Início do conteúdo

Professor apresenta resultados do projeto “Quem luta não briga”

b11249a15ebe91e228353804f31ab301

 

Na última segunda-feira (17/12/13), o professor da rede municipal, mestre em Taekwondo e idealizador do projeto “Quem luta não briga”, Rossano Diniz, apresentou à vice-prefeita Paula Mascarenhas os resultados da iniciativa executada pela Secretaria de Educação e Desporto (Smed). A atividade também é realizada em parceria com a Escola Superior de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), por intermédio do professor Fabrício Del Vecchio.

O projeto proporciona a mais de 40 crianças, estrutura, conhecimento e preparação, objetivando o melhor desempenho em competições de alto nível. Atualmente, as atividades são executadas em seis escolas do município: Escola Municipal Ensino Fundamental (Emef) Ferreira Viana, Emef Mariana Eufrásia, Emef Raphael Brusque, Emef Almirante José Saldanha da Gama, Sagrado Coração de Jesus e Alfredo Simon.

Conforme Paula, o governo acredita em outras formas de inclusão que influenciam na educação. “Projetos como estes merecem toda a atenção, queremos que essa gurizada se interesse por coisas boas”, destacou a vice-prefeita.

De acordo com Diniz, os objetivos são a valorização do ser humano no seu contexto geral, a garantia dos diretos, o comprometimento com os deveres de cidadãos, e, principalmente, tirar crianças e adolescentes das ruas, trazendo-as para a escola, para que tenham uma ocupação e uma formação. Especificamente, a iniciativa busca, com a prática de artes marciais, que os jovens passem a ter autoconhecimento do seu potencial. Na apresentação, o professor destacou a pesquisa científica realizada pela ESEF comprovando que o projeto é socialmente relevante.

Nas aulas de Taekwondo, o aluno é estimulado a usar muita energia, sendo uma atividade anti-stress que contribui para que tenha o conhecimento da ética que envolve a arte marcial (Quem luta não briga), acabando por perceber que buscar dentro do esporte uma oportunidade é melhor do que o estímulo à violência.

Durante a apresentação, Diniz elencou melhorias para aprimorar o projeto, dentre elas está a aquisição de roupas para a prática cotidiana e competitiva do esporte, protetores eletrônicos e garantia de transporte para as competições fora da cidade.

A vice-prefeita irá viabilizar a compra dos protetores eletrônicos para a equipe, através da Smed. Paula também se colocou a disposição para tratar com empresários do Município algum tipo de patrocínio.

Estiveram presentes, o gerente de Esporte e Lazer da Secretaria de Educação e Desporto (Smed), Antônio Freitas e o assessor Especial do Programa Boa Escola para Todos, Sadi Sapper.

Fontehttp://www.pelotas.rs.gov.br/noticias/detalhe.php?controle=MjAxMy0xMi0xOA%3D%3D&codnoticia=35804#!prettyPhoto

Publicado em 19/12/2013, em Sem categoria.