Fagote e Piano – Mauren Frey e Marcos Taveira

No dia 28 de junho às 19h30min, acontece no Salão Milton de Lemos, recital com o fagotista Marcos Taveira (SP) e a pianista Mauren Frey (SC), o evento é uma promoção da ASSAMCON e integra as comemorações dos Cem anos do Conservatório de Música da UFPel. Coordenação profª Mauren Frey.

Entrada Franca

Marcos Taveira
Fagotista, formado pela USP (Universidade de São Paulo) na classe do Prof. Dr. Fábio Cury. É orientado regularmente pelo Prof. Benjamin Coelho (UIOWA – Universidade de IOWA – EUA). Estudou também na EMB (Escola de Música de Brasília), EMESP (Escola de música do Estado de São Paulo) e no Conservatório de Tatuí-SP. Se especializou no FEMUSC (Festival de Música de Santa Catarina) em 2018 (onde foi premiado como Aluno Revelação), 2017 e 2015; no Festival de Campos do Jordão em 2013, 2012, 2011 e 2004; do Encontro de Fagotistas de Cordoba – Argentina em 2012; da Convenção da IDRS (International Doble Reed Society) em 2017, dentre outros cursos onde esteve sob a orientação de alguns dos principais fagotistas do mundo, como Gustavo Nunes, Volker Tessmann, Stephane Levesque, e brasileiros, dentre os quais Afonso Venturieri, Sérgio Giordano, Francisco Formiga e Alexandre Silvério. Trabalha como primeiro fagote da Banda da Polícia Militar do Distrito Federal e atua regularmente em diversas orquestras no Distrito Federal e no estado de São Paulo. Desenvolve intensa atividade camerística nas mais diversas formações desde 2005 e atualmente desenvolve trabalho em conjunto com o Quarteto Capital-DF, Quinteto Harmonie Paulista-SP, Duly Mittelstedt e Ana Cecilia Tavares. Foi Maestro da Orquestra Sinfônica de São José do Rio Preto-SP, Professor e Maestro no GURI (Programa Sócio-cultural do Governo do Estado-SP), Professor de Música no SESI-SP e atualmente é Professor de música do Colégio Moraes Rego-DF. No cinema, atuou na gravação da trilha sonora do filme: “Quando eu era vivo”.

Mauren Frey
Pianista, é professora de piano da modalidade Licenciatura da Universidade Federal de Pelotas e atual coordenadora das atividades da Oficina de Música: Piano da UFPel. É Doutora em Música (Práticas Interpretativas) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) sob orientação artística da Dra. Catarina Leite Domenici, acadêmica da Dra. Cristina Maria Pavan Caparelli Gerling. Mestre em Música pela Universidade de Santa Catarina e Bacharel em Piano pela mesma Universidade, tem se especializado na interpretação e pesquisa da música brasileira. Sua formação inclui a participação como executante em Festivais de Música e Master Classes com renomados pianistas. Como solista, destacam se os prêmios no Concurso Latino Americano Rosa Mística, onde obteve o 3º lugar em (2003), o 4º lugar (2004) e o 1º lugar (2011). Como camerista, obteve no referido concurso o 1º lugar (2004) em um duo de piano e violino e o 1º lugar (2011) com o Duo Frey-Saggin. No ano de 2011 realizou uma Turnê por cidades de Portugal e França com um repertório para piano a quatro mãos, com a pianista e professora Dra. Maria Bernardete Castelán Póvoas, dedicado exclusivamente a compositores brasileiros.
Suas atividades acadêmicas incluem a publicação de artigos em congressos nacionais e Internacionais sobre a prática musical da música brasileira, tais como o Evento comemorativo ao Centenário do Maestro Vieira Brandão, no Rio de Janeiro, em setembro de 2011 onde tocou a Fantasia Concertante de Brandão na versão para dois pianos. Em 2012, tocou a versão para piano e orquestra sinfônica com a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina. Atuou como professora em caráter temporário no Curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal do Pampa (UNIPMAPA), Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) e no curso de Extensão da UFRGS.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Fagote e Piano – Mauren Frey e Marcos Taveira

