Início do conteúdo
O que você procura?
    Todas Notícias
  • Prec divulga nota sobre encaminhamento dos projetos de extensão e cultura na ufpel

    NOTA SOBRE O ENCAMINHAMENTO DOS PROJETOS DE EXTENSÃO E CULTURA NA UFPEL

    1. INTRODUÇÃO

    O objetivo desta nota, dirigida aos professores, estudantes e técnico-administrativos extensionistas da UFPEL, é esclarecer a nova dinâmica adotada pela PREC, pela Comissão de Extensão do COCEPE  e pelo próprio Conselho, com respeito à avaliação das propostas de extensão e cultura encaminhadas para institucionalização. Além disso, a nota visa também indicar algumas orientações importantes para a apresentação e desenvolvimento dos projetos e programas de extensão e cultura na UFPEL.

    Aos proponentes de ações de extensão e cultura, desde já, recomendamos enfaticamente a leitura do documento Orientação para institucionalizar projetos de extensão (3pp, disponível em https://wp.ufpel.edu.br/prec/siex/), vigente desde o ano de 2009.

    Sobre a avaliação dos projetos e programas pela Comissão de Extensão do COCEPE, há três elementos fundamentais que merecem atenção:  (a) os prazos de apresentação e de relatórios; (b) o preenchimento do formulário SIEX; (c) a consistência da proposta em relação às definições sobre extensão universitária presentes na Resolução n. 10 de 2006.

    2. SOBRE OS PRAZOS DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS E RELATÓRIOS

    Conforme o documento de “Orientação”, as propostas devem ser “encaminhadas com o prazo mínimo de 45 dias antes do início das mesmas”. O “início da atividade” corresponde à data a partir da qual o proponente pretende que seja certificada a participação acadêmica no projeto, incluindo os organizadores.

    Como exemplo, considere-se um projeto que prevê a realização de um evento de extensão ou cultura que se realizará nos dias 1, 2 e 3 de novembro. A realização do evento necessita de um período de preparação (planejamento, convites, divulgação, organização da infra-estrutura etc), bem como de encerramento (processamento das listas de presença, solicitação de emissão de certificados etc.). Assim, seguindo a hipótese, consideremos que o período de preparação do evento seja de aproximadamente 60 dias, cuja carga horária também deverá ser devidamente certificada. Isto significa que, neste caso, o período de preparação seja indicado como o intervalo entre os dias 31 de agosto e 31 de outubro. O projeto, portanto, objetivamente, inicia-se no dia 31 de agosto. A apresentação da proposta, então, deverá ser realizada até o dia 16 de julho (isto é: 45 dias antes do dia 31 de agosto). Se a intenção, ao contrário, fosse certificar apenas os dias do evento, o prazo para envio seria 16 de setembro (45 dias antes de 1o. de novembro)…

    O Núcleo de Planejamento da PREC considerará como “data do encaminhamento da proposta” à data de protocolo da proposta na PREC (isto é: a entrega do documento impresso, já aprovado na subunidade (departamento ou colegiado equivalente). Veja-se que este prazo é o mínimo necessário para que a proposta possa (i) passar pela pré-análise regulamentar do NUPLAN/PREC, (ii) ser apreciada pela Comissão de Extensão do COCEPE e, finalmente, (iii) seja aprovada pelo COCEPE (que se reúne a cada 15 dias) para seu início regular. Como se vê, 45 dias é um prazo efetivamente exíguo e que, se não cumprido, acarreta a possibilidade de prejuízos diversos aos proponentes, aos discentes, às subunidades e à própria PREC.

    Até o momento, tanto a PREC como a Comissão de Extensão têm sido bastante flexíveis em relação a esses prazos, reconhecendo que, ao longo dos últimos anos, esta regra era observada apenas parcialmente pela Comissão de Extensão. De janeiro deste ano até o presente momento, para evitar maiores prejuízos, foi mantida esta forma de tratamento em relação à questão, mas não sem transtornos importantes.

    Porém, findo este “período de transição”, a PREC informa que, a partir do próximo dia 15 de agosto, o NUPLAN/PREC retornará aos proponentes para readequação todas as propostas de ação de extensão que estejam em desacordo com o prazo regulamentar.

