Início do conteúdo
O que você procura?
    Todas Notícias
  • Palestra: “LOS LIBROS DE CORO: CARACTERÍSTICAS Y CONSERVACIÓN”

    Conversas sobre Conservação e Restauração do Patrimônio Cultural é projeto de extensão on-line da Rede de Museus da Pró-Reitoria de Extensão e Cultural (PREC) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), em pareceria com a Associação dos Conservadores e Restauradores de Bens Culturais do Rio Grande do Sul (ACOR-RS) e com o Curso de Bacharelado em Conservação e Restauração de Bens do Instituto de Ciências Humanas (ICH) da UFPel, que tem como objetivo divulgar os trabalhos de conservação e restauração na área do patrimônio cultural.

    O projeto acontece dentro do ambiente virtual da UFPel e busca agregar atividades de extensão e cultura da região de Pelotas, do estado do Rio Grande do Sul e também atingindo outros estados do Brasil e países Ibero-americanos, através das parcerias estabelecidas com diversas instituições e profissionais ligados as mais diversas áreas do conhecimento que atuam na preservação do patrimônio cultural.

    No dia 28 de abril de 2021, às 14h, daremos início às atividades deste ano. Teremos como convidado Prof. Dr. Javier Bueno Vargas, Professor Titular do Grado en Conservación y Restauración de Bienes Culturales da Universidad de Sevilla (España) com a palestra intitulada “LOS LIBROS DE CORO: CARACTERÍSTICAS Y CONSERVACIÓN”. A mediação estará a cargo da Profa. Karen Velleda Caldas do Departamento de Museologia e Conservação e Restauro do ICH da UFPel.

    O link de acesso a seção: https://webconf.ufpel.edu.br/b/kar-xg4-932

    Prof. Javier Bueno Vargas é Doutor em Bellas Artes, Licenciado em Bellas Artes com especialização em Restauración de Pintura e Restauración de Escultura e Licenciado em Historia del Arte, pela Universidad de Granada. Desde 2005 é docente e pesquisador da Faculdade de Bellas Artes da Universidad de Sevilla, sendo Professor Titular do Curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais. É coordenador do Mestrado em Conservación de Bienes Culturales da mesma universidade. Tem experiência profissional desde1992 na inciativa privada na área da conservarão e restauração de obras de arte, participando de projetos de intervenção, documentação e tratamento de bens culturais móveis de distintas tipologias: retábulos, pintura, escultura e documentos. Trabalhou como conservador-restaurador para a iniciativa privada e para a administração pública em arquivos, museus, escavações arqueológicas, instituições e fundações públicas e privadas, assim como em catedrais, igrejas, monastérios, conventos e irmandades católicas.

  • Abertas as inscrições para comunicações no Seminário da SEMANA DOS MUSEUS DA UFPel 2021

    Estão abertas, até 3 de maio de 2021, as inscrições para comunicações no SEMINÁRIO SEMANA DOS MUSEUS DA UFPEL, evento participante da 19a Semana Nacional de Museus – O futuro dos museus: recuperar e reimaginar, promovido pela Rede de Museus da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREC) entre os dias 18 e 21 de maio.

    Serão aceitas comunicações que discutem temas relacionados aos museus, acervos e projetos museológicos.

    Acesse o Edital da Semana dos Museus da UFPel 2021

  • Bolsas de Extensão 2021

    A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura torna público que estão disponíveis os Editais referentes ao Programa de Bolsas Acadêmicas (PBA), modalidade Iniciação a Extensão.

    Podem concorrer: Projetos com ênfase em extensão devidamente cadastrados e tramitados no sistema Projetos Unificados – Cobalto.

    Será permitido o solicitante inscrever-se às duas modalidades (Ampla Concorrência e Ações Afirmativas) com projetos distintos.

    As inscrições estarão abertas no período de 16/03/2021 a 18/04/2021, através do sistema COBALTO, no menu Bolsas -> Cadastros -> Solicitação.

     

    Acesse os Editais nos links abaixo:

    Edital 02/2021 – Ampla Concorrência

    Edital 03/2021 – Ações Afirmativas

    Dúvidas ou informações serão atendidas através do e-mail: bolsas.extensao@ufpel.edu.br

  • Rede de Museus da UFPel convida comunidade acadêmica para participar de consulta pública sobre nova definição de museu

    Para contribuir na busca por uma nova definição de museu, a Rede de Museus da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) convida a comunidade acadêmica para participar da consulta pública do Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus (ICOM Brasil), disponível em bit.ly/3e7SuRz.

    O objetivo da pesquisa, que é aberta a todos, é obter conceitos e palavras-chave que ajudarão na redação de um novo texto para a definição de museu a ser adotado no Estatuto do ICOM a partir do ano de 2022.

    A consulta está sendo realizada por meio de dois formulários on-line: um para respostas individuais (envios até 11 de março), e outro para grupos (envios até 18 de março).

    Discussão da definição pela Rede de Museus

    No próximo dia 08, às 14h, o Conselho Consultivo da Rede de Museus da UFPel se reunirá virtualmente para debater sua contribuição para a construção de uma nova definição de museu.

    Atual definição de museu e sua atualização

    Na atual definição do ICOM, em vigor desde 2007, museu “é uma instituição permanente sem fins lucrativos, ao serviço da sociedade e do seu desenvolvimento, aberta ao público, que adquire, conserva, investiga, comunica e expõe o patrimônio material e imaterial da humanidade e do seu meio envolvente com fins de educação, estudo e deleite.”

    A necessidade de atualizar a definição, para fazer frente aos novos desafios do mundo contemporâneo, foi levantada em 2016, durante a 24ª Conferência Geral do ICOM, realizada em Milão, na Itália.

