Início do conteúdo
    Notícias
  • X Seminário de Pesquisa do Mestrado em Artes Visuais (10° SPMAV)

    X Seminário de Pesquisa do Mestrado em Artes Visuais (10° SPMAV), realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAVI), do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Este ano sob a temática “Sobre(vivências) estratégias poético-educativas e políticas em artes”, temos o intuito de propor conversas que sejam fundamentais para refletirmos sobre a dimensão política da arte e a potência de pesquisas poético-educativas para se pensar em caminhos e encruzilhadas que propiciem de alguma maneira outras perspectivas para analisar questões emergentes e basilares para reconstrução das estruturas que nos regem.

    Estamos com editais abertos para submissões de resumos, artigos e ensaios visuais, além do Festival Internacional de Videoarte (FIVA). Abaixo confira os links e saiba mais em nosso site.

    ◢ Edital Submissões e Edital FIVA ◣
    https://wp.ufpel.edu.br/spmav/editais-2/

  • Cronograma das Defesas de Dissertações do PPGAVI 2021

    DataDiscenteTítuloOrientadorHoraLocal
    26/03/21Isadora Cristina Bortolossi RodriguesCarta de Amor aos Fantasmas: Glitch, Web Arte e Vaporwave na construção de uma poética visual sobre relacionar-se à distância.Angela Raffin Pohlmann14:30Sala Virtual da UFPel – Sistema WebConf
    05/04/21Amanda Machado MadrugaCuradoria e Feminismos: processos de criação em exposições de arte contemporânea.Lauer Alves Nunes dos Santos10:00Sala Virtual da UFPel – Sistema WebConf
    28/04/21Caroline Ribeiro PazEntre as Palhas de Xapanã: sentidos e conexões para criação etno-performativaThiago Silva de Amorim Jesus14:00Sala Virtual da UFPel – Sistema WebConf
    21/05/21Jaciara JorgeComponente Curricular Arte: Percursos Formativos e Docência em Dança na EscolaCarmen Anita Hoffmann10:00Sala Virtual da UFPel – Sistema WebConf
    30/09/21Camila Porto BurguêzDark Pop: histórias não contadas sobre a maldadeFelipe Merker Castellani10:00Sala Virtual da UFPel – Sistema WebConf
  • Cátedra Nômada: onde estão as mulheres na arte e na cidade?

    CÁTEDRA NÔMADA
    ONDE ESTÃO AS MULHERES NA ARTE E NA CIDADE?
    Fricções entre arte + gênero + memória + cidades
    https://diversitas.fflch.usp.br/catedranomada

    Concepção e proposição: Profa. Dra. Lilian Amaral e Profa. Dra. Silvana Nascimento
    DIVERSITAS USP
    Encontros pelo Meet / Diversitas – Período: setembro-dezembro 2021

    A Cátedra Nômada “Onde estão as mulheres na arte e na cidade? – Fricções entre arte + gênero + memória + cidades” se propõe a realizar reflexões, debates, pesquisa e ações no campo da equidade de gênero na sua relação com as artes, os espaços urbanos, instituições e movimentos sociais. Será composta por série de encontros mensais, organizados de forma síncrona, distribuída, on line, entre grupos de pesquisa e coletivos de mulheres em contexto iberoamericano. O projeto tem como roteiro o debate de algumas questões que emergem do diálogo com o projeto intercontinental “Mulheres Transformam os Museus. Da Igualdade à Equidade, 2021 e orientam os diálogos propostos entre as participantes https://www.mujerescambianlosmuseos.com/.

