Início do conteúdo
    Notícias
  • PRAE abre formulário para estudantes não bolsistas que necessitam utilizar RU nas férias

    Uma reivindicação já histórica dos estudantes e do movimento estudantil da UFPel começa a avançar. Atualmente, o direito de fazer uso do Restaurantes Universitário nas férias é garantido a bolsistas integrais da PRAE e a estudantes que comprovem estarem em atividades acadêmicas. Entendemos, no entanto, que além destes há diversos outros casos de estudantes para os quais o uso do RU é extremamente essencial, visto que os RUs garantem uma alimentação saudável e digna por um preço acessível.

    No último dia 09 de dezembro, estivemos acompanhando um estudante que entregou à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) um abaixo assinado com cerca de 700 assinaturas de estudantes que reivindicam ou apoiam este direito, junto a um ofício do Diretório Central dos Estudantes que reforça a importância desta reivindicação em um período de crise econômica, atraso e cortes de bolsas de pesquisa, ensino e extensão. No dia 14, realizamos uma reunião com a gestão da UFPel para tratar do tema. Ainda que não tenhamos conseguido a total liberação de acesso ao RU para não bolsistas, a PRAE admitiu a possibilidade de abrir um formulário para ter uma dimensão do número de interessados e a partir disso, construir uma proposta.

    É extremamente importante que todos interessados façam o preenchimento do formulário para que servirá como um levantamento para a PRAE.

    ACESSE FORMULÁRIO AQUI

    O preenchimento do formulário, no entanto, não significa a liberação imediata do uso do RU. Após levantamento da necessidade os pedidos serão analisados individualmente pela PRAE, sendo possível o chamamento para entrevista e solicitação de documentos comprobatórios de renda. Sabemos que ainda temos muito para avançar no amplo acesso à alimentação digna e qualidade para todos estudantes! Para além disso, avançar na garantia de alimentação digna para todo povo brasileiro, visto que hoje mais de 15 milhões enfrentam a insegurança alimentar.

    O DCE UFPel seguirá pressionando para o mais amplo acesso de garantia a este direito básico para todas e todos. A luta continua!

  • Audiência Pública sobre Cortes na Educação e os Impactos em Pelotas e região será realizada nesta quarta na Câmara de Vereadores

    Na próxima quarta-feira, dia 14 de dezembro, será realizada uma Audiência Pública, na Câmara de Vereadores de Pelotas, para debater a situação das instituições de ensino superior, que ao longo do último ano vêm sofrendo, sucessivas vezes, com cortes e bloqueios orçamentários. A proposição é do vereador Jurandir Silva (PSOL), feita após uma reunião entre reitoria e entidades que representativas da educação, como Adufpel, Asufpel, DCE UFPel e Sinasefe.

    Esta audiência será mais um importante momento para debatermos com a sociedade e denunciarmos o desmonte que vem ocorrendo na educação pública. De reafirmarmos a importância da educação pública e das instituições como a UFPel e o IFSul e o quanto elas são importantes para Pelotas e região! Educação de qualidade é um direito do povo trabalhador! Chega de cortes!

     

    🗓️ 14 de dezembro (quarta)

    ⏰ 19h

    📍 Plenário da Câmara Municipal de Vereadores (Quinze de Novembro, 207 – Centro)

  • Assembleia reúne comunidade acadêmica e tira calendário de lutas

    Foto: Luiz H. Schuch

    Foi realizada nesta quarta-feira, dia 07, no Campus II da UFPel uma assembleia geral da comunidade para discutir a agenda de lutas e outras pautas pertinentes para a mobilização contra o bloqueio do governo federal. A pedido de estudantes que ocupam o Campus II, a DCE UFPEL – Gestão DCE é pra Lutar antecipou em um dia a assembleia, levando ela para pátio interno do Campi que foi ocupado na última terça-feira à noite.

    Dezenas de estudantes, servidores técnicos administrativos participaram para debater esse momento crítico de ataque as Universidade e aos estudantes. A abertura da assemblai contou com falas de membros da Mesa de Conselhos de DAs e CAs, representantes do DCE e do Ocupação UFPel.  Após isso, foi aberto para falas gerais. Por fim, foi deliberado a tirada de uma calendário de embolizações contra o bloqueio.

    Confira encaminhamentos da assembleia:

    – Criação de um Comitê de Luta com entidades estudantis, sindicais e movimento social de Pelotas
    – Assembleia com os pós-graduandos (nesta quinta-feira, 08)
    – Arrecadação de cestas básicas para os bolsistas
    – Adesão à paralisação da ANPG/UNE até o pagamento das bolsas
    – Panfletagens diárias
    – Carta à UEE-RS e à UNE socializando a experiência da ocupação na UFPel e demandando ocupações em todas as universidades
    – Documento das demandas dos estudantes, como reajuste das bolsas, o reconhecimento da pós como vinculo trabalhista, mais assistência estudantil, mais dinheiro para as universidades
    – 12/12 Panfletagem no HE e nas UBS da UFPel com material específico dos bolsistas da saúde e residentes
    – 14/12 Mostra de Cursos da UFPel + Ato

     

  • Agenda de mobilização segue nesta quinta na UFPel, confira atividades:

     

    A mobilização contra o calote do governo federal, que deixou estudantes sem bolsas e auxílios, segue nesta quinta-feira, dia 08. Às 14h vai rolar uma assembleia geral de estudantes de Pós-graduação da UFPel, junto ao movimento de ocupação no Campus II.

