Início do conteúdo

II Semana Africana de Pelotas

A II semana Africana de Pelotas acontecerá entre os dias 23 e 25 de maio de 2019 no Campus 2 do ICH/UFPel – RS.

O tema desta segunda edição será “As relações entre o continente africano e o Brasil”. Ao escolher este assunto, queremos trazer para o debate as relações entre o Brasil e este continente. Queremos ressaltar a importância da celebração do Dia Internacional da África e principalmente, fazer uma reflexão sobre as relações históricas entre o Brasil e o continente africano, num momento que as relações políticas entre o atual governo e o continente é incerta. O evento contará com palestras, mesas de discussão, apresentação de trabalhos e atividades culturais e esportivas.

Nesta edição, uma das novidades é apresentação de comunicação por parte de estudantes de graduação, mestrado e doutorado, além de professores da rede básica de ensino. As inscrições de trabalhos – arquivos em formato word – deverão apresentar no máximo 2.000 caracteres em que constem o nome do(s) autor(es), titulação/vinculação institucional, título, resumo apresentando o tema da pesquisa ou relato da experiência pedagógica, com seus objetivos e menção às fontes bibliográficas e documentais utilizadas. As submissões de trabalhos deverão ser realizadas através deste link no período entre 05/04/2019 e 03/05/2019. Os resumos e relatos de experiências pedagógicas serão submetidos à avaliação da Comissão Científica e os trabalhos aprovados serão comunicados através do e-mail do evento até o dia 15/05/2019.

A II semana Africana de Pelotas é um evento acadêmico, cultural e esportivo, organizado pelos estudantes africanos em Pelotas em parceria com o Centro Acadêmico de História, estudante de diversos cursos e conta com a comissão científica formados por professores do curso de História da UFPel.

No dia 25 de maio comemora-se o Dia da África, data em que 32 chefes de estado africanos se reuniram na Etiópia, em 1963, e criaram a Organização de Unidade Africana (OUA), com objetivo de libertar o continente africano do colonialismo e do apartheid, e ainda promover a emancipação do seu povo.

Devido à importância desta reunião, em 1972, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 25 de maio como o Dia da África ou Dia da Libertação da África.

Para a cidade, a organização do evento traz para o centro do debate temas de interesse da comunidade acadêmica, negra e da cidade em geral.

 

Publicado em 18/04/2019, em Veja aqui todas as Notícias.