Erosão do solo

No espaço “Erosão do solo” pode-se trabalhar com o aluno a questão da erosão do solo, enfatizando os diferentes usos do solo, a necessidade de cobertura vegetal sobre o solo e os danos que a erosão pode causar ao ambiente.

Para realizar esta atividade deve-se adquirir duas jardineiras de plástico, com aproximadamente 20 cm de largura x 50 cm de comprimento x 20 cm de altura. Em uma das pontas da jardineira deve-se fazer um furo na base, de aproximadamente 1 cm de diâmetro, onde deve-se colocar uma mangueira conectada a este furo. Dentro da jardineira coloca-se uma camada de brita (aproximadamente 5 cm) e acima dessa camada uma tela de plástico. Acima da tela deve-se colocar uma camada de solo ou areia (aproximadamente 15 cm). Em uma das jardineiras pode-se colocar palha sobre a camada de areia, enquanto a outra jardineira deve ficar descoberta. Após o preparo das jardineiras, deve-se colocar um apoio em uma das pontas das jardineiras para que elas tenham certa declividade, em seguida, deve-se despejar água com um regador em cima das jardineiras.

Nesta atividade deve-se observar a infiltração e a erosão do solo em função da presença e ausência de cobertura vegetal, bem como as fases do processo erosivo (impacto, desagregação, transporte e deposição).

Pode-se questionar o aluno sobre o que o solo deve ter para evitar a erosão do solo, como ocorre a erosão, os impactos ao ambiente da erosão, práticas de conservação do solo e da água para evitar a erosão.