Início do conteúdo

Museus da UFPel recebem o relatório do diagnóstico de acessibilidade

Após realizar, no fim de 2019, o diagnóstico das condições de acessibilidade para pessoas com deficiência nos museus, o projeto de extensão “Um museu para todos: Programas de Acessibilidade”, desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREC) e pela Rede de Museus da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), iniciou a apresentação dos relatórios com resultados dessas análises para as equipes das instituições participantes do projeto.

Os relatórios dos diagnósticos de acessibilidade já foram a apresentados, por meio de reuniões on-line, para dois dos cinco museus envolvidos no projeto “Um museu para todos”. No último dia 21, o Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo (MALG) foi a primeira instituição a ter seu relatório apresentado. Dois dias depois, foi a vez do Museu de Ciências Naturais Carlos Ritter. Os próximos a receberem seus relatórios serão o Museu do Doce (28/07), o Museu da Baronesa (30/07) e Memorial do Anglo (04/08).

A professora Desirée Nobre, do curso de Terapia Ocupacional da UFPel e coordenadora do projeto, diz que esses relatórios são importantes “porque apontam os pontos fortes e pontos fracos nas sete dimensões de acessibilidade, possibilitando uma melhor contextualização da situação atual das instituições”.  A partir dos resultados obtidos, o projeto vai oferecer ações de capacitação, instrumentalização e sensibilização para as equipes das instituições na pauta da acessibilidade cultural, para que em sua etapa final sejam desenvolvidos os Programas de Acessibilidade (conjunto de políticas institucionais voltadas a acessibilidade) destes museus.

Desde 2015, com sanção da Lei Brasileira de Inclusão (Estatuto da Pessoa com Deficiência), é obrigatório constar nos Planos Museológicos dos museus um Programa de Acessibilidade. Um Plano Museológico é, segundo o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), “um documento que define conceitualmente a missão, a visão, os valores e os objetivos da instituição, e alinha, por meio de um planejamento estruturado e coerente, seus programas, seus projetos e suas ações.”

Publicado em 24/07/2020, em Destaques, Notícias.