PROJETO AFINASUL

PROJETO AFINA SUL 2018/II – VAGAS LIMITADAS, POR ORDEM DE CHEGADA

 Leia este informativo atentamente. Mais informações pelo telefone 3222-2562 ou pessoalmente à Rua Félix da Cunha, 651.

 

MATRÍCULAS PARA O SEGUNDO SEMESTRE: dias 30 e 31 de julho, das 13h30 às 18h (alunos novos

Local: Secretaria do Conservatório de Música (Rua Félix da Cunha, 651).

Documentação necessária: cópia da certidão de nascimento ou RG, 01 foto 3×4 e pagamento da taxa de matrícula (primeira mensalidade).

Valores mensais: R$ 60,00 (aulas semanais somente de Práticas Interpretativas, para alunos ingressantes);

R$ 120,00 (aulas semanais de Práticas Interpretativas e Teoria e Percepção Musical, a partir do segundo semestre).

 HORÁRIO DAS AULAS

As aulas de Teoria e Percepção Musical ocorrerão nas terças (TPM I-A), quartas (TPM II) e quintas (TPM I-B) das 19h às 20h40. Os horários das turmas de Práticas Interpretativas serão definidos na semana anterior ao início das aulas, conforme o cronograma abaixo:

 VAGAS PARA 2018/II

Guitarra: 09 VAGAS

Saxofone: 04 VAGAS

Flauta transversal: 06 VAGAS

Trompete: 05 VAGAS

Violino: 11 VAGAS

Violão: 14 VAGAS

 Inicio das aulas: 27 de agosto (segunda-feira) | Último dia letivo: 14 de dezembro (sexta-feira)

 REMATRÍCULAS: dias 18 e 19 de dezembro, das 13h30 às 18h. (o aluno regular que não fizer sua rematrícula dentro deste período perderá automaticamente sua vaga, podendo tentar nova vaga no período de matrículas).

  FUNCIONAMENTO DAS AULAS

     Serão ministrados 16 encontros em cada disciplina ao longo do semestre.

Práticas Interpretativas (turmas de canto, flauta transversal, violino, violão, guitarra, trompete e saxofone): aulas semanais com duração de 1h em turmas de 2 a 3 alunos. O programa a ser desenvolvido é definido por cada professor de acordo com o nível de seus alunos. O aluno ingressante deverá matricular-se exclusivamente nas aulas de Práticas Interpretativas, pagando uma taxa mensal de R$ 60,00.

Teoria e Percepção Musical: aulas semanais coletivas, com duração de 1h40min. Programa distribuído em dois semestres. Para o bom aproveitamento dessas aulas é necessário ter experiência prévia no instrumento escolhido ou HAVER OBTIDO APROVAÇÃO em no mínimo um semestre de aulas de instrumento dentro do projeto. Somente alunos que comprovem experiência prévia no instrumento escolhido poderão fazer também a matrícula em Teoria e Percepção I já no primeiro semestre.

 FREQUÊNCIA

O aluno será considerado reprovado por infrequência se tiver faltado a mais de 4 encontros no semestre. A vaga do aluno infrequente será imediatamente preenchida pelo próximo aluno da lista de espera assim que a infrequência for constatada.

AVALIAÇÃO

Em ambas as disciplinas (Teoria e Percepção Musical e Práticas Interpretativas) serão realizadas duas provas com peso 10, uma na metade do semestre (para que o professor verifique o rendimento até este ponto e dê orientações para a continuação do trabalho) e outra no final (para verificação do rendimento geral no semestre). A média final de cada aluno será calculada com base nas pontuações atingidas em cada disciplina (Teoria e Percepção e Práticas Interpretativas). O não comparecimento às provas importará na atribuição de nota 0 (zero). Alunos com média semestral igual ou superior a 7,0 (sete) e mínimo de 75% de presença serão aprovados, podendo solicitar certificado de participação junto à secretaria ao final do ano.

O aluno que for reprovado nas aulas práticas ou teóricas por DOIS SEMESTRES SEGUIDOS (por infrequência ou por ter obtido média semestral inferior a 7,0) ficará impossibilitado de realizar nova matrícula no semestre seguinte. ALUNOS BOLSISTAS que forem reprovados UMA VEZ, por infrequência ou por média semestral insuficiente, perderão automaticamente o direito à bolsa de estudos, a qual será concedida a outro aluno que a necessite.

