Semana do Folclore 2019

O Núcleo de Folclore (NUFOLK) da UFPel realiza todos os anos uma semana em comemoração ao dia do folclore brasileiro (22 de agosto), com diversas atividades. Veja mais no site do NUFOLK.

Inscrições para o 5º SIIEPE UFPel 2019

Estão abertas as inscrições para o 5º Seminário Integrado de Inovação, Ensino, Pesquisa e Extensão (SIIEPE) da UFPel. O evento acontecerá de 21 a 25 de outubro de 2019, no Campus Capão do Leão. O prazo para  as inscrições é de 12 de agosto a 15 de setembro e podem ser feitas neste link.

Participação do OMEGA no evento Pedagogia Do Imaginário

De 5 a 7 de agosto o OMEGA participou do II COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE IMAGINÁRIO, EDUCAÇÃO E (AUTO) BIOGRAFIAS; VI COLÓQUIO SOBRE IMAGINÁRIO E EDUCAÇÃO; I ENCONTRO REGIONAL DA BIOGRAPH SUL: PEDAGOGIA DO IMAGINÁRIO – MATRIZES ONÍRICAS DE UMA ESCOLA VIVA!, que aconteceu na UFPel, onde esteve presente em atividades como:

  • Homenagem à professora e coreógrafa Berê Fuhro Souto (in memoriam), através da atividade “Espaços (auto) biográficos – Diálogos interativos sobre a história de vida de pessoas que marcaram a formação de outras, seja na escola ou fora dela” e da atividade “Jam Berenística”, que reuniu os participantes do evento, ex-alunos, familiares e admiradores da coreógrafa. Nessa atividade envolveram-se os integrantes do OMEGA: Carmen Anita Hoffmann, Miriam Guimarães, Débora Allemand e Josiane Franken Corrêa;
  • Conversações sobre pesquisas, onde o Prof. Dr. Thiago Amorim apresentou o trabalho  “Partilha de reflexões inacabadas  a pesquisa em arte como extensão de si… e vice- versa – por que é possível produzir ciência em primeira pessoa”;
  • Mediação nas salas de apresentação dos trabalhos científicos;
  • Participação no Espaço cultural com a apresentação do trabalho artístico “Quando você me toca”, dirigido pela Profª Drª Maria Falkembach, do Núcleo de Dança-Teatro (Tatá) Centro de Artes – UFPel;
  • Apresentação de trabalhos científicos desenvolvido por pesquisadores do grupo.

Coordenação do evento: Lúcia Maria Vaz Peres (FAE;UFPel) e Andrisa Kemel Zanella (CEARTE/UFPel) – Líder e vice-líder do GEPIEM

Promoção: GEPIEM (Grupo de estudos e Pesquisas sobre Imaginário, Educação e Memória)

Co-promoção: BIOGRAPH (Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfi ca); TOPOS/IFSul; GEPEIS/UFSM ( Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Imaginário Social); OMEGA/UFPel (Observatório de Memória, Educação, Gesto e Arte); HISALES (História da Alfabetização, Leitura, Escrita e dos Livros Escolares)

Reunião ABRACE 2019

A Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas, informa que estão abertas as inscrições para a X Reunião Científica da que ocorrerá de 30 de setembro a 04 de outubro de 2019. As inscrições podem ser realizadas na plataforma EVEN3.

Destaca-se que há descontos para inscrições antecipadas.

Limite de inscrições para o evento “Pedagogia do Imaginário: Matrizes Oníricas de uma Escola Viva” encerra hoje!

A UFPel realizará, de 5 a 7 de agosto, o 2º Colóquio Internacional sobre Imaginário, Educação e (Auto)Biografias, o 6º Colóquio sobre Imaginário e Educação e o 1º Encontro Regional da Biograph Sul, com o tema Pedagogia do Imaginário, Matrizes Oníricas de uma Escola Viva.

As inscrições encerram-se hoje (10).

Acompanhe aqui a programação!

NÃO PERCA!!

CONVOCATÓRIA PARA FACILITADORES DE OFICINAS NO SUL CONTATO 2019

Sul em Contato é um Festival de Contato Improvisação que acontece há 10 anos em Porto Alegre. Neste ano de comemoração ele acontecerá de 05 a 10 de novembro de 2019 no Centro Cultural da UFRGS (Campus Central). A programação será composta por atividades daqueles selecionados que enviarem a sua proposta pela ficha de inscrição até o prazo 31 de julho. Contemplaremos o máximo de propostas possível respeitando o interesse nas práticas com princípios do CI e no tema do Sul em Contato 2019 que é #CIntersecçõespossíveis.

