Início do conteúdo

Videodanças selecionadas para FIVRS 2021

A convocatória para a segunda edição do FIVRS – Festival Internacional de Videodança do RS, que acontecerá de 02 a 12 de setembro, recebeu 160 inscrições, das quais foram homologadas 139, provenientes de 17 países e de 18 estados do Brasil.

A seleção das videodanças para comporem a mostra de 2021 ficou a cargo da comissão avaliadora convidada, integrada por: Ana Sedeño Valdellós (Espanha), criadora audiovisual e professora da Universidad de Malaga, Espanha; Denise Matta (Brasil), diretora da IMARP – Mostra Internacional de Dança – Imagens em Movimento – Videodança, na cidade de Ribeirão Preto/SP/Brasil; Leonel Brum (Brasil), professor e coordenador dos cursos de dança do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará – ICA/UFC e coordenador do Midiadança: laboratório de dança e multimídia; Jose Alirio Peña (Venezuela/Argentina), diretor do CINEVERSATIL – Festival Internacional de Cortometrajes sobre Diversidade, Argentina, e do Festival Internacional de Cine y Vídeo Verde de Venezuela – FESTIVERD; e Wanda López Trelles (Argentina), cofundadora e codiretora do Proyecto Corporalidad Expandida.

O trabalho da comissão avaliadora resultou na seleção de 45 videodanças:

Águas que correm, mulheres que dançam (2021), do Grupo Baila Cassino: Daniela Llopart Castro, Rebeca San Martins, Natália Camargo – Pelotas, RS, Brasil

AMO (2021), de Mônica Fagundes Dantas, Alex Sernambi e Suzi Weber – Porto Alegre, RS, Brasil

Arbasoei (2021), de Ikerne Mendieta – Granada, Espanha

Asab (2021), de Ariane Mondo – Natal, RN, Brasil

Atotoó – Interditos e mistérios do negrocorpo (2019), de Caroline Ribeiro Paz e Bárbara Cezano – Pelotas, RS, Brasil

BAHtucada (2020), de Ederson Zaneti Vergara – Pelotas, RS, Brasil

be still (2020), de Nicole Manoochehri – Los Angeles, EUA

Cap 14 – parte 2: …olhar para além do que se vê…um convite a percepção… (2021), de Andreza Aguida, Tiago Nogueira e Rogério Ortiz – São Paulo, SP, Brasil
Celestial Body (2021), de Danielle Suzanne Willis Denton – Texas, EUA

Chicharras (2021), de Carola Reboredo – La calera, Argentina

Contágio (2019), de Nicole Correa Freitas – Porto Alegre, RS, Brasil

Dança sem medo – Dance without fear (2020), de Sol Dugatkin – Santiago, Chile
Desverrante (2020), de Mathias Lobo, Alexandre Tadra e Rodrigo de Castro – Curitiba, PR, Brasil

ECDISE (2021), de Tainá Madruga Romero – Pelotas, RS, Brasil

Ela ousou saber (2020), de Luciana Campos, Ingrid Laurentino, Ana Carolina G. Martins, Naira Silva, Amanda Freitas Faria e Luciana Campos – Mogi das Cruzes, SP, Brasil

Encobertos (2019), de Lilian Seixas Graça – Salvador, Ba, Brasil
Ensaio para o início do fim (2021), de Raquel Machado Pereira – Hortolândia, SP, Brasil
Entre Estrelas e Raízes (2021), de Giselle Paes Horacio – Capivari de Baixo, SC, Brasil
Fio Condutor (2020), de Tales Frey – Porto, Portugal

Glare (2020), de Smangaliso Ngwenya – Johannesburg, África do Sul

Interlocuções com a Cidade (2020), de Fernanda Amaral – São Paulo, SP, Brasil
Invisible (2020), de Diana Vignolles, Gastón Fleitas, Franco Quagliardi, Lilian Queñón e Guadalupe Dominguez – Buenos Aires, Argentina

