Início do conteúdo

NOTA DE REPÚDIO DA ESEF/UFPEL ÀS MUDANÇAS CURRICULARES DAS ESCOLAS ESTADUAIS DO RS

No dia 27 de novembro, o governo do Estado do Rio Grande do Sul (RS) publicou a Portaria nº 289/2019, da Secretaria de Educação que modifica “a organização curricular do ensino fundamental e do ensino médio nas escolas da Rede Estadual de Ensino”. Nesta portaria, a secretaria da educação modifica a quantidade de períodos obrigatórios de diversas áreas, especialmente da Educação Física (EF) que do 7º ao 9º ano será apenas 1 período de EF e no Ensino Médio (EM) terá apenas 1 período no 1º e 2º ano.
E, no 3º ano do EM não haverá NENHUM período de EF. Fica assim evidente que os prejuízos para a estudantes das escolas estaduais são enormes, pois diminuirá o acesso aos conhecimentos da cultura corporal e da realização de atividades físicas no seu percurso formativo. E, ainda, diminuirá o campo de trabalho de professores e professoras de EF na rede estadual enfraquecendo ainda mais esta área do conhecimento na formação escolar.
Por esta razão, os professores e as professoras da Escola Superior de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) manifestam seu repúdio às medidas adotadas pelo Governo Eduardo Leite (PSDB) que aprofunda a precarização da educação pública do Estado do RS e que vai na contramão dos estudos e pesquisas desenvolvidas na UFPel que demonstram a importância da Educação Física na qualidade da formação de crianças e jovens escolares

Publicado em 09/12/2019, em Sem categoria.