Projetos de Extensão desenvolvidos

Dados de 2017 confira nesta página

Dados de 2018 – arquivados até agosto:

Português/Francês (GRADUAÇÃO) Português/Inglês (GRADUAÇÃO)(GRADUAÇÃO) Português/Espanhol (GRADUAÇÃO) Português/Alemão (GRADUAÇÃO) Letras (MESTRADO ACADÊMICO)
O projeto se apresenta como um conjunto de cursos na área de línguas estrangeiras e portuguesa. Os cursos oferecidos são divididos em níveis, que podem ser cursados em sequência a cada semestre letivo. Ao término de cada semestre, os alunos aprovados são certificados do nível de conhecimento.Proporcionar cursos de línguas à comunidade em geral, contribuindo para o conhecimentos de diferentes línguas e culturas.
ALINE COELHO DA SILVA   – Coordenadora
DANIELA SILVA AGENDES – Coordenadora Adjunta

  • Espanhol para o ENEM – 18/05/2017 a 15/12/2018
    Curso : Letras Espanhol

Desenvolver estratégias de leitura e instrumentalizar o aluno para que seja capaz de ler e interpretar diversos tipos de textos escritos em língua espanhola.
Oferecer à comunidade de escolas  municipais e estaduais, que não possuem aulas de ELE, um curso de língua espanhola  que capacite  o público alvo a ler e interpretar corretamente um texto, uma história em quadrinho ou uma situação qualquer.
ANA LOURDES DA ROSA NIEVES BROCHI FERNANDEZ  – Coordenadora

Curso: Jornalismo

Promover, no ciberespaço, um suporte para os acadêmicos de jornalismo, bem como, aos internautas, para executar os conhecimentos adquiridos em práticas jornalísticas e oferecer um meio de inteligência coletiva, respectivamente na área do Webjornalismo.
CARLOS ANDRE ECHENIQUE DOMINGUEZ – Coordenador
MICHELE NEGRINI – Coordenadora Adjunta

Curso: Jornalismo

O Projeto Federal em Campo tem como foco a realização de programas de rádio para a Rádio Federal FM, com foco principal no futebol amador e profissional da cidade de Pelotas, envolvendo os três principais clubes de futebol da cidade, a saber, Grêmio Esportivo Brasil, Esporte Clube Pelotas e Grêmio Atlético Farroupilha.
Ações: Realizar a transmissão ao vivo dos jogos dos principais times de futebol profissional masculino e feminino  de Pelotas e a divulgação semanal dos eventos esportivos da cidade.
RICARDO ZIMMERMANN FIEGENBAUM –  Coordenador
FELIPE MARQUES COUTO – Coordenador Adjunto

Curso: Jornalismo (GRADUAÇÃO)

Este trabalho tem como objetivo potencializar a produção de programas telejornalísticos voltados à divulgação de ações da UFPEL para a comunidade.
Realizar reflexões sobre o telejornalismo e realizar um telejornal para veiculação quinzenal.
Conhecer as formas de abordagem da notícia em telejornalismo e em Webtelejornalismo.- Entender os aspectos técnicos que envolvem a produção da informação televisiva.- Produzir informações de âmbito audiovisual para divulgação no meio televisivo e na Web. Produzir um telejornal quinzenal para veiculação na TV Câmara e na web. Elaboração de programas telejornalísticos.
MICHELE NEGRINI – Coordenadora
MARISLEI DA SILVEIRA RIBEIRO – Coordenadora Adjunta

  • Inclusão Digital e Promoção dos Direitos Sociais – Utilização da WebRádio e WebTV para criar um ambiente interativo entre universidade e sociedade. – 03/05/2017 a 23/04/2019
    Cursos: Jornalismo (GRADUAÇÃO) // Cinema e Audiovisual (GRADUAÇÃO)

Proporcionar a interação universidade-escola através de atividades de webrádio e webtv a serem desenvolvidas por professores, acadêmicos e técnicos administrativos dos cursos de Jornalismo e Cinema da UFPel com alunos de escolas públicas e escolas especiais, no sentido de habilitá-los para a construção de um conhecimento mais amplo da realidade social, mediante uma visão crítica e inovadora dos temas a serem trabalhados com foco na inclusão digital e nos direitos sociais.
MARISLEI DA SILVEIRA RIBEIRO – Coordenadora