MENSALIDADES NÃO PAGAS

O aluno que não pagar sua mensalidade por dois meses seguidos perderá automaticamente sua vaga, liberando-a para o próximo na lista de espera, visto que é insustentável manter o bom funcionamento do projeto se houverem alunos em dívida.

BOLSAS DE ESTUDO

Estudantes de baixa renda que estejam regularmente matriculados em escolas públicas poderão ficar isentos do pagamento. Em todos os semestres são distribuídas bolsas de estudo para até 25% do total de inscritos, mediante seleção realizada com base na análise dos documentos apresentados. Todo aluno bolsista que estiver frequente e que tenha obtido rendimento semestral igual ou superior a 7,0 terá sua bolsa automaticamente renovada para o semestre seguinte.

Documentos Necessários para a requisição de bolsa de estudo:

– Atestado de matrícula em escola pública para o semestre desejado;
– Comprovante de renda mensal dos pais ou responsáveis (ou do próprio requerente)*;
– Carta legível (se possível impressa) para requisição da bolsa contendo justificativa que exponha os motivos e necessidades.

*São aceitos os três últimos demonstrativos de pagamento (contracheques) ou a Declaração de Imposto de Renda do ano vigente.

COORDENADOR: PROF. GUILHERME CAMPELO TAVARES

APOIO: ASSAMCON – Associação Amigos do Conservatório de Música

Publicado em Notícias | Comentários desativados em PROJETO AFINASUL

RECITAL CANTARES COM SOPRANO E BARÍTONO

A ASSAMCON, Associação Amigos do Conservatório de Música, promove no dia 31 de julho de 2018 às 19h 30min o Recital Cantares, dentro das comemorações dos 100 anos do Conservatório de Música da UFPel.

Entrada Franca.

O “Recital Cantares” surge do duo Cantares entre a soprano Daniela Moreira e o barítono Marcelo Mendonça Schuch, em conjunto com o pianista Patrick Menuzzi. No repertório teremos solos e duetos para canto e piano de música de concerto, contendo canções brasileiras, canções alemãs (lieder) e árias de ópera.

Para a entrada sugerimos a doação dos seguintes alimentos: arroz, feijão, massa ou óleo, que serão doados para a AMIGA – Associação Amigos do Caminho.

 

 

Publicado em Notícias | Comentários desativados em RECITAL CANTARES COM SOPRANO E BARÍTONO

Oficina Musical – DUO SCOFANO E MINETTI

Oficina Musical. Terça-feira, 24 de julho às 19 horas, Salão Milton de Lemos, Conservatório de Música
da UFPel, Rua Félix da Cunha, 651 – Centro, Pelotas – RS, Inscrições: ochobajos@gmail.com
O Duo Scofano/Minetti percorre a linha tênue entre o clássico, folclórico, e popular, apresentando um refinado repertório de chamamés e tangos. A identidade e beleza do Duo resultam da fusão de duas personalidades musicais diversas. As raízes de Scofano estão em Corrientes, Argentina, mas ele é fortemente influenciado pela música clássica e pela música brasileira. Minetti nasceu no Uruguai, viveu na Argentina e cresceu no Brasil, absorvendo também ricas tradições musicais que vão do popular ao clássico. Com profundo lirismo e rítmica contagiante, o Duo se destaca pela originalidade de suas composições e interpretações.

Dr. José Antonio López da Universidade de Puerto Rico comenta sobre o Duo, “Frente ao talento de Scofano sentimos que estamos vivendo uma experiência pura, um tango de veias abertas […] Por outro lado, Minetti é um pianista de concerto que transita com muita facilidade o complexo caminho interpretativo do tango. Além disso, como antropólogo, disserta de forma brilhante sobre a sociologia do tango e suas complexidades técnicas”.
O Duo reside nos Estados Unidos. A turnê 2018 de Brasil, produzida por Confraria Musical Produções de Rio de Janeiro, inclui teatros como: Teatro Municipal de Rio Grande – RS (27 de julho), Santander Cultural em Porto Alegre – RS (28 de julho), o Centro Cultural 25 de Julho em Erechim – RS (29 de julho) e também teatros em Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. O concerto “Estaciones: Duo Scofano/Minetti” é na quinta-feira, 26 de julho às 20 horas na Bibliotheca Pública Pelotense (Praça Cel. Pedro Osório,103, Pelotas – RS). Os ingressos são R$ 40 e R$ 20 para estudantes.
O público pode comprar ingressos antecipados na loja Mil Sons Instrumentos Musicais (Rua XV de Novembro, 545 – Centro, Pelotas – RS).