    3. SOBRE O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO SIEX

    A gestão atual da PREC reconhece que o atual formulário eletrônico (único, aliás) do sistema SIEX não é adequado para a apresentação de algumas modalidades de propostas de extensão. Seu formato atual suscita diversas dúvidas no preenchimento e permite variadas informações inconsistentes, que dificultam as tramitações posteriores.

    A equipe da PREC está trabalhando, em colaboração com a Coordenação de Tecnologias da Informação, para que em 2014 possamos ter um sistema mais adequado às nossas necessidades.

    Até lá, é importante que os proponentes preencham atentamente o formulário, expressando da forma mais clara possível a proposta. Por exemplo: a definição do(s) público(s)-alvo é fundamental para a sua avaliação; a informação correta da carga horária dos diversos participantes deve ser consistente com o escopo do projeto; a metodologia apresentada deve ser adequada aos objetivos de um projeto de extensão. Assim por diante.

    4. SOBRE A CONSISTÊNCIA DAS PROPOSTAS EM RELAÇÃO AO CONCEITO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

    Infelizmente, número significativo (cerca de 15%) das propostas remetidas à PREC tem recebido parecer desfavorável da Comissão de Extensão do COCEPE. Do ponto de vista imediato, isto se deve, essencialmente, à aplicação da Resolução no. 10 de 2006, daquele Conselho, que regulamenta as atividades de extensão e cultura. É importante que se observe que a Resolução tem quase total acordo com as definições de extensão utilizadas pelo Fórum de Pró-Reitores de Extensão das IFES Brasileiras (FORPROEX).

    Ao longo dos últimos anos, entretanto, a inobservância desta regra produziu uma cultura acadêmica desvalorizadora da extensão universitária, acarretando prejuízos às suas atividades, que – na UFPEL – são numerosas, diversificadas e de excelente qualidade acadêmica.

    O efeito desta inobservância da regra foi a grande dispersão dos recursos, que atenderam em profusão a atividades não-extensionistas: grupos de estudos, revistas de pós-graduação e pesquisa, projetos voltados exclusivamente para a comunidade acadêmica, viagens dirigidas a eventos não-extensionistas, bolsas de extensão distribuídas para trabalhos administrativos, eventos científicos dirigidos à comunidade de pesquisa etc. A grande maioria dessas ações, evidentemente, era de iniciativas acadêmicas relevantes e indispensáveis, mas o resultado desse modus operandi foi que as atividades efetivas de extensão e cultura contaram com recursos exíguos, reduzindo significativamente o impacto social das ações de extensão na comunidade externa e seu impacto acadêmico na comunidade universitária. Em 2012, por exemplo, foram cadastradas 806 ações no SIEX/PREC e se elas correspondessem efetivamente à extensão, a UFPEL seria uma das maiores universidades extensionistas do Brasil.

    Neste sentido, reiteramos nosso compromisso: seguiremos trabalhando para garantir que os recursos destinados nominalmente à extensão universitária sejam destinados efetivamente à extensão universitária. Portanto, continuaremos redirecionando, para outras instâncias da administração, as propostas de ação acadêmica que não se enquadram nos conceitos de atividades acadêmicas de extensão e cultura, claramente expressos na Resolução de 2006 e nas definições do FORPROEX.

    5. ENCAMINHAMENTOS

    (a) O Pró-Reitor de Extensão e Cultura e os Coordenadores de área da PREC colocam-se à disposição das unidades e subunidades acadêmicas para a construção de uma agenda de visitas aos departamentos, colegiados e câmaras de extensão para que possamos esclarecer e debater todas essas questões. Teremos prazer em dialogar com todos os envolvidos na extensão e cultura – professores, técnicos, estudantes e gestores das unidades. A agenda pode ser solicitada à Assessoria da PREC.

    (b) É especialmente importante que as unidades acadêmicas que ainda não possuem câmara de extensão (ou instância correspondente) constituam-nas o mais rapidamente possível, com a participação, inclusive, dos bolsistas de extensão. A PREC está preparando uma proposta de constituição de um comitê de extensão e cultura, com a representação das unidades acadêmicas (docentes e discentes). Resguardado o caráter deliberativo superior do COCEPE, nossa intenção é que o comitê seja o fórum privilegiado de planejamento institucional da extensão e da cultura e por aí deverão passar as formulações sobre editais de bolsas, critérios de utilização de recursos, prioridades de ação institucional e todos os temas estratégicos desta área acadêmica na UFPEL.