  • Formação de Jovens Comunicadores Comunitários – 01/06/2017 a 20/12/2018

O Projeto Novos Comunicadores Comunitários oferece oficinas para a produção e vO Projeto Jovens Comunicadores Comunitários oferece oficinas para a produção e veiculação de conteúdos em dispositivos midiáticos como rádio, vídeo, web, redes sociais, fotografia e impresso. Tem como ênfase o desenvolvimento coletivo das competências e habilidades técnicas para produção de programas radiofônicos, de textos para impresso e web, de fotografia e vídeo bem como de conteúdo para web e redes sociais, promovendo a reflexão sobre o papel da mídia na sociedade e o direito de comunicar.
MARCIA DRESCH – Coordenadora
RICARDO ZIMMERMANN FIEGENBAUM – Coordenador Adjunto

  • A comunidade Surda reinventando a arte do balé – 05/10/18 a 15/12/18

O presente projeto de extensão “A comunidade surda reinventando a arte do balé” surge da necessidade de acesso das pessoas surdas de Pelotas e região à cultura e às artes. Partimos do pressuposto de que a dança e mais especificamente o balé traz muitos benefícios aos seus praticantes e, dessa forma nos fizemos a seguinte questão: pessoas surdas são capazes de dançar? A resposta foi sim, e a partir disso propomos aulas semanais para ensinar à comunidade surda passos básicos dessa técnica tão antiga e muitas vezes inalcançável a população em geral. O projeto também prevê o trabalho com obras consagradas da literatura estrangeira e de balés de repertório como O quebra-nozes e o Lago dos Cisnes, para que os alunos possam ter acesso a estas obras na sua forma visual (espetáculo) e na sua forma escrita, ou seja, acesso à cultura através de dois códigos
o visual e o escrito. A metodologia de ensino é pensada para atender as especificidades linguísticas da comunidade surda.
Além disso, pretendemos fazer uma busca por sinais próprios da dança na Língua de sinais brasileira e criar um material didático para divulgação desses sinais específicos colaborando para a difusão dessa língua.
KARINA AVILA PEREIRA – Coordenadora

  • Língua espanhola para a comunidade – 14/04/2017 a 15/12/2018
    Curso: Letras – Português/Espanhol (GRADUAÇÃO)

Oferece à comunidade cursos de língua espanhola em nível básico. Desenvolver estratégias que permitam ao aluno estabelecer comunicação em língua espanhola em diferentes contextos, além de instrumentalizá-los para compreender textos orais e escritos, bem como entender os aspectos culturais dos povos que tem o espanhol como língua materna.
ANA LOURDES DA ROSA NIEVES BROCHI FERNANDEZ – Coordenadora

  • Cursos de Audiodescrição e Capacitações – 02/05/2017 a 22/12/2018

Curso: Letras Tradução Inglês – Português (GRADUAÇÃO) // Letras – Tradução Espanhol – Português (GRADUAÇÃO)
Cursos Básicos de Áudio-descrição, Módulos I e II (Prática), Oficinas diversas, inclusive de Sistema Braille, palestras, seminários, debates e outras atividades que apresentem temáticas referentes à Acessibilidade e Inclusão Universais ou as promovam.

-Oferecer gratuitamente Cursos, oficinas, palestras, debates, seminários, entre outras atividades culturais que promovam a Acessibilidade e Inclusão Universais ou as ofereçam para a comunidade em geral. – Envolver estudantes, comunidade e parceiros em ações afirmativas que proporcionem formação e fomentem o desenvolvimento da consciência coletiva da necessidade de aceitação das diferenças e da ajuda humanitária, quando for o caso. – Contribuir para a divulgação cultural de diferentes culturas que estiveram por longo tempo segregadas e promover a igualdade social, através da participação dos atores que as representam.- Realizar campanhas de divulgação de diferentes culturas e contra o racismo, contra o preconceito e a exclusão social e de outras causas que abranjam ações afirmativas, de acordo com o objetivo principal.
MARISA HELENA DEGASPERI – Coordenadora