O Duo oferecerá uma oficina musical para alunos universitários e o público em geral na terça-feira, 24 de julho às 19 horas no Salão Milton de Lemos, Conservatório de Música da UFPel (Rua Félix da Cunha, 651 – Centro, Pelotas – RS). Participantes receberão atestado. Inscrições: ochobajos@gmail.com

O Duo também dará uma palestra musicada intitulada “Comunicando Emoções Complexas através da Música” na quarta-feira, 25 de julho às 19 horas no Auditório 2 do Centro de Artes da UFPel (Rua Alberto Rosa, 62 – Centro, Pelotas – RS). O ponto de partida da palestra é o famoso texto ‘Teoria e Jogo do Duende’ de Garcia Lorca. A partir da análise do conceito de Duende feita por Lorca o Duo vai recuperar aspectos fundamentais e altamente negligenciados da experiência musical (em intérpretes e ouvintes). Evento gratuito.

Facebook: Duo Scofano/Minetti
Soundcloud: Estaciones
YouTube: Invierno Chamamé Fuga Z

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Oficina Musical – DUO SCOFANO E MINETTI

Recital de Violino e Piano com Camilo Simões e Rafael de Souza

Dentro das celebrações do centenário do Conservatório de Música, acontece no dia 16 de agosto Recital com o violinista Camilo Simões e o pianista Rafael de Souza (PoA), no Salão Milton de Lemos (Conservatório, rua Félix da Cunha, 651). O evento é uma promoção do SESC – Pelotas, com apoio da UFPel, Conservatório de Música e ASSAMCON, e tem a entrada franca.

Natural de Porto Alegre, o violinista Camilo da Rosa Simões realizou seus estudos formais no Brasil, Áustria e EUA. É bacharel em música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestre “com distinção” no Mozarteum de Salzburg e doutor em performance musical pela Michigan State University. Foi laureado nos concursos Jovens Solistas da OSPA (2001, 2002) e Raiffeisen Klassik-Preis (2005).

Mantém uma intensa atividade como recitalista, tocando em grupos com as mais diversas formações e dedicando atenção especial ao repertório solístico. Foi membro das  orquestras Salzburg Chamber Soloists, Lansing Symphony, Flint Symphony, West Michigan Symphony, International Chamber Soloists e Sinfônica Brasileira. Recentemente, iniciou suas atividades como professor de violino no departamento de música da UFRGS.

Rafael Costa de Souza – iniciou seus estudos ao piano com Cynthia Geyer, sendo posteriormente orientado por Ney Fialkow no curso de bacharelado em música da UFRGS. Aperfeiçoou-se em festivais de música no Brasil (Campos do Jordão, Curitiba) com Ricardo Castro, Eduardo Monteiro, Sonia Rubinsky e Jean-Louis Steuerman entre outros.

Radicado na Alemanha desde 2006, estudou com Peter Waas na Escola Superior de Música Franz Liszt em Weimar, e posteriormente concluiu o mestrado em piano pela Universidade de Stuttgart, onde foi aluno de Kirill Gerstein. Realizou também em Stuttgart um segundo mestrado com ênfase em música de câmara sob orientação de Péter Nagy. Nesse período aprimorou-se em masterclasses de pianistas como Ferenc Rados, Lilya Zilberstein e Staffan Scheja. Em 2007 participou do Festival Bartók em Szombáthely na Hungria.

Rafael foi premiado no 13º Concurso de Piano Arnaldo Estrella em Juiz de Fora, no Concurso Jovens Solistas da OSPA em Porto Alegre e no XIV Concurso Internacional de Piano Maria Campina em Portugal. Apresenta-se regularmente em diversas cidades do Brasil e da Alemanha e mantém parcerias musicais de longa data com a violoncelista Nadejda Krasnovid e o violinista Camilo da Rosa Simões. Integra desde abril de 2018 o corpo docente da Stuttgarter Musikschule.

