Início do conteúdo

PROJETO BANCO DE TÊNIS

ok

Como é do conhecimento de muitos, há centenas de alunos nas escolas, os quais as famílias não possuem condições financeiras de ofertar vestuário para a prática de atividades físicas. Como futuros professores e conhecedores de tal realidade, sentimos a necessidade de promover práticas que oportunizem a estas crianças terem condições mínimas para se exercitarem, tanto na escola, como no dia-a-dia. A principal carência que nos deparamos é a falta de calçados, pois muitos alunos vão de chinelos para escola, mesmo em dias frios.

O grupo Programa de Educação Tutorial Diversidade e Tolerância – PET DT, juntamente com o Grupo de Estudos em Epidemiologia da Atividade Física e o Grupo de Estudos e Pesquisas em Treinamento Esportivo e Desempenho Físico da ESEF, fará levantamento das demandas nas escolas situadas em zonas de alta vulnerabilidade social, cadastrando estudantes carentes para participarem do banco de tênis. No cadastro constará o nome, sexo, idade e número que cada aluno calça.

Objetivo: Possibilitar que crianças e adolescentestenham um tênis.  Este tênis, além de proporcionar uma prática corporal com segurança e conforto, suprirá a carência quanto à falta de calçados para o dia-a-dia.

População atendida: Serão envolvidas, inicialmente, entre 5 e 10 escolas nos bairros Várzea, Areal (Dunas e Bom Jesus), Santa Terezinha e Getúlio Vargas.

Campanha: Será efetuada campanha de arrecadação de tênis (usados e novos) por redes sociais, com a colaboração de academias, lojas de suplementos e clubes sociais,como pontos de coleta. Haverá confecção de cartazes com logotipo que caracterize/identifique o projeto, divulgando a arrecadação e paraidentificar os pontos de coleta. Faremos campanhas em escolas particulares de ensino fundamental e médio, na UFPel, UCPel, Institutos Federais, Anhanguera e demais faculdades, conscientizando o maior número de estudantes da importância de se desfazerem do que já não usam com tanta freqüência para auxiliar os estudantes mais carentes.

Vale dizer que o projeto será contínuo, ficando como responsabilidade do PET DT buscar as doações nos postos de coleta pré-estabelecidos periodicamente; gerenciar o grupo nas redes sociais; distribuir as arrecadações de acordo com os cadastros dos alunos carentes e atualizar anualmente os cadastros junto às escolas.

Publicado em 04/11/2013, em Sem categoria.