     

    29/09 – 4ª. F | 9h30 às 12h30: Fricções interculturais: arte contemporânea, esfera pública, políticas da memória e gênero. Coletiva Portaldeigualdade / Manifiesto, Wam – Women Artist Museum, Projeto Mulheres Transformam Os Museus. Da Igualdade à Equidade e Inscrições: https://diversitas.fflch.usp.br/form/friccoes-interculturais-29
    Profa. Dra. Mau Monleón Pradas(Coletiva PortalDeIgualdad | Women Artist Museum – WAM e UPV Universitat Politécnica de Valência /Espanha), Amparo Zacarés (Universitat Jaume I), Celeste Garrido (artista multidisciplinar), (artista multidisciplinar), Bia Santos (Universitat de Zaragozza / Salven Cabanyal y ANIAV) e Profa. Dra. Lilian Amaral (Coletiva PortalDeIgualdad | Women Artist Museum – WAM e DIVERSITAS USP | módulo 1; Práticas artísticas, experimentações gráficas: narrativas em deslocamento

    Módulo 2
    Provocadora: Profa. Dra. Sandra Nunes: DIVERSITAS USP
    Outubro
    21/10 – 4ª. Feira | 9h30 às 12h30: Mulheres artistas, mulheres artivistas
    Inscrições: https://diversitas.fflch.usp.br/form/mulheres-artistas-21
    DIVERSITAS USP – Marta Baião (As Mal Amadas Cia de Teatro e Centro de Informação da Mulher), Adriana Paixão (As Capulanas Cia de Teatro Negro), Larissa Guedes (Diversitas USP) e Profa. Dra. Tatiana Ferraz ( MUnA – Museu Universitário de Arte – UFU), Maré de Matos (Diversitas USP) – módulo 1; Práticas artísticas, experimentações gráficas: narrativas em deslocamento –

    Módulo 2
    Provocadora: Silvana Nascimento: DIVERSITAS USP
    Novembro
    18 e 19/11 – 5ª. feira e 6ª. feira – Fórum Internacional São Paulo – DIVERSITAS USP – Fórum
    Brasil | São Paulo – MULHERES TRANSFORMAM OS MUSEUS. DA IGUALDADE À EQUIDADE.
    Universidade de São Paulo | DIVERSITAS USP, Universidade Complutense de Madrid (UCM),
    Universidade de Buenos Aires (UBA).
    24/11 – 4ª. Feira | 9h30 às 12h30: Arte, Gênero e Cidade – Onde estão as mulheres na arte e na
    cidade? – Baixo Ribeiro | Choque Cultural + Profa. Dra. Lilian Amaral | DIVERSITAS + Todas as
    Artistas Convidadas da Cátedra Nômada: Gráfica Urbana + Mapa + exposição. Roda de conversa
    com a participação de todas as artistas, pesquisadoras e coletivas participantes da Cátedra
    Nômade para discussão sobre a Intervenção Urbana a ser realizada em São Paulo em dezembro,
    assim como mostra virtual. As ações de arte urbana serão organizadas pela Galeria Choque
    Cultural com coordenação do DIVERSITAS USP
    Inscrição: https://diversitas.fflch.usp.br/webform/arte_genero_e_cidade_24

  • I SEMINÁRIO INTERNACIONAL FIVRS 2021

    2º Festival Internacional de Videodança do RS
    Canal do FIVRS no YouTube
    FIVRS – Festival Internacional de Videodança do RS
    FIVRS – FIVRS
    @fivrs.videodanca

    07 de setembro
    19h (Brasil) – Première de Song of Songs (2020, 20′), de Douglas Rosenberg, EUA
    Première Song of Songs (2020, 20′), de Douglas Rosenberg, Estados Unidos.

    19h30m (Brasil) – Sessão comentada de Song of Songs – com Douglas Rosenberg, mediação: Alexandra Dias (UFPel, Brasil)
    Sessão comentada de “Song of Songs” (2020, 20′), de Douglas Rosenberg, EUA

    8 de setembro
    Exibição da mostra Mostra “Festival Corporalidad Expandida” – durante todo o dia

    19h (Brasil) – Mesa Videodança Social – com Ladys Gonzalez e Wanda López Trelles (diretoras do Festival Corporalidad Expandida, Argentina),
    mediação: Thiago Amorim (UFPel, Brasil)
    Mesa Videodança Social