 

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Recital de Violino e Piano com Camilo Simões e Rafael de Souza

Recital de Flauta Solo em homenagem ao centenário do Conservatório

Convidamos a todos para o Recital de Flauta Solo – “SERENATA BRASILIANA” – com o flautista e professor Raul Costa d’ÁVILA, em comemoração ao centenário do Conservatório de Música da UFPel.

ENTRADA FRANCA

 

No programa obras de: Valle, Guarnieri, Guerra-Peixe, Villani-Cortes, Perdigão, Costa d’Ávila e Krieger.

O evento conta com a participação especial de Mayara Araújo aluna formanda do Curso de Flauta da UFPel Raul Costa d’Avila Doutor em Música pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal da Bahia, sob orientação do Prof. Lucas Robatto. Formou-se com Expedito Vianna (UFMG) e fez cursos com Artur Andrés (UFMG), Odette Ernest Dias (FEA/BH), Keith Underwood (EUA), Marcos Kiehl (FMCG), Pierre-Yves Artaud, Antônio Carlos Carrasqueira (Festivais de Inverno UFMG), Felix Renggli.

Professor do Curso de Flauta Transversal da Universidade Federal de Pelotas desde 1989. Mineiro de Ubá, iniciou os estudos de flauta com Milton de Abreu d’Avila, seu pai, ingressando mais tarde no Conservatório Estadual de Música Professor Theodolindo José Soares, em Visconde do Rio Branco / MG.

Vem participando de vários acontecimentos musicais entre eles, Festivais Internacionais de Flautistas, promovido pela Associação Brasileira de Flautistas (ABRAF), Encontros Estaduais de Flautistas do Rio Grande do Sul (2009 / UFSM, 2010 / UFPel, 2011 / UFRGS, UFSM / 2014); II Matrola Fluteclass (UFSM / 2013), UFPel / 2015; UFRGS / 2016); BABEL, Festival de Música Contemporânea (Porto Alegre / 2013); 1º Festival Latino-Americano de Música Contemporânea de Pelotas (2012); IV Convention Françaiese de la Flûte (Paris / 2012); Cycle de Musique Contemporaine du Brésil (Paris / 2010); VI Contemporâneo RS / Pelotas (2009), entre outros.

Editor do livro, em parceria com Valentia Daldegan, PATTAPIOS – coletânea comemorativa aos 20 anos da ABRAF (Antigoa Typographia, 2014); autor do livro “A Articulação na Flauta Transversal Moderna: uma abordagem histórica, suas transformações, técnicas e utilização” (Editora da UFPel/2004). Autor da tese “Odette Ernest Dias: discursos sobre uma perspectiva da pedagógica da flauta”. Coordenador da pesquisa “A pedagogia contemporânea da flauta no Brasil: discursos de práticas pedagógicas”. É Secretário da Associação Brasileira de Flautistas – ABRAF (2015-2018).

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Recital de Flauta Solo em homenagem ao centenário do Conservatório

Recital de Flauta e Piano – Em comemoração aos 100 anos do Conservatório

No dia 11 de julho às 19h 30min no Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música da UFPel (Rua Félix da Cunha, 651) acontece mais um evento festivo em comemoração aos Cem anos do Conservatório de Música. Subirão ao palco o flautista Júlio Zabaleta e o pianista Tomás Storino. O evento tem apoio da Associação Amigos do Conservatório de Música. Entrada Franca