RECITAL DE EX-ALUNOS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO

Convidamos a todos para o evento que acontece no dia 29 de maio às 19h 30min, no Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música da UFPel (Rua Félix da Cunha 651), recital festivo em comemoração ao centenário do Conservatório. Cumpre salientar a presença de um dos baluartes da cultura musical pelotense prof. Yara Cava que abrilhantara com composições dos professores Milton de Lemos e Sá Pereira – primeiro Diretor do Conservatório de Música. A pianista Yara Cava foi aluno do prof. Milton de Lemos, também irá se apresentar sua filha professora e pianista Sônia André Cava, que seguiu o legado da mãe.

O evento contará com os cantores: Ângela Pachon, João Ferreira Filho e Maicon Gonzales, com os pianistas: Ana Lúcia Azambuja, Délia Louzada, Roberto Bonini e Washington Rodrigues, o flautista Gil Soares e o violonista Luiz Eduardo Machado.

Será interpretado a obra de Donizetti – Una furtiva lágrima, bem com obras de Villa-Lobos, Nepomuceno, Nazareth, Beethoven, Ginastera e Sinding, obras consagradas do repertório clássico e conhecidas da comunidade pelotense.

O evento tem coordenação do prof. Dr. Marcelo Macedo Cazarré e profª Ana Lúcia Azambuja, com apoio da Associação Amigos do Conservatório de Música. Entrada Franca

 

 

Publicado em Notícias | Comentários desativados em RECITAL DE EX-ALUNOS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO

Eudóxia de Barros em Homenagem aos Cem anos do Conservatório de Música/UFPel

No dia 08 de junho às 19h30min., no Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas, a pianista Eudóxia de Barros (SP), realizará recital em comemoração ao centenário da instituição. O evento é promovido pelo Sesc Pelotas, com apoio da UFPel, Conservatório de Música e ASSANCOM.

Coordenação do prof. Dr. Marcelo Macedo Cazarré.

ENTRADA FRANCA.

Dona de um extenso e premiado currículo, e agraciada com quase uma centena de  dedicatórias dos mais destacados compositores eruditos brasileiros, Eudóxia de Barros destaca-se no cenário musical brasileiro sobretudo por ter abandonado uma cômoda e promissora carreira internacional para dedicar-se a levar a música a todos os

rincões brasileiros, tal como legítima bandeirante paulista .
Mesmo as cidades mais longínquas e pequeninas têm tido a oportunidade de apreciar um repertório de alto nível e cuidadosamente selecionado, no qual sempre se destacam obras-
primas de compositores nacionais .
Suas interpretações vigorosas e cuidadosamente trabalhadas vão de Chiquinha Gonzaga a Osvaldo Lacerda; de Bach a Beethoven e a Chopin, muitas delas registradas em CDs e DVD . São um marco cultural importante para nosso país e um exemplo a ser sempre lembrado, aplaudido e imitado .
Foi eleita membro da Academia Brasileira de Música em 1989, ocupando a cadeira n* 14 do patrono Elias Álvares Lobo. É co-fundadora e Presidente do Centro de Música Brasileira, entidade que se ocupa da defesa e difusão da música erudita brasileira e que existe desde 1984 .
Escreveu um livro de “Técnica Pianística” publicado pela Editora Ricordi/Musicalia, já na 2ª edição. Ao longo de sua carreira Eudóxia lançou trinta e um LPs, quinze CDs e dois DVDs . Foi convidada pela COMEP ( Comunicação Edições Paulinas ) a gravar a obra integral para piano do compositor Osvaldo Lacerda, gravação que começou em Outubro de 2015 e que a partilhou com mais seis pianistas escolhidos por ela porque tambem sempre tocaram obras do compositor; o lançamento dessa coleção, ocorreu em 23 de setembro de 2017, ano em que o compositor estaria completando 90 anos em março .
Eudóxia ganhou muitos prêmios, inclusive um “Disco de Ouro” em 1975. Eudóxia coordenou o CONCURSO INTERNACIONAL de INTERPRETAÇÃO PIANÍSTICA da OBRA do COMPOSITOR OSVALDO LACERDA que se realizou em Dezembro de 2015 em São Paulo ; no seu site : www.eudoxiadebarros.com.br ainda se pode obter todas as músicas do compositor, para serem escolhidas e impressas . Em setembro de 2016 lançou seu livro biográfico intitulado “VALEU A PENA ? conversando com Eudóxia de Barros”, idealizado e escrito por Rosângela Paciello Pupo, editado pela MUSIMED, de Brasília.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Eudóxia de Barros em Homenagem aos Cem anos do Conservatório de Música/UFPel