  • Núcleo de tradução do CLC (NUTRA) – 08/04/17 a 22/12/18

Núcleo de concentração de acolhimento de atividades de tradução através de parcerias entre empresas, editoras e instituições que ofereçam demandas de material bibliográfico e outros produtos que requeiram a prática tradutória. Constitui-se como projeto sem fins lucrativos, o que não impede a exigência de contrapartidas nos acordos, quando necessário.
A função principal do NUTRA é estimular e formalizar parcerias, convênios e acordos de cooperação cultural com entidades públicas e privadas que propiciem a prática profissional de estudantes de tradução, sob supervisão dos professores orientadores Nesta relação, também se encontram pessoas físicas que desejem estabelecer acordo de cooperação para atuar em atividades culturais promovidas pelo Núcleo e por projetos a ele
vinculados.
MARISA HELENA DEGASPERI  – Coordenadora
JOSE CARLOS MARQUES VOLCATO – Coordenador adjunto

  • Projeto Mãos Arteiras – 20/07/17 a 15/12/18

Oficinas de artesanato para pessoas com deficiência visual e acompanhantes ou parentes de pessoas com deficiência com uso de áudio-descrição, conforme demanda. A aprendizagem de técnicas de produção artesanal, com uso de áudio-descrição permite ao estudante e ao professor dos Cursos de Tradução utilizarem as técnicas dessa modalidade tradutória e oferece acessibilidade aos usuários, neste caso, os cursistas ou oficinistas.
Esses últimos, ao adquirirem a destreza de manejar diferentes materiais, adaptados para sua produção e as técnicas de manejo dos instrumentos, além de poderem contemplar a possibilidade de desenvolver-se nessa área artística, também pode vislumbrar a possibilidade de utilizar o que aprenderam para conseguirem comercializar e adquirir renda extra para a família, produzindo em sua própria casa.
MARISA HELENA DEGASPERI – Coordenadora

  • PRONÚNCIA DO INGLÊS PARA BRASILEIROS – 24/04/2017 a 24/04/2019
    Curso: Letras – Português/Inglês (GRADUAÇÃO)

O projeto de extensão “Pronúncia do Inglês para Brasileiros” foi pensado para, a partir de tarefas comunicativas,  atender à demanda de aprendizes da Língua Inglesa que têm necessidade de aprimorar a pronúncia do idioma, com foco em uma fala inteligível. Introduzir o inventário fonético da língua inglesa, os sons pertinentes àfala e os fenômenos sonoros da língua inglesa como forma de comunicação oral.
LETICIA STANDER FARIAS – Coordenadora

  • A literatura e a compreensão do humano – 20/08/18 a 15/12/18

O projeto de extensão “A literatura e a compreensão do humano” é um projeto multidisciplinar que tem como objetivo levar a literatura à comunidade extramuros, discutindo temas relativos a questões humanas. De modo mais específico, o projeto visa a (1) gestar junto à comunidade um espaço para as práticas de letramento, levando aos participantes a oportunidade de ler, escutar ativamente e expressar-se de modo qualificado;
(2) oportunizar um espaço de disseminação dos saberes construídos na Universidade junto ao público geral.
A cada encontro, um participante levará ao público a análise de uma obra literária, estabelecendo relações com sua área de interesse/pesquisa (filosofia, psicologia, política, economia, medicina, sociologia, etc.). Nesse sentido, o projeto também busca promover a integração entre as mais diversas áreas de conhecimento dentro da universidade, caracterizando-se como uma via de escoamento da sua produção intelectual.
Coordenadora: TAIS BOPP DA SILVA

  • Ações de conscientização linguística – 20/08/18 a 23/08/19

Ações de conscientização linguística podem ser definidas, segundo García (2008), como a promoção do conhecimento explícito sobre línguas e da percepção consciente e sensível na aprendizagem e no uso das línguas. Neste projeto, oportunizaremos ações de conscientização linguística a alunos de escolas públicas e particulares, podendo expandir as atividades para projetos (por exemplo, na Universidade Aberta à Terceira Idade).

