Apresentação de trabalho no CIC

Aconteceu na Universidade Federal de Pelotas o 21º Congresso de Iniciação Cientifica e a 4º Mostra Científica, onde os alunos da Terapia Ocupacional apresentaram seus trabalhos de pesquisa e extensão.

Os trabalhos apresentados foram:
• Recursos de tecnologia assistiva na inclusão escolar de crianças com Paralisia Cerebral Diparética Espástica: Uma visão da Terapia Ocupacional.

Andressa Gomes e Silva Farias (aluna)
Carolina Py de Castro (professora)

• Estudo de acessibilidade para pessoas com Deficiência Motora no campus anglo da Universidade Federal de Pelotas.

Gabriela Campelo (aluna)
Nicole Ruas Guarany (professora)

• Inclusão social de pessoas em Vulnerabilidade Social e a atuação da Terapia Ocupacional

Juliano Martins de Martins (aluno)
Nicole Ruas Guarany (professora)

• Acessibilidade no campus anglo pela perceptiva da Terapia Ocupacional

Mara Regina Marques Rodrigues (aluna)
Nicole Ruas Guarany (Professora)

• A Terapia Ocupacional e a Tecnologia Assistiva no aumento da capacidade funcional de crianças com Paralisia Cerebral Diparética Espástica.

Maria Izabel Corrêa Medronha (aluna)
Carolina Py De Castro ( professora)

• Núcleo de estudos em Genética e Reabilitação: Núcleo de estudos como forma de estimular a pesquisa científica em estudantes de Terapia Ocupacional.

Mariana Dumer Borges (aluna)
Nicole Ruas Guarany(professora)

• Principais fatores desencadeantes de quedas nos idosos: Uma breve abordagem da Terapia Ocupacional para Adaptção Domiciliar.

Prince Chaiene Meireles Dias (aluna)
Zayanna Christine Lopes Lindôso (professora)

• Parkinson e dificuldades de lomoção-as possíveis intervenções da Terapia Ocupacional.

Rita de Cássia Moscarelli Corrêa (aluna)
Camilla Oleiro Costa (professora)

Na galeria de fotos, confira as imagens dos alunos e seus trabalhos e o corpo docente.

Recepção dos Alunos

O Curso de Terapia Ocupacional da UFPel recepcionou os alunos ingressantes na terceira turma do curso, tendo como objetivo a interação de veteranos e calouros.

Onde foram feitas diversas atividades com os novos alunos. Dando a eles a responsabilidade do trote solidário, que está incluído doação de sangue, arrecadação de alimentos não perecível e brinquedos, para serem doados em instituições.

Curso de Equoterapia

Aconteceu no ultimo sábado, 10 de novembro, na Associação Rural de Pelotas, o curso de informações técnicos-científicos em Equoterapia.

O curso foi ministrado pelo Prof. Esp. Victor Edgar Pitzer Neto, tendo como objetivo proporcionar conhecimento teórico e prática sobre a técnica de Equoterapia com os alunos do Curso de Terapia Ocupacional da UFPEL.

Matricula especial

Uma previa explicação sobre a matricula especial, que vai ocorrer na proxima segunda, onde alunos de outro curso podem cursar, uma materia no curso de Terapia Ocupacional:

Conforme definido pelo Calendário Acadêmico 2012/2 – Reinício, a data para solicitação de matrícula especial no segundo semestre de 2012 será em 12 de novembro de 2012.

Neste dia , dirija-se ao Colegiado que oferta a disciplina que tens intenção de cursar. Verifique com antecedência os horários de funcionamento do respectivo Colegiado.

Todos os procedimentos e requisitos serão descritos no Colegiado, que é soberano para decidir se aceita ou não a solicitação de matrícula. A matrícula deve ser feita nesta data, conforme as orientações do Colegiado.

A matrícula especial pode ser solicitada por todos os alunos dos cursos de graduação, a partir do 2º semestre do curso.

Fonte:

http://www.ufpel.edu.br/alunos/index.php?link=desc_especial

 

Certificados disponiveis:

A Secretaria do Curso de Terapia Ocupacional está informando que os indivíduos abaixo listados podem retirar, na própria Secretaria (sala 304 – 3° andar do Campus Porto), o certificado referente à participação no Curso de Introdução ao Video Game Wii® na Reabilitação.

Mais detalhes na pagina:

http://ccs.ufpel.edu.br/wp/2012/10/05/terapia-ocupacional-disponibiliza-certificados-do-curso-de-introducao-ao-video-game-wii%C2%AE-na-reabilitacao/

 

Contato

Secretaria e Colegiado de Curso – Campus Porto
Rua Gomes Carneiro, 1 · Centro · CEP 96010-610 · Pelotas, RS
Caixa Postal 354 · CEP 96001-970 · Pelotas, RS

