Início do conteúdo

Liberada a renovação e a consulta de projetos de Extensão na plataforma dos Projetos Unificados no Cobalto

Os últimos meses ficaram marcados pelos avanços obtidos com o desenvolvimento da plataforma dos projetos unificados no sistema Cobalto. Agora, os extensionistas da UFPel contam com um sistema cada vez mais completo e transparente.

Os esforços do trabalho em conjunto desenvolvido pela Comissão Interdisciplinar de Projetos (CIP) e pela Coordenação de Sistemas de Informação estão direcionados para que se efetive o pleno desenvolvimento do sistema o mais breve possível.

E os resultados têm sido surpreendentes. Em maio, foi disponibilizado o cadastro de programas de extensão, modalidade prevista pelo FORPROEX no documento Extensão Universitária: organização e sistematização e também pela Resolução nº 10/2015 da UFPel. Os programas articulam projetos aprovados integrando as suas ações, além de possibilitar um período mais amplo de registro.

Em julho, os coordenadores extensionistas passaram a solicitar as prorrogações dos seus projetos diretamente no Cobalto. O desenvolvimento desta ferramenta colaborou com a meta de utilização de apenas um sistema pelos usuários, além de tornar mais eficiente o controle do disposto no Art. 17 da Resolução nº 10/2015.

Em julho, tivemos mais uma grande conquista. Os relatórios das atividades de extensão desenvolvidas na universidade passaram a ser preenchidos e enviados via a plataforma dos projetos unificados. Os coordenadores passaram a utilizar menos o SEI, pois suas solicitações estão cada vez mais concentradas no Cobalto. Uma parte importantíssima desta ferramenta é a possibilidade de entrega do relatório parcial, viabilizando o acompanhamento das ações e o cumprimento dos artigos 19, 20 e 21 da Resolução nº 10/2015.

Agora a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREC), juntamente com a Pró-Reitoria de Gestão da Informação e Comunicação (PROGIC), informam dois novos avanços que consolidam o trabalho desenvolvido até então e trazem ainda mais vantagens nos pontos já mencionados.

A renovação dos projetos e programas de extensão já está disponível para os coordenadores através do Cobalto. Ou seja, nossos extensionistas podem solicitar que seus projetos sejam renovados pelo mesmo período no qual foram cadastrados em seu primeiro registro. Assim, diminuímos mais um procedimento via SEI, concentrando as demandas de todos os projetos no Cobalto, e possibilitamos o cumprimento de mais itens da Resolução nº 10/2015.

O outro avanço mencionado é a visualização dos projetos de extensão a toda comunidade universitária, diretamente no Cobalto. Docentes, técnicos e discentes possuem acesso ao que está sendo desenvolvido em Extensão na UFPel, basta entrar na plataforma dos projetos unificados, em cadastro para servidores e em consulta para os alunos, e selecionar todos os projetos. Esta ferramenta dá visibilidade e transparência aos nossos projetos, cumprindo com o princípio da publicidade dos processos.

A evolução no desenvolvimento do sistema só foi possível pela parceria estabelecida entre a PREC e a PROGIC. Parceria que permanecerá reunindo esforços para que, muito em breve, a plataforma dos projetos unificados esteja plenamente desenvolvida, reunindo todos os procedimentos em um único sistema e, mais ainda, cumprindo o seu propósito de unificar os projetos de Extensão, Ensino e Pesquisa da nossa universidade.

Publicado em 08/10/2018, em Destaques.