    Atenciosamente,

    Prof. Dr. Antônio Cruz

    Pró-Reitor de Extensão e Cultura

  • Resultado do edital nº04/13/Probec/Demanda Institucional

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura torna público o resultado do edital n°04/13/Probec/Demanda Institucional. Os selecionados são: Gustavo Garcia Palermo, Roseli Canzarolli, Maria Madalena Silva. A documentação necessária para homologação (ver item 4 do edital) deve ser entregue até o dia 1º de agosto.

  • I Congresso dos Pesquisadores Negros da Região Sul inicia hoje(24) no IF-Sul

    Será realizado de quarta a sexta-feira (24 a 26) no IF-Sul (praça vinte de setembro, 455) o I Congresso dos Pesquisadores Negros da Região Sul (Copene/Sul). O congresso tem por finalidade promover o encontro de pesquisadores negros da Região Sul do Brasil e países do Cone Sul e o debate em torno da lei 10639/03 e da educação das relações étnicos-racias no sentido de apresentar, avaliar e propor novas ações direcionadas à população negra através das produções científico-acadêmicas e dos saberes vivenciais.

    Saiba mais sobre o evento e confira a programação no link:                                                     http://social.ucpel.tche.br/copenesul/programacao

  • Congresso de Extensão em Montevidéu recebe inscrições até 31/07

    Entre os dias 6 e 9  de novembro, a  Associação de Universidades do Grupo Montevidéu (AUGM) vai promover seu 1º Congresso de Extensão: Extensión y Sociedad – ExtenSo 2013, cuja sede será a Universidad de La República (Uruguai), em Montevidéu. Os resumos podem ser inscritos até o dia 31/07. Os trabalhos completos deverão ser apresentados até o final de setembro. A AUGM é uma entidade formada por universidades públicas dos países do Mercosul. A UFPEL não faz parte da AUGM, mas a Reitoria da UFPEL, através de sua Coordenação de Relações Internacionais, vem desenvolvendo esforços para que a nossa universidade participe desta importante articulação.

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPEL (PREC) vai apoiar a participação de um número limitado de trabalhos inscritos e aprovados, assim como ocorreu com o SEURS 2013, que ocorrerá no começo de agosto em Florianópolis. Por isto, a PREC convida aos extensionistas da UFPEL interessados em participar do ExtenSo 2013 a enviarem seus resumos para, depois de aprovados, possam participar da seleção interna da UFPEL para o apoio à participação.

    Informações sobre o Congresso podem ser obtidas no sítio: http://www.extension.edu.uy/extenso/inicio

  • Prec divulga resultado da seleção para bolsas Probec 2013/Demanda Espontânea – Chamada Extraordinária.

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura comunica que saiu o resultado para as bolsas Probec/Demanda Espontânea – Chamada Extraordinária. Para que a bolsa tenha vigência a partir de 1º de agosto, o coordenador do projeto/programa deverá proceder a seleção dos bolsistas até o dia 31.07.2013 e entregar na PREC sua documentação, juntamente com a do aluno, impreterivelmente, até o dia 05.08.2013. Após este prazo, o bolsista somente poderá receber 15 dias referente ao mês de agosto, devendo então a documentação ser entregue até o dia 15.08.2013.

     Documentação do Coordenador:

    • Cópia da publicação do resultado da seleção, onde deverá ser indicado ao lado do nome do bolsista a submodalidade ( PROBEC ou Permanência);
    • Formulário de Solicitação de Bolsas – Candidato a Bolsista (página da PREC).

    Documentação do aluno:

    • Plano de Trabalho de Bolsista (página da PREC):
    • Cópia da Identidade;
    • Cópia do CPF (caso não conste na identidade):
    • Histórico Escolar com média, expedido pelo DRA;
    • Dados bancários (de preferência cópia do cartão, verificando se os números estão legíveis)

    OBS: a conta bancária não pode ser conjunta ou  poupança.