Promover ações para conscientizar alunos e professores inseridos em contextos de línguas minoritárias (pomerano e hunsriqueano), de variedades linguísticas desprestigiadas e de aprendizagem de línguas adicionais (alemão, inglês, espanhol e francês) sobre o papel de diferentes línguas ou variedades linguísticas no seu cotidiano e no mundo.
BERNARDO KOLLING LIMBERGER – Coordenador

  • Oficina de criação literária: prosa e verso – 01/09/18 a 15/12/18

Nas aulas do curso de Letras da UFPel, alguns alunos manifestam o interesse em produção ou discussão coletiva de textos literários de sua autoria. Assim, surgiu a ideia de uma Oficina de Escrita Literária na universidade, aberta à comunidade em geral. Serão trabalhados exercícios de criação de textos em prosa (contos) e em verso (poemas), com base em estudos sobre leitura e criação literária, além de leitura coletiva de textos literários, tanto de autores publicados quanto dos participantes do grupo.
AUGUSTO DARDE – Coordenador

  • Palavras de Ordem—Poder Linguístico e Mundo de Imagens em Lutero – 19/02/18 a 19/03/18

Exposição de banners onde é descrita a contribuição do teólogo e tradutor alemão Martin Luther à formação da Língua Alemã.O CLC, como centro de ensino de línguas, do qual também faz parte o curso de Letras Português-Alemão, irá se beneficiar de uma exposição que tem como tema a normatização de uma língua. A exposição, além da divulgação cultural de um tema de interesse comum a toda Universidade, é de suma importância ao informar peculiaridades de como a Língua Alemã se transformou até chegar ao formato atual, bem como o papel dos personagens-chave desta história.
MILENA HOFFMANN KUNRATH – Coordenadora
DANIELE GALLINDO GONCALVES SILVA – Coordenadora adjunta

  • Intercambio Cultural Brasil x Argentina: conexiones en prosa y verso – 26/03/18 a 30/03/18

É um evento que recebe cerca de vinte escritores argentinos para realização de intercâmbio cultural em Pelotas.
O Instituto Cultural Latinoamericano, através de sua presidente, Rosana Silva , em parceria com o Programa de extensão GRAU (Grupo Acessibilidade Universal), trará esses escritores, com o intuito de promover um intercâmbio com: escritores locais, comunidade acadêmica e comunidade pelotense; promover a literatura argentina contemporânea e conhecer a cidade de Pelotas e seus pontos turísticos. Além disso, como instituição colaboradora nas ações extensionistas, com a oferta de materiais para tradução como forma de estágio dos estudantes do Cursos de Bacharelado em Tradução Espanhol-Português, ao visitar a UFPel, reforça a parceria instituída desde 2016. A proposta é de oferecer audiodescrição e Libras para o público participante.
MARISA HELENA DEGASPERI  – Coordenadora

  • Semana de Língua Alemã 2018 – 07/05/18 a 15/05/18

Chamada nacional promovida pela embaixada da Alemanha, entre outras instituições, na divulgação da língua e cultura alemã no Brasil. A área de alemão da UFPel fará parte da chamada com eventos associados ao assunto proposto.
Tem como objetivo aproveitar a oportunidade de uma chamada nacional e, com o apoio logístico da embaixada alemã, envolver os alunos na elaboração de um evento de interesse de toda a comunidade. Ao criar visibilidade para o curso de Letras Português-Alemão, estaremos estabelecendo a consolidação do novo curso, bem como atraindo futuros estudantes para uma área tão pouco explorada no sul do Rio Grande do Sul.
Oferecimento das seguintes atividade abertas à comunidade de Pelotas:
– palestras de professores de diferentes unidades;
– workshops de 1h30 em três escolas municipais;
– 2 projeções de filmes no cinema da UFPel;
– apresentação do Coral da UFPel e concerto da Orquestra da UFPel.
MILENA HOFFMANN KUNRATH – Coordenadora
MONIQUE CUNHA DE ARAUJO – Coordenadora adjunta

  • VI Jornada de Literatura, Cultura e História – 15/05/18 a 17/05/18

Pode-se afirmar, sem receio, que a Jornada de Literatura, Cultura e História, ligado ao GPesq Estudos Comparados de Literatura, Cultura e História, hoje é o maior evento da área de literatura do Centro de Letras e Comunicação da UFPel, atraindo uma média de 150 a 200 ouvintes nas três noites, em sua grande maioria, alunos de graduação em Letras, que beneficiam-se tendo contato com pesquisadores de renome no Brasil e com formas novas de trabalhar com a literatura, tanto em âmbito de pesquisa quanto de ensino.
EDUARDO MARKS DE MARQUES DO CLC – Coordenador
ALFEU SPAREMBERGER  – Coordenador adjunto