    Na sequência, às 17h, a mobilização deve seguir no Calçadão de Pelotas, com panfletagem e um ato. Por fim, às 19h, haverá uma Assembleia Geral da Faculdade de Educação, na sala 352, na FAE.

     

     

  • Assembleia de mobilização contra os cortes nesta quarta no Campus II

    O DCE UFPel – Gestão DCE é pra Lutar, convoca a todos os estudantes da Universidade para comparecerem à ASSEMBLEIA GERAL que será realizada às 17h do dia 07/12/22 (quarta-feira) no Campus II da Universidade.

    A Assembleia tem como objetivo reunir estudantes, conselheiros de CA’s e DA’s, servidores e representantes da gestão da UFPel para debater pauta única: CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO CONTRA OS CORTES DAS BOLSAS DA UFPel.

    Ou seja, a discussão será no que tange quais as atitudes e mobilizações devemos tomar como movimento estudantil e como instituição contra esses cortes, que prejudicam diretamente os estudantes.

    O DCE age no sentido de organizar o movimento dos estudantes, construir uma base forte e sólida e pensar quais atitudes e movimentos são mais efetivos para garantir que haja uma reversão deste cenário. Por isso, consideramos esta Assembleia imprescindível para decidir os próximos passos da nossa luta! Contamos com a presença e participação de todas e todos.

  • Nova gestão do DCE UFPel toma posse em reunião do Conselho de DAs e CAs

     

    A nova gestão do DCE UFPel tomou posse oficialmente na manhã do último sábado (03), em reunião ordinária do Conselho de Diretórios e Centros Acadêmicos. A Chapa 1 “DCE é pra Lutar” foi a vencedora, obtendo 1.027 votos (60,27%) em disputa com outras duas.

    A reunião foi realizada na sede do DCE, na rua três de maio. O membro da mesa do Conselho, Neuto Felipe Marques, representante do Diretório acadêmico Anna Nery (DAAN) – Enfermagem – deu início a reunião às 10:32. Estiveram presentes no ato representantes da Comissão Organizadora das Eleições (COE), representantes de DAs e CAs, membros da chapa eleita, estudantes em geral, além de representantes da Associação Docentes ADUFPel.

     

    Membro da COE, o estudante Vinicius Kaiser fez um breve repasse sobre o processo eleitoral e resultado final da votação que foi realizada pelo Sistema de votação On-Line Helios voting. Além disso, informou sobre o repasse das contas de redes sociais, e-mail e chaves da sede para membros da chapa eleita.

    Confira ata do Conselho na íntegra: ATA 08_2022.

  • Conselho de DAs e CAs será realizado neste sábado e terá proposta de Calendário Acadêmico entre pautas

    O Conselho de Centros e Diretórios Acadêmicos da UFPel realizará uma reunião ordinária nesta sábado, dia 24, a partir das 10h, na Sede do CAFV, no porão da Faculdade de Direito. Entre as principais pautas estão a proposta de regulamentação do Calendário Acadêmico, apresentada pela Pró-Reitoria de Ensino (PRE), formação da Comissão Eleitoral (COE) do DCE, entre outros assuntos.

    Confira convocação na íntegra:

    A Mesa do Conselho de Centros e Diretórios Acadêmicos da UFPel convoca os representantes dos Centros e Diretórios Acadêmicos da UFPel e demais alunos para a REUNIÃO ORDINÁRIA no próximo Sábado (24/09/22) às 10h00 na sede do CAFV, no prédio da Faculdade de Direito.

    Pauta:
    1. Informes;
    2. Regulamentação do Calendário Acadêmico;
    3. Assento Anglo na Mesa do Conselho;
    4. Formação da COE (Comissão Eleitoral do DCE);
    5. Outros assuntos de interesse geral.

    Para o credenciamento dos CA’s e DA’s, deve-se:
    – CA’s e DA’s em exercício: encaminhar ata de posse no e-mail do Conselho (apenas em caso de ainda não haver sido enviada)
    – CA’s e DA’s com exercício prorrogado devido ao contexto pandêmico, bem como Comissões Organizadoras de Eleição e Comissões Pró-CA, etc: preencher o Termo de Concessão (enviado para os e-mails cadastrados pelos CA’s e DA’s e no grupo do Whatsapp do Conselho) e encaminhá-lo para o e-mail do Conselho.
    E-mails devem ser encaminhados em, no máximo, 1h antes da reunião.
    E-mail do Conselho: conselhocasdas.ufpel@gmail.com

    Todos os alunos têm o direito e o dever de cobrar a presença dos seus respectivos centros e diretórios acadêmicos no Conselho. A reunião é aberta à toda comunidade acadêmica da UFPel e terá um teto de duração de 01h30.

