Início do conteúdo
O que você procura?
    Todas Notícias
  • Atualização: Guia de Integralização da Extensão e Diretrizes para elaboração do Projeto Pedagógico de Curso

    A Comissão de Curricularização – PREC/PRE informa que foram atualizados os documentos Guia de Integralização da Extensão e Diretrizes para elaboração do Projeto Pedagógico de Curso.

    As contribuições dos coordenadores dos cursos de graduação da UFPEL, feitas durante o Seminário de Apresentação do Guia, suscitaram novas reflexões para a comissão e, consequentemente, a qualificação dos documentos citados.

    Acesse o Guia de Integralização da Extensão.

    Acesse as Diretrizes para elaboração do Projeto Pedagógico de curso, com indicações das páginas atualizadas.

  • UNAPI convida para oficina: Organize suas finanças com o auxílio de planilhas eletrônicas

    A Universidade Aberta Para Idosos da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPel convida para oficina: Organize suas finanças com o auxílio de planilhas eletrônicas.

    Ministrante: Mateus Mota
    Data: 10 de julho de 2019.
    Horário: das 14h às 16h
    Local: Campus Anglo, sala 301 – Rua Gomes Carneiro, 01.

    Inscrições: a partir de 1º de julho, pelo telefone 3284-3992, das 09h às 12h.

    Os 10 primeiros inscritos serão selecionados.

  • O Estande 50 anos da UFPel na Fenadoce

    Nos 19 dias em que a UFPel esteve presente na Fenadoce, o estande, localizado no tapete vermelho, ao lado da entrada do Espaço Arte do Doce, foi um ponto de divulgação da Universidade, no qual muitas coisas aconteceram. Aconteceram fora do estande e nele, marcando a presença da comunidade universitária em muitas ocasiões e sob diferentes modos.

    Vale lembrar que esta presença foi decorrência de uma demanda feita diretamente ao reitor, e atendida, por designação deste, pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura. A incumbência foi correta, porque é esta a dimensão que cuida para que a universidade estabeleça diálogos com a sociedade. O diálogo, nesta vez, consumou-se na forma de uma cooperação, que se deu pela troca do espaço e das condições para nele operar por ações que desempenhamos através de professores e alunos. Na cooperação, ambos os lados ganham: ganhamos um espaço em lugar de destaque na Feira, mobiliado, identificado e munido das condições de funcionamento necessárias; ganhamos, também, outros espaços para desenvolver as atividades que nos tinham sido pedidas; e ganhamos o que será indicado pelos números que se seguem, com a oportunidade de celebrar meio século de existência demonstrando que somos capazes de fazer muito, em muitas áreas, com muita energia e criatividade. O que nos foi demandado e atendemos também foi um imenso ganho para o objetivo que nos levou a estar na Fenadoce.

    (mais…)

  • Saneamento Básico será pauta da próxima reunião do Fórum Social

    Ocorre nesta quinta-feira, mais um encontro do Fórum Social da UFPel.

    Data: 27 de Junho, às 18h.
    Local: Clube Xavante, Rua Raul Pompeia, 621.

    O Fórum Social é um espaço de natureza participativa, que tem por finalidade representar a comunidade civil organizada perante à UFPel, visando que a instituição possa acompanhar, assessorar e a propor, junto com as entidades, ações que contribuam para a melhoria da realidade social e para o pleno exercício da cidadania no âmbito da nossa região.

    Programação:
    18h – Abertura, apresentação da pauta, dos participantes e informes gerais;
    18h 30min – Palestra – “Saneamento Básico, Educação Ambiental e Qualidade de Vida” – Engenheiras Ambientais e Sanitáristas Ana Luiza Dall’ Agnol e Carolina Gonçalves;
    20h – Encerramento.