Contato Improvisação # Intersecções possíveis se inspira nas inter relações entre esta forma de movimento com outros campos de interesse. Diálogos, convergências, fricções, desafios, urgências…  Alguns exemplos de intersecções com CI: dança contemporânea, teatro, tango, capoeira, política corporal, justiça social e racial, comunidade, pesquisa, formação acadêmica, gênero e identidade, performance, estética, coreografia,  literatura, artes marciais, meditação, artes visuais, cinema/vídeo, outras práticas de movimento de improvisação, acessibilidade, inclusão, diversos corpos dançantes, prática espiritual, prática somática, férias, terapia, terapias manuais, economia etc.

Os custos do festival serão pagos com a contribuição consciente dos participantes. Desta forma não sabemos o que cada envolvido receberá, nem a produção nem os facilitadores das atividades. Portanto o espírito desta edição envolve o comprometimento do coletivo na valorização do conhecimento compartilhado. Qual o valor da arte, do estudo, da prática ao longo do tempo, do tempo e trabalho dedicado na produção cultural? Você age em reciprocidade? Ao final compartilharemos a quantia arrecadada e o rateio de acordo com o trabalho realizado.

 

Chamada para Dossiê “As Contribuições dos Estudos Sobre a Cultura Popular para a Formação e Atuação Profissional em Educação Física e Dança”

Em comemoração aos 80 anos da EEFD, a Revista Arquivos em Movimento se propõe a organizar esse dossiê temático que aborda a presença da cultura popular (abrangendo o folclore como conceito correlato) como componente curricular dos cursos de graduação (em destaque do campo da Educação Física e Dança), assim como sua presença na intervenção profissional dos egressos desses campos em diversas frentes de atuação. Nesta trajetória, a própria EEFD apresenta-se como um exemplo de interação dos campos, onde importantes mulheres, presentes desde seu primeiro corpo docente, ajudaram a solidificar a presença das expressões artísticas da dança, em especial das danças populares, na formação universitária de professores de educação física. Com certeza, essa história se ramificou e se capilarizou nos espaços das escolas e demais espaços de ação dos professores.

Assim, compreendendo a importância deste debate, entendendo que, diante dos avanços das reflexões sobre a interação das pesquisas que com frequência se associam às ações de extensão, que, por sua vez, passam a nutrir os programas de ensino em um moto contínuo, realizamos essa chamada para a publicação de artigos científicos que abordem o tema. Como ponto de partida, temos as contribuições da cultura popular para a formação universitária como tema central que pode abranger discussões em diferentes frentes: educação física e dança no sistema educacional , intervenções pedagógicas no campo do lazer e as propostas pedagógicas críticas; relações das universidades com comunidades tradicionais e mestres da cultura popular; relações inter e transdisciplinares da Educação Física e dança na perspectiva da cultura popular; contribuições das discussões sobre diversidade na perspectiva da educação física e Dança inclusivas; memória, cultura e Educação Física e Dança; práticas corporais da cultura popular Educação Física e Dança; políticas públicas e formação universitária.

Estes temas são caros ao debate e vem ao longo do tempo sendo fruto de rica produção científica, apontando para o campo o potencial da Educação Física e da Dança como espaço de reflexão e produção de conhecimento para além das áreas já tradicionalmente consolidadas. Desse modo, esta iniciativa tem como objetivo principal congregar pesquisadores que discutam questões no campo de estudos da Educação por diferentes abordagens teóricas e metodológicas. Assim, almejamos contribuir para a solidificação e fortalecimento deste campo, apontando formas de resistência através da ampla divulgação de ações e experiências.

Palavras-chave: Educação Física, Dança, Cultura popular, formação universitária, Atuação profissional.

CALENDÁRIO:

SUBMISSÕES: 10-08-2019

PRAZO PARA 1ª RODADA AVALIAÇÕES: 25-09-2019

PRAZO ENVIO 2ª VERSÃO POR AUTORES: 05-11-2019

AVALIAÇÃO FINAL E EDIÇÃO: até 10-12-2019

PUBLICAÇÃO: 20-12-2019

Para submissões e maiores informações, acesse o  link.