  • Dicionários Bilíngues de Expressões da Fronteira Sul – 01/08/17 a 01/04/19

No que se refere ao ensino e à aprendizagem de línguas estrangeiras ou adicionais, considerando que as práticas escolares tradicionalmente envolvem a utilização de dicionários bilíngues – e que este é um instrumento que, ao lado das gramáticas, historicamente marca os arquivos de registro e a gramatização das línguas – o projeto Dicionários Bilíngues de Expressões da Fronteira Sul se empenha em dar subsídios para que os alunos de escolas brasileiras de ensino fundamental das regiões de fronteira entre o Brasil e o Uruguai (uma primeira ação com Santana do Livramento e uma segunda ação com Jaguarão) venham a ser protagonistas no registro de suas histórias de vida, que passa pela língua e pela cultura compartilhada na fronteira. Estas línguas e culturas, ao mesmo tempo “tão somente suas”, pelas demarcações geopolíticas e políticas de estado, mas também “tão compartilhadas”, pela linha imaginária que define a fronteira, este linguajar comum e este espaço intercultural é justamente o que o projeto busca resgatar e fazer valorizar, materializando-o nos dicionários bilíngues de expressões da fronteira.
A iniciativa, que se desenvolve como um Projeto de Aprendizagem intercultural, é uma ação paralela ao Programa Escolas Interculturais de Fronteira (PEIF), do qual a UFPel é representante da fronteira Santana do Livramento-Rivera, e se empenhará na elaboração de dicionários bilíngues em diferentes municípios que unem o Brasil ao Uruguai. Desta forma, a elaboração de cada dicionário, respectivo a cada fronteira selecionada, desenvolver-se-á no bojo do projeto aqui proposto e, posteriormente, a editoração dos mesmos se dará como ações extensionistas vinculadas.
ANA LUCIA PEDERZOLLI CAVALHEIRO RECUERO – Coordenadora

  • Grupo de Estudos e Organização do Laboratório de Estudos em Análise de Discurso – 25/06/18 a 21/12/18

O Laboratório de Estudos em Análise de Discurso visa congregar pesquisadores de diversas instituições da região Sul em torno de vários projetos de ensino, pesquisa e extensão. Para que esse objetivo seja alcançado, reúne-se semanalmente a fim de discutir leituras pertinentes tanto aos projetos dos pesquisadores que integram o laboratório, como aos trabalhos dos estudantes de iniciação científica, mestrado e doutorado. Seu eixo
teórico central é o aprofundamento da relação entre os conceitos de ideologia e inconsciente no âmbito da Análise de Discurso fundada por Michel Pêcheux. Isso propicia, também, outras discussões acerca dos processos de leitura em AD, bem como a análise de diferentes materialidades discursivas, tais como língua, imagem e audiovisual.
Com isso, objetiva oferecer à comunidade um espaço de elaboração teórica e analítica capaz de dar conta de processos discursivos diversos relativos à contemporaneidade, seja no que concerne ao discurso político, ao discurso artístico ou outros campos discursivos.
JANAINA CARDOSO BRUM – Coordenadora

  • Palavras e Café – 01/06/2017 a 31/12/2018
    Cursos: Letras – Português (GRADUAÇÃO) // Jornalismo (GRADUAÇÃO)

O Projeto de Extensão Café e Palavras tem como propósito  congregar professores e estudantes em palestras sobre diversos temas que derivam ou que estejam diretamente relacionados com as áreas de linguística, Comunicação, literatura e áreas afins. Em termos gerais é possível considerar o alcance de dois domínios de extensão apreendidos pelo Café e Palavras: em primeiro lugar, o estabelecimento de um espaço de diálogo entre as mais diversas áreas compreendidas no corpo da universidade;em segundo, a abertura das discussões para a sociedade por meio de participações direta e indireta nos debates do Café.
A relevância do Projeto Palavras e Café para a sociedade pauta-se no sentido de proporcionar importantes momentos de reflexão e de aprendizado, por meio de palestras, colóquios, além de fornecer ferramentas significativas, que contribuem para o desenvolvimento de competências que alimentam nosso universo e currículo pessoal e profissional. As palestras versarão sobre os seguintes temas: Literatura africana, Preconceito Linguístico, Artistas pelotenses, Ciência e Produção, Feminismo.
VANESSA DOUMID DAMASCENO – Coordenadora