JÚLIO – Natural de Pelotas, Júlio ingressou em 2009 no Curso de Bacharelado em Música – Habilitação Flauta Transversal da Universidade Federal de Pelotas, sob orientação do Prof. Dr. Raul Costa d’Avila. Em 2011 foi contemplado com bolsa pelo programa ANDIFES de mobilidade acadêmica, cursando o ano letivo na Universidade de São João del Rei (MG), estudando com Dr. Antônio Carlos Guimarães. Agraciado com bolsa de intercâmbio através do programa federal Ciência Sem Fronteiras em 2013, cursou ano letivo na Tilburg University, Holanda. De 2016 a 2018 foi professor assistente e integrante do Quinteto de Madeiras da Pós-Graduação da Universidade do Colorado em Boulder (EUA), sob orientação de Christina Jennings. Zabaleta tem participado de diversos festivais internacionais de música, entre os quais se destacam o IV Convention Française de la Flûte em Paris and the IX Festival Internacional de Flauta da Associação Brasileira de Flautistas. Zabaleta participou de masterclasses com renomados flautistas, tais como Sir James Galway, Jessica Dalsant, Ransom Wilson e Lorna McGhee. Em 2017, Zabaleta foi agraciado com o segundo prêmio da Competição Memorial Ekstrand de Performance Musical. Júlio Warken Zabaleta é Bacharel em Música pela Universidade Federal de Pelotas e Mestre em Performance Musical pela Universidade do Colorado em Boulder (EUA).

TOMÁS – Natural de Rio Grande, iniciou seus estudos no Curso de Piano em 2000 na Escola de Belas Artes Heitor de Lemos (EBAHL), com a professora Clarice Souza e posteriormente com Marisa Saad.
Atuou como pianista em diversos recitais, audições, encontros e eventos, onde se destaca a audição do “Projeto Ouvir Consciente”, promovido pelo SESI e EBAHL. Participou de masterclasses de técnica e interpretação com pianistas renomados como: Luiz Henrique Senise, Loraine Balen Tatto e Alessandra Feris.
Concluiu, em 2016, o curso de Bacharelado em Música – Piano, na Universidade Federal de Pelotas, na classe da professora Joana Cunha de Holanda. Nesta instituição, trabalha, desde 2013, como professor no curso de extensão “Oficina de Piano” do Conservatório de Música de Pelotas. Participa intensamente de recitais promovidos pelo Conservatório, como as “Tertúlias Musicais”, e em participações como solista e camerista em recitais curriculares dos demais Bacharelados em Música da UFPel. Em 2013, participou como bolsista no projeto “Práticas interpretativas no Repertório Brasileiro Contemporâneo para Piano Solo”, coordenado pela professora Joana de Holanda, com o objetivo de consolidar a prática interpretativa na produção musical recente.
Atualmente é também professor de piano e matérias teóricas e pianista correpetidor na Escola de Belas Artes Heitor de Lemos.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Recital de Flauta e Piano – Em comemoração aos 100 anos do Conservatório

Grupo Iluminura – Em homenagem ao Centenário do Conservatório de Música/UFPel

No dia 06 de julho às 19h30min, no Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música (Rua Félix da Cunha, 651) o GRUPO ILUMINURA realizará recital denominado: “MÚSICA EM TEMPOS”. No repertório, música vocal e instrumental da Renascença.

A apresentação é em homenagem ao Centenário do Conservatório de Música/UFPel.

O grupo dedica-se à pesquisa, aos arranjos e à execução musical de repertórios antigos e raros, usando instrumentos de época com suas sonoridades instigantes e cativantes.
O grupo Iluminura é formado pelos músicos: Carlos Soares, violoncelo; João Straub, alaúde; Leonora Oxley, canto; Marcelo Borba, percussão; Werner Ewald, flautas; Todos os integrantes são professores dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Música do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas –UFPel- O recital conta ainda com a participação especial de Iára Müller como narradora.

O evento é promovido pela Associação Amigos do Conservatório de Música com apoio do Conservatório de Música e do Centro de Artes da UFPel.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Grupo Iluminura – Em homenagem ao Centenário do Conservatório de Música/UFPel

Fagote e Piano – Mauren Frey e Marcos Taveira

No dia 28 de junho às 19h30min, acontece no Salão Milton de Lemos, recital com o fagotista Marcos Taveira (SP) e a pianista Mauren Frey (SC), o evento é uma promoção da ASSAMCON e integra as comemorações dos Cem anos do Conservatório de Música da UFPel. Coordenação profª Mauren Frey.