Recital de Violão com Ítalo Silva, Gustavo Otesbelgue e Paulo Renato Jr.

Dia 24 de maio às 19 horas

Local: Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música da UFPel

Entrada Franca

O evento é uma proposta de um grupo de alunos do Curso de Música Bacharelado da UFPel, e tem como objetivo apresentar um pouco do repertório trabalhado no Curso de Bacharelado em Violão.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Recital de Violão com Ítalo Silva, Gustavo Otesbelgue e Paulo Renato Jr.

Duo de Violões Edson Lopes e Guilherme Sparrapan

O Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas, no ano do seu Centenário receberá no dia 18 de maio, às 19 horas, no Salão Milton de Lemos o Duo de Violões formado pelos músicos Edson Lopes e Guilherme Sparrapam (SP). A realização do evento está a cargo do Sesc Pelotas, com apoio do Conservatório de Música, coordenação do prof. Márcio de Souza. ENTRADA FRANCA.

Edson Lopes – Diplomado, desde 1978, no curso de Violão Clássico pelo Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí, SP (Brasil) na classe do violonista e compositor Pedro Cameron. Em 2003, recebe o título “Licentiate in Guitar Performance” pelo “Trinity College London“. Durante seus estudos participou de vários Concursos de Violão, obtendo em todos o 1º lugar, tendo como destaque: “II Concurso de Jovens Instrumentistas” promovido pela Rede Globo de Televisão no programa: “Concertos para a Juventude” e “I Concurso Nacional de Violão” promovido pelo Banco do Brasil. Em 1979 freqüentou o XXII Curso de “Musica en Compostela” – Espanha, sob a orientação do professor José Tomás (assistente de Andrés Segovia), onde foi considerado o “aluno mais destacado” o que lhe valeu como prêmio uma nova Bolsa de Estudo para o ano seguinte. Para a violonista Maria Luisa Anido, Edson Lopes é “um extraordinário violonista, que a deixou surpreendida por sua seguridade técnica, domínio instrumental, assim como sua delicadeza sonora e deliciosa técnica interpretativa”.  Já se apresentou em diversas cidades do Brasil como solista, em duo, trio e com orquestra.  Como integrante do Brazilian Guitar Quartet, realizou concertos nas cidades de Houston, Dallas, Austin, Seattle, Pittsburgh, Albuquerque, Hollywood, Indianapolis, Washington DC, Nova Iorque entre outras. Em 2005 o Quarteto participou no “33º Arts Festival” de Hong Kong, do “VII Festival Internacional” de Guitarra em Monterrey, México e em 2006 do “V International Guitar Festival Aarhus, Dinamarca.  Com o ”’Quarteto Vivace Brasil”’ (Flauta, 2 Violões e Percussão) realiza tournées pelos Estados Unidos destacando as cidades de Nova Yorque, Boston, Nova Orleans e São Francisco recebendo elogiosas críticas. Participou em festivais importantes de violão tendo como destaque o Festival de Koblenz na Alemanha em 2016 e 2017.