    Acesse o resultado através do link: https://wp.ufpel.edu.br/prec/files/2013/06/Bolsas-PROBEC-Demanda-Espont%C3%A2nea-Chamada-Extraordin%C3%A1ria.pdf

  • Programa Vizinhança realiza evento no campus Porto nesta sexta (19)

    O Programa Vizinhança, da Universidade Federal de Pelotas, estará realizando um evento intitulado “VIZINHANÇA EM AÇÃO”, no qual serão desenvolvidas diversas atividades de extensão. O evento ocorrerá na próxima sexta-feira (19), das 13h30min às 17h, no 1° piso do campus Porto, antigo Anglo, com a presença de extensionistas que estarão divulgando seus projetos. O “Planetário” estará disponível para visitação, das 10h às 16h. A Pró-reitoria de Extensão e Cultura está convidando toda a comunidade universitária e moradores vizinhos ao campus anglo para prestigiar o evento.

  • Prec divulga edital n°04/13 Probec/Demanda Institucional

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura torna público que estão abertas inscrições para seleção de três (3) bolsistas no âmbito do Programa de Extensão de Cultura (Probec) 2013 – Modalidade Demanda Institucional.

    O período de inscrição é de 16 a 23 de julho. As vagas são para alunos matriculados na turma especial do curso de medicina veterinária.

    Acesse o edital: https://wp.ufpel.edu.br/prec/editais-abertos/

  • Revistas de extensão estão recebendo publicações

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura informa aos interessados em publicar
    artigos, trabalhos, resenhas e relatos de experiências, que três revistas
    de extensão, de universidades diversas, estão recebendo trabalhos. A  REVISTA

    CONEXÃO <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/conexao/about>, da Universidade Estadual de Ponta Grossa, está recebendo submissões de artigos para o v. 9, n° 2, até o dia 01 de agosto de 2013.  As submissões são realizadas através do link da revista, no portal de periódicos da UEPG,disponível em:http://www.revistas2.uepg.br/index.php/conexao/about

    Já a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Recôncavo Baiano
    abre chamada de trabalhos para o 5º volume da Revista Extensão nas
    categorias artigos científicos, resenhas e relatos de experiências. Os
    textos devem contemplar uma das seguintes áreas temáticas: Comunicação,
    cultura e artes, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente,
    saúde, tecnologia e produção, trabalho e gênero e sexualidade.

    O prazo para submissão será até o dia 15 de julho de 2013, via sistema
    on-line disponível na pagina eletrônica da Revista Extensão:
    http://www.ufrb.edu.br/revistaextensao/index.php/formulario-submissao

    As normas de submissão estão disponíveis no site da Revista Extensão:
    http://www.ufrb.edu.br/revistaextensao/index.php/normas-de-submissao

    Outra que esta recebendo artigos é a Revista de Extensão Guará, da
    Universidade Federal do Espírito Santo, que tem prazer de convidar todos
    que atuam nas diversas áreas da Extensão Universitária, em sua interface
    com as ações de ensino e pesquisa, a submeterem artigos científicos de sua
    autoria para edição 2013/2 do periódico, cuja temática estará centrada nos
    aspectos e mediações da extensão universitária nas áreas da Saúde e do Meio
    Ambiente.

  • UFPel Amplia Recursos do PROEXT

    O Ministério da Educação divulgou na última quarta-feira o resultado final do Edital PROEXT-2014, que financiará projetos e programas de extensão nas universidades públicas brasileiras no próximo ano. O PROEXT financia ações anuais de extensão com valores de até R$ 50 mil (para projetos) ou até R$ 150 mil (para programas). Os recursos podem ser utilizados para o pagamento de bolsas de extensão, compra de equipamentos permanentes e materiais de custeio, passagens e diárias, e contratação de serviços de terceiros (em casos especiais).

    Das 20 áreas de extensão abertas no edital, a UFPEL classificou propostas em 15 delas, com um crescimento expressivo em relação ao edital do ano anterior: o número de projetos e programas aprovados cresceu de 18, no ano passado, para 32 neste ano (16 projetos e 16 programas) e o volume de recursos captados saltou de R$ 1,7 milhão para R$ 3,1 milhões.

    O resultado é ainda mais positivo quando se toma em consideração que o volume total de recursos do PROEXT oferecido pelo MEC não teve variação significativa entre 2013 e 2014, passando de 82 para 84 milhões de reais. A UFPEL foi a quarta (4ª) universidade que mais captou recursos no edital deste ano.

    A PREC, que comemorou o resultado, agradece e parabeniza todos os professores, técnico-administrativos e estudantes dos grupos proponentes que participaram do Edital, representando a nossa Universidade.

    Confira aqui a lista dos contemplados: notícia proext