Entrada Franca

Marcos Taveira
Fagotista, formado pela USP (Universidade de São Paulo) na classe do Prof. Dr. Fábio Cury. É orientado regularmente pelo Prof. Benjamin Coelho (UIOWA – Universidade de IOWA – EUA). Estudou também na EMB (Escola de Música de Brasília), EMESP (Escola de música do Estado de São Paulo) e no Conservatório de Tatuí-SP. Se especializou no FEMUSC (Festival de Música de Santa Catarina) em 2018 (onde foi premiado como Aluno Revelação), 2017 e 2015; no Festival de Campos do Jordão em 2013, 2012, 2011 e 2004; do Encontro de Fagotistas de Cordoba – Argentina em 2012; da Convenção da IDRS (International Doble Reed Society) em 2017, dentre outros cursos onde esteve sob a orientação de alguns dos principais fagotistas do mundo, como Gustavo Nunes, Volker Tessmann, Stephane Levesque, e brasileiros, dentre os quais Afonso Venturieri, Sérgio Giordano, Francisco Formiga e Alexandre Silvério. Trabalha como primeiro fagote da Banda da Polícia Militar do Distrito Federal e atua regularmente em diversas orquestras no Distrito Federal e no estado de São Paulo. Desenvolve intensa atividade camerística nas mais diversas formações desde 2005 e atualmente desenvolve trabalho em conjunto com o Quarteto Capital-DF, Quinteto Harmonie Paulista-SP, Duly Mittelstedt e Ana Cecilia Tavares. Foi Maestro da Orquestra Sinfônica de São José do Rio Preto-SP, Professor e Maestro no GURI (Programa Sócio-cultural do Governo do Estado-SP), Professor de Música no SESI-SP e atualmente é Professor de música do Colégio Moraes Rego-DF. No cinema, atuou na gravação da trilha sonora do filme: “Quando eu era vivo”.

Mauren Frey
Pianista, é professora de piano da modalidade Licenciatura da Universidade Federal de Pelotas e atual coordenadora das atividades da Oficina de Música: Piano da UFPel. É Doutora em Música (Práticas Interpretativas) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) sob orientação artística da Dra. Catarina Leite Domenici, acadêmica da Dra. Cristina Maria Pavan Caparelli Gerling. Mestre em Música pela Universidade de Santa Catarina e Bacharel em Piano pela mesma Universidade, tem se especializado na interpretação e pesquisa da música brasileira. Sua formação inclui a participação como executante em Festivais de Música e Master Classes com renomados pianistas. Como solista, destacam se os prêmios no Concurso Latino Americano Rosa Mística, onde obteve o 3º lugar em (2003), o 4º lugar (2004) e o 1º lugar (2011). Como camerista, obteve no referido concurso o 1º lugar (2004) em um duo de piano e violino e o 1º lugar (2011) com o Duo Frey-Saggin. No ano de 2011 realizou uma Turnê por cidades de Portugal e França com um repertório para piano a quatro mãos, com a pianista e professora Dra. Maria Bernardete Castelán Póvoas, dedicado exclusivamente a compositores brasileiros.
Suas atividades acadêmicas incluem a publicação de artigos em congressos nacionais e Internacionais sobre a prática musical da música brasileira, tais como o Evento comemorativo ao Centenário do Maestro Vieira Brandão, no Rio de Janeiro, em setembro de 2011 onde tocou a Fantasia Concertante de Brandão na versão para dois pianos. Em 2012, tocou a versão para piano e orquestra sinfônica com a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina. Atuou como professora em caráter temporário no Curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal do Pampa (UNIPMAPA), Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) e no curso de Extensão da UFRGS.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Fagote e Piano – Mauren Frey e Marcos Taveira

RECITAL DE EX-ALUNOS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO

Convidamos a todos para o evento que acontece no dia 20 de junho às 19h 30min, no Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música da UFPel (Rua Félix da Cunha 651), recital festivo em comemoração ao centenário do Conservatório. Cumpre salientar a presença de um dos baluartes da cultura musical pelotense prof. Yara Cava que abrilhantara com composições dos professores Milton de Lemos e Sá Pereira – primeiro Diretor do Conservatório de Música. A pianista Yara Cava foi aluno do prof. Milton de Lemos, também irá se apresentar sua filha professora e pianista Sônia André Cava, que seguiu o legado da mãe.