Guilherme Sparrapan é um músico eclético. Iniciou sua vida musical tocando violão em rodas de choro. É formado em Regência pela USP tendo como orientadores o Maestro e Compositor Aylton Escobar e do Maestro Gil Jardim. Em 2017 formou-se em Violão Erudito, no Conservatório de Tatuí tendo sido orientado pelo Prof. Edson Lopes. Participou dos mais importantes festivais de música erudita do Brasil, tendo a oportunidade de conhecer renomados regentes, como Marin Alsop(EUA), Celso Antunes(Brasil), Daisuke Soga(Japão), Oswaldo Ferreira(Portugal), Werner Pfaff(Alemanha), entre outros. Durante dois anos e meio foi Regente Assistente da Orquestra de Câmara da USP, OCAM, sendo orientando pelo Maestro Gil Jardim. No âmbito da música popular, foi premiado no VI Prêmio Nabor Pires Camargo, como arranjador e intérprete; obteve menção honrosa no 15º e primeiro lugar no 18º Prêmio Nascente. A eclética formação musical/filosófica de Guilherme Sparrapan, faz dele um músico muito versátil, atuando como arranjador, orquestrador, instrumentista, pesquisador, educador e regente. De seus trabalhos musicais podem-se destacar o trio Trinca Brasil, com o flautista Antonio Carrasqueira e o violonista Edmilson Capelupi, o duo Opus Brasileiro com a pianista Milena Lopes, o Brasilis Guitar Duo com o violonista Edson Lopes e o Quarteto Abayomi, alem de sua carreira solo de violonista 7 cordas.

 

SERVIÇO:

O que: Duo Edson Lopes e Guilherme Sparrapam (SP) – Homenageando os Cem anos do Conservatório de Música da UFPel

Quando: 18 de maio de 2018 às 19h

Onde: Conservatório de Música – Salão Milton de Lemos (Rua Félix da Cunha, 651)  Quanto: Entrada Franca

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Duo de Violões Edson Lopes e Guilherme Sparrapan

DUO VELLOSO-DUWE

Continuando a intensa programação comemorativa aos Cem do Conservatório de Música da UFPel, no dia 27 de abril às 19 horas, no Salão Milton de Lemos do Conservatório de Música (Rua Félix da Cunha, 651), acontece a estreia do Duo Velloso-Duwe. O evento é uma promoção do Conservatório de Música da UFPel e tem apoio da ASSAMCON. Coordenação Prof. Rafael Velloso. ENTRADA FRANCA

Piano e Saxofone

O duo do pianista Menan Duwe e do saxofonista Rafael Velloso, ambos professores do curso de música da Universidade Federal de Pelotas, foi formado no final de 2016 com o intuito de pesquisar e explorar as possibilidades de obras camerísticas tendo em comum um repertório brasileiro para seus instrumentos. No ano em que a Universidade Federal de Pelotas comemora o centenário de seu Conservatório de Música, o duo se prepara para a sua primeira montagem de um repertório inteiramente dedicado a esta formação, tendo como o objetivo mapear as propostas improvisatórias e de arranjo na escrita para saxofone e piano de Radamés Gnattali, interpretando as obras mais conhecidas e recriando parte do repertório do compositor com base na prática de música popular brasileira.

Menan Duwe – Pianista e professor de música, formado no curso de Bacharelado em Piano pela UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina e Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Música da UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na subárea de Práticas Interpretativas, sob orientação da Professora Doutora Catarina Domenici.

Rafael Velloso – Bacharel em Música com habilitação em saxofone pela Universidade Estácio de Sá, licenciado em Música e Mestre em Musicologia / Etnomusicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutor em Musicologia / Etnomusicologia Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Entre 2011 e 2015 iniciou a sua pesquisa de doutorado sobre Radamés Gnattali no Departamento de Música da UFRGS trabalhando no grupo de investigação GEM dirigido pela Dra. Elizabeth Lucas com o tema História e Agência da Música Brasileira.

