Início do conteúdo
MUSEU DO DOCE

Missão

O Museu do Doce tem como missão salvaguardar os suportes de memória da tradição doceira de Pelotas e da região, com o compromisso de produzir conhecimento sobre esse patrimônio.

História

O Museu do Doce é uma conquista da comunidade doceira que, através de negociação realizada com a Secretaria Municipal de Cultura e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), definiu como sede para essa nova instituição o casarão situado na Praça Coronel Pedro Osório, 08, no centro histórico da cidade de Pelotas.

O Casarão que abriga o museu provavelmente foi projetado e construído pelo arquiteto italiano José Izella, em 1878, para servir como residência para a família do Conselheiro Francisco Antunes Maciel (Conselheiro do Império). Entre os anos de 1950 e 1973, a edificação serviu como sede do Quartel General da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada de Pelotas. Depois desse período, foi ocupado por diversos órgãos públicos municipais.

Em 1977 a casa foi tombada em nível federal pelo IPHAN e comprada pela UFPel em 2006. Em 2010 a UFPel deu início ao processo de restauração e adequação das instalações para uso do Museu. O restauro foi concluído em 2013, quando o Museu do Doce instalou-se na casa e foi aberto ao público.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Acervo

O acervo é formado por peças relacionadas com a história da tradição doceira de Pelotas e região, sejam elas históricas, documentais, bibliográficas ou impressas, além de todo objeto/representação que tenha relação com a missão do Museu.

Exposições e visitas

O museu, que se configura como órgão suplementar do Instituto de Ciências Humanas da UFPel, recebe um grande número de visitantes locais, turista e grupos de estudantes.

A sua exposição de longa duração possui características de acessibilidade para as pessoas com deficiência.

Localização e contato

Endereço: Praça Coronel Pedro Osório, 08 – Centro – Pelotas/RS

Telefone: (53) 3921-6291

Facebook

E-mail: museudodocedaufpel@gmail.com