficial da Associação Brasileira de Estudos Canadenses (ABECAN), editada desde 2001.

    Notícias
  • Inscrições Prorrogadas!!!

    As inscrições para Apresentação de Trabalho no Seminário Internacional Migrações, espaços educativos e desenvolvimento regional e XIV Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras foram prorrogadas: seguem até o próximo dia 15 de abril.

    O evento ocorrerá nos dias 09,10 e 11 de maio de 2019. As apresentações de comunicações ocorrerão no dia 10 de maio, nos turnos da manhã e tarde (podendo haver alterações, caso se amplie o número de comunicações).
    Haverá publicação de ebook com os textos encaminhados e textos efetivamente apresentados no evento.
    Segue o link do evento, para maiores informações e inscrições:

  • EVENTO DA XIV JORNADA DE HISTÓRIA CULTURAL/2019: “HISTÓRIA CULTURAL, MEMÓRIAS E RESISTÊNCIAS”

    O Grupo de Trabalho de História Cultural da ANPUH RS promove este ano entre os dias 13 e 14 de setembro de 2019, na sede do Museu Júlio de Castilhos (POA), a XIV Jornada de História Cultural. Nesta edição o evento apresenta como tema central a resistência como objeto de análise relevante para os novos desafios colocados ao ofício do historiador e à historiografia, entre eles, a resistência aos projetos de cunho político, cultural e social de controle e apagamento das lutas e conquistas de direitos tributários do regime democrático, questões hodiernamente caras ao campo da história. Pretende congregar pesquisas e reflexões, dentro do vasto campo da História Cultural, que dialoguem com os diversos processos e experiências de construções de memórias que se integram às resistências memoriais através de perspectivas investigativas variadas nos múltiplos âmbitos da Memória Social e da Memória Cultural, sejam elas ligadas a grupos, movimentos sociais, etnias, raças, culturas, espaços e instituições, acervos, patrimônios, gênero, que resistem no espaço democrático das sociedades atuais e passadas. A programação conta com Conferências, Sessões de Comunicação e Mesas Redondas com a participação de pesquisadores brasileiros e estrangeiros de IES. Serão aceitas comunicações de graduados, mestrandos e doutorandos em História e áreas afins, que atinjam os objetivos da temática conforme a ementa do evento. Maiores informações sobre inscrições, cronograma e programação estão disponíveis desde 21/01/2019 em:

    Site do evento: https://xivjornadahc.weebly.com/
    Site do GTHCRS: http://www.ufrgs.br/gthistoriaculturalrs/index.htm
    Facebook: https://www.facebook.com/gthistoriaculturalrs
    E-mail do GTHCRS :  gthistoriacultural@anpuh-rs.org.br

    Saudações Culturais,

    GT História Cultural – ANPUH-RS – Gestão 2018/2020
    Coordenadora: Prof.ª Dr.ª Nádia Maria Weber Santos (IHGRGS/UFG)
    Vice coordenadora: Prof.ª Dr.ª Hilda Jaqueline de Fraga (UNIPAMPA)
    1º Secretário: Prof. Dr. Eduardo Knack (UFPEL)
    2ª Secretária: Prof. Lic. Francielle Garcia (IHGRGS)
    Contato: gthistoriacultural@anpuh-rs.org.br
    Site: http://www.ufrgs.br/gthistoriaculturalrs/index.htm
    Facebook: https://www.facebook.com/gthistoriaculturalrs

  • Divulgação das SALAS DE AULA

                                                        MESTRADO

      Disciplinas Obrigatórias

    0728242 – HISTÓRIA, TEORIA E METODOLOGIA DE PESQUISA – Quarta-feira (manhã) – ICH I – Sala 101 (Profa. Dra. Ana Sosa)

    0728243 – HISTORIOGRAFIA I – Sexta-feira (manhã) – ICH I – Sala 101 (Prof. Dr. Charles Pennaforte)

    Disciplinas Optativas

    0728238 – HISTÓRIA E MÍDIA – Quinta-feira (tarde) – ICH I – sala 144 (Prof. Dr. Aristeu Lopes)

    0728250 – SEMINÁRIO ESPECIAL II – Quarta-feira (tarde) – ICH I – Sala 307 (Prof. Dr. Carolina Kesser Dias)

     

                                                       DOUTORADO

    Disciplinas Obrigatórias

    10900105 – HISTÓRIA: FRONTEIRAS E IDENTIDADES – Quarta-feira (manhã) – ICH I – Sala 311 (Prof. Dr. Edgar Gandra)

    10900106 – TRAJETÓRIAS: ENTRE IDENTIDADE, MEMÓRIA E CONFLITO SOCIAL – Quinta-feira (manhã) – ICH I – Sala 101 (Profª. Dra. Ana Sosa)

    Disciplinas Optativas

    0728238 – HISTÓRIA E MÍDIA – Quinta-feira (tarde) – ICH I – sala 144 (Prof. Dr. Aristeu Lopes)

    0728250 – SEMINÁRIO ESPECIAL II – Quarta-feira (tarde) – ICH I – Sala 307 (Prof. Dr. Carolina Kesser Dias)

     

    Localização:      ICH I – Rua Alberto Rosa, 154

  • RESULTADO FINAL – ALUNO ESPECIAL

    Disciplina – História e Mídia

    CANDIDATOS APROVADOS COMO ALUNO ESPECIAL

    Breadelyn Correa Pires

    Leonardo Augusto Gomes de Pinho Antunes

    Rafael oliveira Mansan

    Observação: Não será necessário o comparecimento na secretaria do PPGH, pois a matrícula será automática.

  • Matrículas do Mestrado NOVAS DATAS!!!!

    Informamos que as novas datas para a MATRÍCULA DO MESTRADO serão:

    11/03 – das 9h às 14h

    13 e 14/03 – das 8h às 14h

    À Coordenação

     

  • REmatrículas turma 2018!

    Pessoal!

    Para que a rematrícula seja efetivada, solicitamos que enviem um email com a lista das disciplinas pretendidas entre 11 e 13 de março de 2019.

    Atenciosamente,

    Daniele Gallindo

    Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em História