Irrational (2020), de Francesca Poglie, Martina Beraldo, Luca Ghedini e Nicola Lunardelli – Barcelona, Espanha

La tarde infinita (2021), de Melanie Alfie – Buenos Aires, Argentina

Limítrofe (2020), de Sofía del Mar Collins e Maidelise Ríos Medina – San Juan, Porto Rico

Luvemba (2021), de Maria Clara Laet de Almeida e Silva – São Paulo, SP, Brasil
Maromba (2021), de Monica da Silva e Souza – Parintins, AM, Brasil

Matéria Bruta (2019), de Renan de Lima Turci – Curitiba, PR, Brasil

Misunderstandings (Fraintendimenti) (2020), de Alexandre Manuel, Jimmie Santoni, Elisa Carletti e Federica Squadroni – Jesi, Itália

Morada (2021), de Luisa Cunha Machala – Belo Horizonte, MG, Brasil

Mujeres Infinitas (2020), de María Claudia Mejía Alvarez – Medellín, Colômbia
ON LOCK (2021), de Azize Sousami – Londres, Inglaterra

Os Espaços Entre Nós (2021), de Mônica Yumi Jardim da Silveira, Adeniran Balthazar, Bianca Meciano, Henrique Soares Dias e Mateus Paludetti – Campinas, SP, Brasil
Out of the folds of women (2020), de Anabella Lenzu – Nova Iorque, EUA
QU4RT (2020), de Fernando Quinteros Muniz – Porto Alegre, RS, Brasil
Redoma (2021), de Pedro Vitor Pontes Ferraz – Recife, PE, Brasil

Seres do Meio (2021), do Rua em Cena Companhia de Dança – Pelotas, RS, Brasil
Skin to Nature (2021), de SueKi Yee – Penang, Malásia

SOLO (2020), de Uladzimir Slizhyk – Bielorrusia

Suspended (2020), de Filomena Rusciano – Sant’Agata de’ Goti, Itália

TEMOR (2020), de Adriano André Rosa da Silva, Alvaro Dantas, Clébio Oliveira e Jania Santos – Natal, RN, Brasil

The neighbor/O vizinho (2021), de Flakorojas – Bruxelas, Bélgica

Travessias (2020), de Maryah Monteiro – Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Trilogía Monocromática: Negro (2019), de Fausto Jijón Quelal – Cidade do México, México

Whispers to Myself (2021), de Ana Claudia Marra – São Paulo, SP, Brasil
ORGANIZAÇÃO DO FIVRS

Diretoras
Carmen Anita Hoffmann – UFPel
Rosângela Fachel – UFPel

Comissão organizadora
Carmen Anita Hoffmann – UFPel
Rosângela Fachel – UFPel
Rebeca Recuero – UFPel
Carlise Scalamato Duarte (UFSM)
Luana Arrieche Echevengua – UFPel
Ana Carolina Tavares – UFPel
Hamilton Bittencourt – UFPel
Marcos Júlio Fuhr – Fundação ECARTA
André Venzon – Fundação ECARTA
Valéria Ochôa – Fundação ECARTA
Stela Pastore – Fundação ECARTA
Elisabete Crucillo – Fundação ECARTA

REALIZAÇÃO
Programa de Pós-graduação Mestrado em Artes Visuais – PPGAVI – UFPel
Curso de Dança – Centro de Artes – UFPel
Fundação ECARTA

APOIO
Curso de Dança Licenciatura da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo – MALG
Red Iberoamericana de Investigación en Narrativas Audiovisuales – Red INAV
Proyecto Corporalidad Expandida
Mostra Internacional de Dança Imagens em Movimento – IMARP
Laboratório de Ensino, Pesquisa e Produção em Antropologia da Imagem e do Som – LEPPAIS

CONTATO
Email: fivrs.videodanca@gmail.com

Publicado em 23/08/2021, em Sem categoria.