    Entre 2016 e 2019, oficinas e encontros para discutir a questão foram promovidos em todo o mundo pelo comitê MDPP (Standing Committee for Museum Definition, Prospects and Potentials), instituído na conferência de Milão.

    No ano de 2019, na 25ª Conferência Geral do ICOM, em Kyoto, no Japão, uma proposta de definição foi submetida a votação. No fim, a partir de uma ampla discussão, foi decidido prorrogar os debates sobre o tema.

    Em 2020, foi constituído o grupo de trabalho ICOM Define, que desenvolveu uma metodologia de trabalho — baseada em 4 rodadas de consultas, divididas em 11 etapas, com duração de 18 meses, de dezembro de 2020 a maio de 2022 — para redação da proposta de definição de museu a ser submetida a votação na 26ª Conferência Geral de 2022, em Praga, na República Tcheca.

  • Revista Expressa Extensão abre chamada para submissão de textos

    A Revista Expressa Extensão, periódico da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas, está com chamada aberta para o v. 26, n.3 de 2021, com a temática “Ações Afirmativas: aproximações e oportunidades”

    A submissão dos trabalhos deve ser realizada na página da revista até o dia 02 de maio de 2021.

    Convidamos todos a participar das submissões, além de divulgar e compartilhar aos possíveis interessados(as).

  • Projeto de Extensão Bailar: Núcleo de Dança na Maturidade representará a UFPEL no Fórum Social Mundial da Pessoa Idosa.

    O Projeto de Extensão Bailar: Núcleo de Dança na Maturidade vai representar a UFPEL no Fórum Social Mundial da Pessoa Idosa, que ocorrerá de 25 a 29 de janeiro de 2021. Em razão da Pandemia do Coronavírus, o evento será transmitido virtualmente.

    As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do link: https://www.even3.com.br/fsm2021.

    O projeto extensionista coordenado pela Prof.ª Daniela Castro contará com duas apresentações durante o evento, uma oficina e uma palestra proferida pela coordenadora. Ambas serão realizadas no dia 27.

  • Agenda PREC 17-20

    Já está disponível no Repositório Institucional da UFPel a Agenda PREC 17-20 com um registro das principais ações desenvolvidas na Extensão e Cultura a partir desta Pró-Reitoria no período 2017-2020.

    A agenda é divida em volumes que reúnem as ações referentes aos eixos administração da extensão, cultura, extensão e sociedade e patrimônio cultural pelos quais se desenvolveu a proposta de gestão no período.

    Dada a excepcional situação vivida em 2020, o terceiro volume dedica-se ao registro das atividades promovidas e coordenadas pela PREC durante a pandemia de Covid-19 no site Tão Longe Tão Perto.”

    Clique nas capas para acessar os volumes:

  • ARTE DE RUA NOS MUROS DA UFPEL

    Está disponível no Repositório Institucional da UFPel, o Catálogo Fotográfico do Festival Meeting of Styles, com fotografias de Alex Racor, Alvaro Pouey de Oliveira Filho e Katia Helena Rodrigues Dias.

    O catálogo apresenta os 26 artistas, de seis países, incluindo o Brasil, que em 2019, cobriram os muros que separam a área do Campus Anglo da Comunidade da Balsa com grafites exemplares dos seus estilos, bem como apresenta a obra de cada um concluída. Com esse registro fotográfico, disponibilizado na forma de um catálogo, faz-se mais permanente o grande evento que ocupou a superfície branca e indiferente dos muros do Campus Anglo, com muitos discursos, feitos por sprays de cores e formas.

    No texto da produtora cultural Paula Stuczinski há uma frase que diz respeito ao espírito que tornou possível as edições desse Festival no Brasil: “O afeto nos faz fechar as parcerias com outras mentes e corações de patrocinadores e apoiadores que acreditam nesta ideia. Temos força para resistir porque ninguém solta a mão de ninguém.”. Por dois anos consecutivos, a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura esteve neste círculo de força e afeto e trouxe para o espaço da UFPel a resistência criativa e livre de uma arte democrática e livre. O que esse catálogo registra, por fim, é a crença que a extensão universitária teve, como apoiadora, nas pessoas que fazem esse Festival existir.

  • CONEXÃO, EXTENSÃO E SUPERAÇÃO

    Está disponível, no Repositório Institucional da UFPel, o livro “Conexões para um tempo suspenso: Extensão universitária na pandemia”.

    Os capítulos são oriundos das submissões apresentadas no Edital 05/2020, decorrente da parceria entre a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e da Editora da UFPel. O livro reúne 40 capítulos, escritos por 190 autores e enviados a mais de 80 avaliadores convidados. Todos os textos são decorrentes de resultados das ações extensionistas desenvolvidas no período de março a julho de 2020, na Universidade Federal de Pelotas e relacionadas ao tema que se insere em um dos maiores desafios mundiais da atualidade, a pandemia de Covid-19. Portanto, o livro é um documento que relata como ações foram propostas ou adaptadas aos meios disponíveis para operar, através da extensão, questões próprias do momento ou manter projetos ativos empregando os recursos possíveis.

    A palavra conexão foi empregada para definir o foco do livro, qual seja, a virtualidade substituta da presença física decorrente da necessidade de manter ativos os grupos, as equipes, o trabalho compartilhado e a aproximação em um tempo no qual, em decorrência do isolamento social, vários elos, de diferentes ordens, foram ameaçados. Assim, os grupos de extensionistas buscaram soluções alternativas em um movimento de superação da improbabilidade.

    Dessa maneira, além do óbvio cumprimento de meta que se estabelece na publicação, o livro contempla a perspectiva de vir a ser uma fonte para que o futuro possa saber o que aqueles que atuaram em extensão no ano da pandemia viveram e de que forma isso ocorreu.

    Acesse o livro clicando aqui.