    Sua presença em muito contribuirá para que a reunião atinja o impacto social que auspiciamos.
    E-mail: forumdeextensaoecultura@gmail.com
    Site: https://wp.ufpel.edu.br/forumdeextensaoecultura

  • UFPel na 47ª Feira do Livro de Pelotas

    Henrique Pires (Secretário Especial da Cultura), André de Souza (Presidente da Câmera do Livro de Pelotas), Theia Bender (Organizadora da Feira do Livro de Pelotas) e Fernando Igansi (Coordenador de Arte e Inclusão da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura) estiveram juntos na Fenadoce, nessa última quinta-feira, 20 de junho de 2019, para tratar da 47ª edição da Feira do Livro de Pelotas, prevista para realizar-se no período de 30 de outubro a 17 de novembro de 2019.

    A PREC | UFPel, dando continuidade as parcerias estabelecidas com a Câmera do Livro de Pelotas desde 2017, registrou que as comemorações dos 50 anos da UFPelestarão contempladas nessa edição de 2019, em diálogo com a Presidência da Câmara do Livro e sua organização, através do tema: 47ª Feira do Livro : doces sabores e saberes escrevendo nossa história : UFPel 50. Sugeridos pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, as propostas para Patrono(a), Homenageado(a) e Orador(a) foram também bem aceitas pelo Secretário e, em breve, após aprovação pela Câmara do Livro de Pelotas, seus nomes serão conhecidos pela comunidade.

    (mais…)

  • Filme revela detalhes da tradição doceira de Pelotas

    O longa-metragem que serviu de defesa para o processo do tombamento do conjunto histórico de Pelotas e do reconhecimento nacional da tradição doceira como patrimônio imaterial foi apresentado em primeira mão ao público na Fenadoce 2019. O filme foi trazido pelo Arquiteto Andrey Rosenthal Schlee, professor Titular da Universidade de Brasília e Diretor do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização do Iphan, que realizou a palestra na feira dia 21 de junho.

    O vídeo, em forma de documentário, foi o material apresentado ao Conselho Consultivo do Iphan, no processo de analise. Com 1h11min de duração, o trabalho remonta fatos marcantes da história da cidade e ouve pessoas importantes da trajetória doceira.

    Acesse o filme completo.

  • Linha do tempo da produção doceira em Pelotas é tema de palestra na Fenadoce 2019

    Qual o momento em que a cultura do doce transformou-se em tradição na cidade de Pelotas? Esta foi a pergunta norteadora da palestra realizada no auditório 1 do Centro de Eventos da Fenadoce nesta quarta-feira (19). A atividade foi ministrada pela docente do curso de Museologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Nóris Leal.

    A ideia do projeto surgiu durante o desenvolvimento de sua tese do Doutorado em Memória Social e Patrimônio Cultural pela UFPel, focada na construção do Museu do Doce. Nóris conta que ao longo do desenvolvimento do assunto, diversas questões surgiram, incluindo as razões da tradição pelotense. “Senti necessidade de começar a estudar a questão de como o doce se posiciona na tradição, de onde vem, como Pelotas tornou-se capital Nacional do Doce”, comenta. O início de tudo foi com a chegada dos portugueses ao Brasil, trazendo a cultura e costumes. Assim, quando Pelotas desenvolveu-se, os doces e açúcares já estavam consagrados no Brasil. Nóris explica que os primeiros visitantes do município, em 1820, não citam doces, mas sim pomares: todas as frutas como pêssego e laranja, já transformadas em doce. “Deste relato, é um sinal de que nas cozinhas já eram fabricados doces, e como se desenvolve o doce passando pelos grandes jantares, início das confeitarias na cidade e a questão de sociabilidade”, afirma.

    (mais…)

  • Palestras com o pesquisador Edward Perez

    A Rede de Museus e o MALG convida para palestras com Edward Perez, pesquisador venezuelano atualmente radicado no Canadá, que abordará o papel mutável e complexo dos museus como eixos integradores da esfera coletiva. Doutor em arquitetura, Edward Perez propõe em sua tese um novo modelo de museu que se desdobra no espaço público, um museu que é visto como uma caixa aberta, como um espaço distendido e onipresente, como local de ruptura e dissolução, espontâneo, dialógico, alterável, contaminável e aberto para trocas.

    Clique na imagem abaixo para realizar a inscrição.