    A VIDEODANÇA SOCIAL é um meio de expressão que integra a exploração dos cinco sentidos identitários por meio da câmera. O processo criativo é único e múltiplo, sendo definido pelas corporalidades participantes em seu contexto. A videodança é um movimento artístico emergente que, ao combinar dança e audiovisual, estabelece uma nova relação, que possibilita novos significados e novos valores sociais: novas textualidades, dispositivos, produtoras / realizadoras, fazedoras, sem limites ou pertencimentos, em uma única e própria relação coletiva. Consideramos a coreografia como o estado atual do corpo. A dança como ação com intencionalidade, o vital acionado pela memória do corpo. A câmara como registo vivo cujo suporte nos permite salvaguardar o nosso próprio arquivo e património sensorial e imaterial, audiovisualmente. “Projecto Corporalidad Expandida”

    9 de setembro
    Exibição da mostra “Panorama IMARP de 2014 a 2020” – durante todo o dia

    19h (Brasil) – Mesa Videodança em Tempos de Pandemia – com Denise Matta (diretora do IMARP, Brasil) e Rebeca Recuero (UFPel, Brasil),
    mediação: Carminha Hoffmann (UFPel, Brasil)
    Mesa Videodança em Tempos de Pandemia

    A pandemia não apenas mudou nossas formas de relacionamento, de trabalho e de entretenimento, como também transformou nossos modos de pensar, de produzir e de manifestar a arte e, consequentemente, a videodança. Por meio dela, destrinchamos espaços para (sobre)viver, redescobrindo corpos, lugares, audiências e tempos que carregam uma poética múltipla e crítica, capaz de elevar nossas vozes (e danças) a um nível global e ubíquo. Assim, através da videodança neste contexto caótico, encontramos forças para significar, ser e estar no mundo, reescrevendo nossas histórias e difundindo a esperança de dias melhores. “Rebeca Recuero”

    10 de setembro
    15h (Brasil) – Mesa Curadoria em Videodança – com Ana Sedeño-Valdellos (UMA, Espanha) e Leonel Brum (UFC, Brasil), mediação: Rosângela Fachel (UFPel, Brasil)
    Mesa Curadoria em Videodança

    16h (Brasil) – Encerramento

    Pela falta de um campo específico de pesquisa ou de reflexão e por sua escassa análise no âmbito das pesquisas, a CURADORIA DE VIDEODANÇA situa-se em espaço de complexidades. Esta é uma desvantagem pela falta de embasamento teórico, mas vem acompanhada de maior liberdade no seu tratamento e abordagem teórica e prática. A tarefa da curadoria em videodança tem consequências na percepção do público sobre essas produções, assim como seu profissionalismo e rigor têm implicações no reconhecimento dessas práticas em vídeo, que em muitos casos são uma forma de expressão de coletivos artísticos e sociais minoritários. Ao mesmo tempo, a formação e a dedicação profissional para a curadoria em videodança conformam o perfil e a sensibilidade de cada agente. “Ana Sedeño-Valdellos”

    Em todas as transmissões será disponibilizado formulário de registro da presença para a emissão de atestados de participação por atividade ou referente ao seminário, quando com 75% de participação.

    COMISSÃO ORGANIZADORA
    Carmen Anita Hoffmann – UFPel
    Rosângela Fachel – UFPel
    Carlise Scalamato – UFSM
    Rebeca Recuero – UFPel
    Luana Arrieche Echevengua – UFPel
    Ana Carolina Tavares – UFPel
    Hamilton Bittencourt – UFPel

    REALIZAÇÃO
    Programa de Pós-graduação Mestrado em Artes Visuais – PPGAVI, e Curso de Dança da Universidade Federal de Pelotas – UFPel

    APOIADORES
    Fundação ECARTA
    Casa de Cultura Mário Quintana
    Instituto Estadual de Artes Cênicas – IEACEN
    Instituto Estadual de Artes Visuais – IEAVI
    Curso de Dança Licenciatura da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
    Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo – MALG
    Red Iberoamericana de Investigación en Narrativas Audiovisuales – Red INAV
    Laboratório de Ensino, Pesquisa e Produção em Antropologia da Imagem e do Som – LEPPAIS
    Proyecto Corporalidad Expandida
    IMARP – Mostra Internacional de Dança – Imagens em Movimento – Vídeo Dança