Email: to.ufpel@gmail.com

Telefone: (53)3921-1252

Coordenador: Prof. Nicole Ruas Gauarany

Terapia Ocupacional – UFPel: Estrutura física

Nossa estrutura visa um ensino baseado em vivência práticas, e para tal consta em nosso plano pedagógico a instalação de 04 laboratórios técnicos de aprendizagem para treinamento, ensino e qualificação do futuro profissional Terapeuta Ocupacional.
  • Laboratório de Recursos Terapêuticos: Atende as disciplinas que compreendam o ensino de atividades e recursos terapêuticos, análise de atividades, estudo teórico e prático de atividades artesanais, artísticas, lúdicas, culturais, profissionais, senso-perceptivas. O material de consumo fornece ao aluno experiências práticas para o seu desempenho profissional em atividades como pintura, desenho, cerâmica, modelagem, madeira, fios, teares, entre outros.
  • Laboratório de Atividades Corporais e Expressivas: Atenderá as disciplinas que compreendam o ensino de atividades de dinâmicas de grupos, trabalho corporal, jogos terapêuticos, relaxamento. Para isso deverá possuir uma dimensão equivalente aos usuários, piso anti-derrapante, espelho, iluminação com controle regulável e sistema de som e vídeo.

 

  • Laboratório de Tecnologia Assistiva: Atenderá as disciplinas que compreendam o ensino de atividades e recursos terapêuticos voltados à confecção de órteses, tecnologias assistivas, adaptações em utensílios e mobiliários relacionadas a disciplinas ministradas durante o curso de Terapia Ocupacional aplicada.
  • Laboratório de Atividades de Vida Diária e Prática: Atenderá as disciplinas que compreendam o ensino, treinamento e adaptação de atividades de vida diária e instrumentais de vida diária. Para isso reproduzirá as dependências de uma casa (sala, quarto, cozinha, banheiro, área de serviço).

Terapia Ocupacional na UFPel

O terapeuta ocupacional se ocupa da realização de atividades, desde as mais simples – como escovar os dentes ou levar alimentos à boca -, às mais complexas – como dirigir um automóvel ou dirigir uma empresa -, promovendo, prevenindo, desenvolvendo, tratando, recuperando pessoas ou grupos de pessoas que apresentam qualquer alteração na realização de atividades de autocuidado ou interação social, melhorando o desempenho funcional e reduzindo desvantagens.

O Curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pelotas teve seu início no ano de 2010. Estamos dando nossos primeiro passos, buscando consolidação dentro da Universidade. Atualmente temos duas turmas com cerca de 30 alunos cada e esperamos para o segundo semestre desse ano uma nova turma!

O curso da UFPel busca articular o ensino, a pesquisa e a extensão, visando formação profissional para atuação nas áreas da saúde, social e educação. Neste contexto são desenvolvidos conteúdos e atividades sistematizadas para intervir em diversos cenários, com enfoque na educação interprofissional, habilitando os futuros profissionais para integrarem equipes multiprofissionais.

As disciplinas são ministrados desde o início do curso de maneira progressiva e respeitando a autonomia do aluno, chegando à ocupação plena na grade curricular no quarto ano.

Para tanto, os conteúdos ministrados visam sustentar os pressupostos de uma formação acadêmica generalista, humanista, critica e reflexiva. Deste modo o futuro graduado em Terapia Ocupacional da UFPel, estará capacitado ao exercício profissional em todas as suas dimensões, pautado em princípios éticos, no campo clinico-terapêutico e preventivo das praticas profissionais.

O que faz um terapeuta ocupacional?!

O terapeuta ocupacional é um profissional dotado de formação nas Áreas de Saúde e Sociais. Sua intervenção compreende avaliar o cliente, buscando identificar alterações nas suas funções práxicas, considerando sua faixa etária e/ou desenvolvimento da sua formação pessoal, familiar e social. A base de suas ações compreende abordagens e/ou condutas fundamentadas em critérios avaliativos com eixo referencial pessoal, familiar, coletivo e social, coordenadas de acordo com o processo terapêutico implementado.

O profissional compreende a Atividade Humana como um processo criativo, criador, lúdico, expressivo, evolutivo, produtivo e de auto manutenção e o Homem, como um ser práxico interferindo no cotidiano do usuário comprometido em suas funções práxicas objetivando alcançar uma melhor qualidade de vida.

As atividades do profissional estendem-se por diversos campos das Ciências de Saúde e Sociais. Avalia seu cliente para a obtenção do projeto terapêutico indicado; que deverá, resolutivamente, favorecer o desenvolvimento e/ou aprimoramento das capacidades psico-ocupacionais remanescentes e a melhoria do seu estado psicológico, social, laborativo e de lazer.

Locais onde exercem suas atividades:

Hospitais Gerais
Ambulatórios
Consultórios
Centros de recuperação bio-psico-social
Projetos Sociais Oficiais
Sistemas Prisionais
Instituições de Ensino Superior
Órgão de controle social
Creches e Escolas
Empresas

Fonte: COFFITO

Você sabe o que é Terapia Ocupacional?

A terapia ocupacional é uma área do conhecimento, voltada aos estudos, à prevenção e ao tratamento de indivíduos portadores de alterações cognitivas, afetivas, perceptivas e psico-motoras, decorrentes ou não de distúrbios genéticos, traumáticos e/ou de doenças adquiridas, através da sistematização e utilização da atividade humana como base de desenvolvimento de projetos terapêuticos específicos.

 

Símbolo oficial da Terapia Ocupacional