Radamés Gnattali, pianista, compositor e arranjador nasceu em 1906 na cidade de Porto Alegre e se formou em piano no Instituto de Artes da cidade com o professor Guilherme Fontainha. Dono de uma técnica e criatividade muito admiradas, Gnattali se mudou para a cidade do Rio de Janeiro em 1932 e logo passou a  trabalhar em seus primeiros anos de vida profissional com arranjos de música popular, sem abandonar, porém, o estudo de seu primeiro e principal instrumento o piano. Em seus 30 anos de atividade na Rádio Nacional, Radamés, ou “Radar” como era conhecido pelos colegas músicos, observava com interesse os músicos que lhe chamavam atenção e logo compunha temas inspirados em suas práticas instrumentais. Foi assim que o compositor produziu um repertório variado, baseado na improvisação e intepretação de inúmeros músicos notáveis dentre eles alguns saxofonistas, tais como: Paulo Moura, Sandoval Dias, Zé Bodega e Luís Americano.

Programa

1–Bate–Papo

2–Caminhos da Saudade

3–Monotonia

4–Valsa Triste

5–Devaneio

6–Brasiliana N. 7

7–Uma rosa para Pixinguinha/Rosa

8-Remexendo

Publicado em Notícias | Comentários desativados em DUO VELLOSO-DUWE

Clube do Choro “Homenagem ao Centenário do Conservatório de Música e Jacob do Bandolim”

No terceiro ano de atividades, o Clube do Choro de Pelotas em Parceria com o Núcleo de Música Popular da UFPEL, vem trazer ao público Pelotense no dia 23 de abril, dia Nacional do Choro, o recital O Lado B do Jacob, em homenagem ao centenário do Conservatório de Música e a este importante músico brasileiro – Jacob do Bandolim. São 11 músicas que guardam diferentes perfis de choros não tão conhecidos do mestre, em diferentes formações totalizando 15 músicos no Palco. A apresentação será realizada no recém revitalizado Salão Milton de Lemos no Conservatório de Música da UFPel, no dia 23 de abril às 19 horas. Entrada Franca.

Clube do Choro Apresenta: O Lado B de Jacob

A cidade de Pelotas apresenta em sua história uma forte vocação boêmia e, nesse contexto, destaca-se a prática do choro como uma sonoridade local fortemente ligada à identidade brasileira. O Regional Avendano Jr., um dos principais grupos de choro da cidade em ativa desde a década de 1960, segue se apresentando semanalmente e conta ainda com dois músicos da sua formação original – o violonista Milton Alves e o cantor e cavaquinista Roberval Silva.

O Bar Liberdade, que fechou as portas em 2013, tornou-se conhecido em todo o estado através do documentário O Liberdade (Moviola Filmes, 2011) e foi, por 25 anos, o principal reduto do choro na cidade. O local, onde se apresentava semanalmente o Regional Avendano Jr., acabou se tornando um ponto de encontro de músicos e apreciadores do gênero. Com o fechamento do bar e o falecimento do compositor e cavaquinista pelotense Avendano Jr. outros músicos da mesma geração (jovens aspirantes, cantores e frequentadores do Liberdade) continuaram a se encontrar em locais alternativos evocando o ambiente musical e democrático que caracterizava o saudoso bar e suas reuniões. Essas vivências deram origem a outros grupos de choro, dentre os quais se destacaram, recentemente, o Sovaco de Cobra, o Ninho do Pardal e o Choro de Passarinho.

Foi neste contexto de renascimento do choro pelotense que em 2015 foi criado o Clube do Choro de Pelotas em homenagem a Avendano Júnior. Em março de 2016 o clube iniciou uma parceria com o projeto de extensão do Núcleo de Música Popular da UFPEL o NUMP, integrado por professores e alunos do bacharelado em Música, visando a ampliação dos encontros semanais para o estudo e a prática do choro que vinham sendo promovidos pelos integrantes do clube desde sua fundação.