    Mesa do Conselho de Centros e Diretórios Acadêmicos da UFPel
    DANK e CARI

  • Faculdade de Educação realiza ato contra a precarização do trabalho e solidariedade aos trabalhadores terceirizados

    Foto: Volmer Perez

    A Faculdade de Educação (FAE) da UFPel realizou um ato na tarde desta quinta-feira (22) contra a precarização da Universidade e demissão de trabalhares terceirizados. A mobilização contou com a participação de docentes, técnico-administrativos/as e estudantes e foi realizada no saguão do Campus das Ciências Humanas e Sociais.

    A manifestação contou com dois momentos, um primeiro ato no início da tarde das 13h30 até às 15h e um segundo entre 18h30 e 19h15. Foram confeccionados cartazes e faixas e puxadas palavras de ordem enfatizando que “Educação não é Mercadoria” e “Trabalho não é despesa”.

    Devido aos cortes de verba na educação, a uma série de serviços vem sofrendo cortes ou estão sendo reduzidos na UFPel. Segundo levantamento da Associação Docentes Universidade Federal Pelotas, apenas em 2022, 27% dos trabalhadores terceirizados foram demitidos pela Universidade. Estas demissões impactam diretamente no funcionamento da UFPel, como é o caso da retirada da portaria do segundo andar do Campus das Ciências Humanas e Sociais onde funciona a FaE, um dos principais motivadores da manifestação.

    Abaixo-assinado pedindo o retorno desta portaria (acesse aqui).

     

     

  • Confira detalhes da proposta de regulamentação do Calendário Acadêmico apresentada pela PRE

    A Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Federal de Pelotas (PRE/UFPel) realizou duas reuniões abertas, nesta semana, para apresentar a proposta de regularização integral do Calendário Acadêmico. O plano da PRE prevê a realização de dois semestres e meio em 2023 e dois semestres e meio em 2024, como ilustrado no quadro acima.

    Conforme a proposta, o semestre letivo de 2022/2 terá início em 30 de janeiro de 2023 e vai até 13 de maio de 2023. Já o calendário 2023/1 começa em 12 de junho de 2023 e vai até 23 de setembro de 2023. Na sequência, ainda está prevista a primeira parte do semestre letivo de 2023/2, em 23 de outubro de 2023, até 23 de dezembro de 2023. Este semestre, conforme a proposta, teria continuidade apenas a partir de 05 de fevereiro de 2024 e prossegue até 16 de março de 2024.

    Os quatro próximos semestres letivos deverão possuir apenas 15 semanas letivas (variando de 83 a 88 dias letivos). Haverá intervalos mínimos para férias e ações administrativas que precisam ser efetuadas entre cada período. Para complementar os dias letivos faltantes, a PRE pretende contabilizar os 71 dias letivos do Calendário Alternativo (implementado no começo de 2020), que não foram não computados em nenhum calendário oficial até o momento.

    As justificativas apresentadas pela Pró-Reitoria de Ensino e pela Gestão da UFPel para implementar este plano de regularização com dois semestres e meio por ano, com semestres mais curtos foi de que: há um prejuízos do descompasso entre o calendário acadêmico e o ano civil, ao qual a UFPel enfrenta atualmente. Houve uma redução de candidatos inscritos via Sisu e PAVE para ingressar na UFPel, bem como aumento significativo nos números de trancamento, cancelamento e desligamento.

    O calendário de regularização (anos de 2023 e 2024) ainda pode receber pequenas sugestões de alterações e ser encaminha para aprovação pelo Conselho Coordenador do Ensino, da Pesquisa e da Extensão (Cocepe).

    O Diretório Central dos Estudantes, gestão DCE é pra Lutar, encaminhou que essa proposta de Regulamentação do Calendário seja colocada como pauta no próximo Conselho de DAs e CAs, que deve ser realizado neste sábado, dia 24, a fim de que os estudantes encaminhem uma posição sobre o tema e encaminhem as instâncias superiores.

    Confira o Plano de Regulamentação do Calendário na integra aqui.

     

     

     

  • PRE promove reuniões abertas sobre regularização do Calendário Acadêmico

    A Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Federal de Pelotas (PRE/UFPel) promove, nesta semana, duas reuniões com a comunidade acadêmica para apresentar a proposta de regularização integral do Calendário Acadêmico. A proposta deve incluir a previsão para o semestre 2022/2 e os demais até 2024/2.

    A primeira reunião será nesta quarta-feira (21), das 9h às 11h, no auditório da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (FAEM). Na quinta-feira, dia 22, o encontro será no Auditório do Centro de Artes (Rua Álvaro Chaves, 65), também a partir das 9h.

    As atividades são abertas a toda a comunidade acadêmica. Participe!