  • Programa Escolas Interculturais na Fronteira: Língua, Interculturalidade e formação continuada na Fronteira da Paz – 17/04/2017 31/12/2018
    Curso: Letras – Português (GRADUAÇÃO)

Formar professores, coordenadores e tutores das redes públicas de ensino – estadual e municipal -, das escolas da rede básica de educação de Santana do Livramento,  para atuarem no Programa Escolas Interculturais de Fronteira (PEIF). Promover eventos de extensão com a participação de professores, estudantes e comunidade relacionados às seguintes temáticas: purilinguismo, interculturalidade, cultura e integração fronteiriça, políticas linguísticas, formação continuada de professores; promover publicação Livro.
Formar professores, coordenadores, diretores de escolas do Ensino Fundamental da rede pública municipal de Santana do Livramento para atuar no Programa Escolas Interculturais de Fronteira.
PAULO RICARDO SILVEIRA BORGES – Coordenador
ANA LOURDES DA ROSA NIEVES BROCHI FERNANDEZ – Coordenadora Adjunta

  • Trabalho com as habilidades de leitura, escrita e interpretação – 01/06/2017 01/06/2021
    Curso: Letras – Português/Espanhol (GRADUAÇÃO)

O projeto destina-se aos membros da comunidade escolar da rede pública de ensino e pretende trabalhar as habilidades de leitura, interpretação e produção textual por meio da leitura de textos com temáticas relevantes em âmbito nacional. O curso permitirá, portanto, não apenas o desenvolvimento da competência comunicativa dos alunos, mas também o exercício de sua cidadania.
PAULA FERNANDA EICK CARDOSO – Coordenadora

  • Projeto: Discriminação: o que fazer? –   28/03/2017 a 31/12/2020

O presente projeto tem como objetivo tratar de questões que envolvam comportamentos discriminatórios de qualquer natureza entre os atores do Centro de Letras e Comunicação – professores, técnicos administrativos e alunos – e de grupos representativos da comunidade, engajados na luta contra a discriminação , atuando  com o propósito de, sempre que houver alguma ocorrência, ouvir as partes envolvidas e encaminhar soluções. Além desse tratamento direto que será dado aos possíveis problemas que venham surgir, a equipe envolvida no projeto –  professores, técnicos administrativos e alunos – organizará eventos periódicos para tratar o assunto de forma preventiva, envolvendo temas como discriminação de raça, cor, gênero, condições sociais, condições psicofísicas e religião. Os eventos serão itinerantes de modo a atender não só a comunidade acadêmica, mas também a comunidade em geral. A natureza desses eventos será bastante diversa – palestras, seminários, aula inaugural, teatro, shows, etc.
SANDRA MARIA LEAL ALVES – Coordenadora

  • Leituras de almanaque no Rio Grande do sul: Koseritz’ deutscher Volkskalender für die Provinz Rio Grande do Sul (1874-1890) – 01/04/17 a 01/04/19

O projeto Leituras de Almanaque no Rio Grande do Sul: Koseritz’ deutscher Volkskalender für die Provinz Rio Grande do Sul centra-se no Koseritz’ deutscher Volkskalender für die Provinz Rio Grande do Sul [Almanaque Popular de Koseritz para a Província do Rio Grande do Sul], almanaque em língua alemã editado, anualmente em Porto Alegre, em sua primeira fase, para os anos de 1874 a 1890, pelo jornalista Carl von Koseritz, visando à escrita de um livro sobre a história e constituição desse periódico.
Escrever um livro (por parte da proponente do projeto) acerca do Koseritz’ deutscher Volkskalender, a partir da sua materialidade, constituição interna, colaboradores, comunidade ledora, sua recepção, posicionamento no mercado editorial, temáticas e gêneros recorrentes em suas páginas.
Imgart Grützmann – Coordenadora