Pesquisadores OMEGA tem trabalho publicado em revista

Os pesquisadores e colaboradores do Grupo OMEGA, tiveram suas pesquisas aceitas e publicadas na Coleção Extensão e Sociedade, que no ano de 2019 está abordando a temática “Ações Extensionistas e o Diálogo com as Comunidades Contemporâneas”.

Deste modo, os pesquisadores Thiago Silva de Amorim Jesus, Carmen Anita Hoffmann e Débora Souto Allemand, publicaram seus trabalhos a fim de fomentar a amplitude de pesquisas sobre Dança, Cultura e Sociedade.

Para visualizar e acompanhar a coleção, clique no link.

 

Inscrições abertas VII Seminário INTERFACES 2019

As inscrições para os VII Seminário Interfaces Pedagógicas: Licenciaturas em Diálogo: Cidade Plural: Escolas, Convivências e Resistências estão a todo vapor.

Este ano o seminário irá ocorrer  nos dias 16, 17 e 18 de setembro no Cidec-Sul, Campus Carreiros da FURG na cidade do Rio Grande/RS.

A cada ano ratificamos o compromisso principal do Interfaces, que em seu principal objetivo evidenciar a produção do conhecimento de licenciandos, de professores, escolas públicas, pós-graduandos e demais educadores e estudantes da cidade e do campo. O seminário objetiva também promover o diálogo entre diferentes grupos sociais, proporcionando a troca de saberes e a interlocução entre universidade e as escolas, professores, crianças e jovens da cidade e do campo.

O processo formativo Interfaces Pedagógicas, pauta-se no diálogo e na escuta atenta ao outro. É um projeto aberto que se reconstrói a cada edição, cuja face é renovada pelos sujeitos que o produzem no coletivo. Nesse sentido, a VII edição do  Interfaces continua apostando nas Cirandas como espaço para socialização de pesquisas e experiências produzidas por professores, licenciandos, pós-graduandos e estudantes da educação básica, reafirmando seu compromisso de fortalecer a produção de conhecimento de diferentes esferas formativas.

Direcionado a estudantes de licenciaturas, pós-graduações, professores e estudantes da educação básica, educação popular formal e não formal e demais interessados no tema. 

As inscrições estão abertas e podem ser feitas até 30 de junho pelo site. Todos os trabalhos apresentados durante o seminário serão publicados em livro eletrônico em formato de capítulo de livro. 

Os valores de inscrições para todas as modalidades é no valor de R$25,00 e todos os participantes (autores/ouvintes) deverão efetuar o pagamento da taxa.

Informações sobre o processo de submissão de trabalhos, datas importantes, valores, modalidades de participação e convidados podem ser obtidas através do link ou ainda por e-mail.

 

NUFOLK abre novo edital para bolsistas de extensão

Em função da não aprovação de candidatos no processo seletivo para Bolsas de Extensão do Núcleo de Folclore da UFPel – NUFOLK, referente ao Edital 01-2019, o projeto está reabrindo a seleção por meio do Edital 02/2019.

São duas vagas, uma para o campo das artes populares/folclore e outra para o campo das tecnologias. As modalidades de bolsa disponíveis são AC – ampla concorrência e AF – ações afirmativas.

Podem se inscrever alunos dos seguintes cursos de graduação da UFPel = Cursos do Centro de Artes, Cursos do Centro de Letras e Comunicação, Cursos do Instituto de Ciências Humanas ou nos Cursos de Turismo ou Pedagogia.

O projeto NUFOLK tem por objetivo geral vivenciar, investigar, promover, descentralizar e difundir as manifestações populares e folclóricas, estimulando a tolerância às diferenças, o intercâmbio entre etnias e culturas, o desenvolvimento da autoestima cidadã e a noção de pertencimento coletivo, bem como a cooperação pela paz e o protagonismo dos coletivos culturais marginais e em situação de vulnerabilidade, de modo que se insere nos objetivos gerais estipulados no Programa de Bolsas de Iniciação à Extensão e Cultura – PBA /Extensão/PREC – Edital 05/2019 – PREC.

Para maiores informações e candidatura no processo, acesse o link.