O evento contará com os cantores: Ângela Pachon, João Ferreira Filho e Maicon Gonzales, com os pianistas: Ana Lúcia Azambuja, Délia Louzada, Roberto Bonini e Washington Rodrigues, o flautista Gil Soares e os violonistas Gahuer Carrasco, João Alexandre Straub e Luiz Eduardo Machado.

A fim de mostrar a continuidade do curso, o evento contará com a participação especial do pianista Felipe Bunilha, ex aluno do curso de extensão e, atualmente, aluno do curso de Graduação em Piano.

Será interpretado a obra de Donizetti – Una furtiva lágrima, bem com obras de Villa-Lobos, Nepomuceno, Nazareth, Beethoven, Ginastera e Sinding, obras consagradas do repertório clássico e conhecidas da comunidade pelotense.

O evento tem coordenação do prof. Dr. Marcelo Macedo Cazarré e profª Ana Lúcia Azambuja, com apoio da Associação Amigos do Conservatório de Música. Entrada Franca

 

 

Publicado em Notícias | Comentários desativados em RECITAL DE EX-ALUNOS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO

Eudóxia de Barros em Homenagem aos Cem anos do Conservatório de Música/UFPel

No dia 08 de junho às 19h30min., no Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas, a pianista Eudóxia de Barros (SP), realizará recital em comemoração ao centenário da instituição. O evento é promovido pelo Sesc Pelotas, com apoio da UFPel, Conservatório de Música e ASSANCOM.

Coordenação do prof. Dr. Marcelo Macedo Cazarré.

ENTRADA FRANCA.

Dona de um extenso e premiado currículo, e agraciada com quase uma centena de  dedicatórias dos mais destacados compositores eruditos brasileiros, Eudóxia de Barros destaca-se no cenário musical brasileiro sobretudo por ter abandonado uma cômoda e promissora carreira internacional para dedicar-se a levar a música a todos os

rincões brasileiros, tal como legítima bandeirante paulista .
Mesmo as cidades mais longínquas e pequeninas têm tido a oportunidade de apreciar um repertório de alto nível e cuidadosamente selecionado, no qual sempre se destacam obras-
primas de compositores nacionais .
Suas interpretações vigorosas e cuidadosamente trabalhadas vão de Chiquinha Gonzaga a Osvaldo Lacerda; de Bach a Beethoven e a Chopin, muitas delas registradas em CDs e DVD . São um marco cultural importante para nosso país e um exemplo a ser sempre lembrado, aplaudido e imitado .
Foi eleita membro da Academia Brasileira de Música em 1989, ocupando a cadeira n* 14 do patrono Elias Álvares Lobo. É co-fundadora e Presidente do Centro de Música Brasileira, entidade que se ocupa da defesa e difusão da música erudita brasileira e que existe desde 1984 .
Escreveu um livro de “Técnica Pianística” publicado pela Editora Ricordi/Musicalia, já na 2ª edição. Ao longo de sua carreira Eudóxia lançou trinta e um LPs, quinze CDs e dois DVDs . Foi convidada pela COMEP ( Comunicação Edições Paulinas ) a gravar a obra integral para piano do compositor Osvaldo Lacerda, gravação que começou em Outubro de 2015 e que a partilhou com mais seis pianistas escolhidos por ela porque tambem sempre tocaram obras do compositor; o lançamento dessa coleção, ocorreu em 23 de setembro de 2017, ano em que o compositor estaria completando 90 anos em março .
Eudóxia ganhou muitos prêmios, inclusive um “Disco de Ouro” em 1975. Eudóxia coordenou o CONCURSO INTERNACIONAL de INTERPRETAÇÃO PIANÍSTICA da OBRA do COMPOSITOR OSVALDO LACERDA que se realizou em Dezembro de 2015 em São Paulo ; no seu site : www.eudoxiadebarros.com.br ainda se pode obter todas as músicas do compositor, para serem escolhidas e impressas . Em setembro de 2016 lançou seu livro biográfico intitulado “VALEU A PENA ? conversando com Eudóxia de Barros”, idealizado e escrito por Rosângela Paciello Pupo, editado pela MUSIMED, de Brasília.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Eudóxia de Barros em Homenagem aos Cem anos do Conservatório de Música/UFPel