Após dois anos de atividades o Clube do Choro, em parceria com o Laboratório de Etnomusicologia e o Núcleo de Música Popular da UFPEL, lançou O Caderno do Choro de Pelotas que tem como objetivo divulgar as composições dos chorões pelotenses. O caderno reúne dez composições de alguns músicos da nova e velha guarda do choro de Pelotas que tiveram contato direto e indireto com o Regional Avendano Jr.; além das partituras estão também incluídas histórias e narrativas musicais que contextualizam essas músicas e seus autores. O caderno pode ser acessado em:https://wp.ufpel.edu.br/bachpopmus/acoes/cadernos-do-choro-de-pelotas/

 

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Clube do Choro “Homenagem ao Centenário do Conservatório de Música e Jacob do Bandolim”

RECITAL COM O PIANISTA GERMANO MAYER

 

 

 Dando continuidade as comemorações do Centenário do Conservatório de Música da UFPel, convidamos a todos para no dia 18 de abril às 19 horas, na Bibliotheca Pública Pelotense, prestigiar o recital do pianista Germano Mayer.

O evento é promovido pelo Conservatório de Música da UFPel, com apoio da ASSAMCON e Bibliotheca Pública Pelotense. ENTRADA FRANCA

Germano Mayer é um pianista brasileiro que tem se apresentado pelas américas, incluindo concertos no Brasil, Uruguai, Argentina, México, e Estados Unidos. Depois de ganhar a competição de jovens solistas da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre em 2001, Mayer passou a dar recitais pelo Brasil, incluindo espaços tais como o Teatro Rondon Pacheco de Uberlândia, o Foyer do Theatro São Pedro de Porto Alegre e Sala Jurerê Classic de Florianópolis, dentre outros. Na Argentina, o pianista foi convidado a participar do Congresso Internacional de Piano (2010) em Buenos Aires, e em duas edições consecutivas do Festival de Pianistas Mar del Plata, além de ter integrado banca no 1ª Competição Nacional de Pianistas desta cidade. Em Santa Fe de la Vera Cruz realizou recital de piano no Teatro 1º de Mayo. Nos Estados Unidos, deu recitais no Estado de Iowa, nas cidades de Des Moines, Cedar Rapids e Iowa City. Mayer tem sido um entusiasta da pedagogia do piano, tanto quanto de sua carreira solo. Integrou o corpo docente de Instituições como Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Curitiba) e a prestigiada Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (Joinville). Desde 2009 passou a integrar o corpo docente do Bacharelado em Piano da Universidade Federal de Pelotas. Nesta cidade, além de orientar jovens pianistas, também desenvolve projetos artístico-musicais. O pianista foi também Assistente de Ensino junto a Texas Tech University sob orientação da Dra. Carla Cash em 2013. Possui os títulos de Bacharel e Mestre pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e recentemente concluiu seu doutorado junto a Universidade de Iowa com o suporte financeiro do MEC-CAPES. Entre seus orientadores artísticos, destacam-se Vaniza Füller, Ney Fialkow, Catarina Domenici e Réne Lecuona. Recentemente Mayer tem apresentado o resultado de suas pesquisas em música ibérica para piano no Brasil e em Portugal.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em RECITAL COM O PIANISTA GERMANO MAYER

Campanha -“Doação de Cadeiras para o Salão Milton de Lemos”

Ao completar um século de história, o Conservatório de Música ligado a UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS, convida a comunidade a participar da reforma do salão Milton de Lemos para a celebração do centenário dessa tão estimada Instituição.
Campanha de doação de cadeiras para os 100 anos do Conservatório.
Pessoas físicas ou jurídicas podem doar e terão seus nomes gravados nas cadeiras como reconhecimento pela valorização da cultura musical de nossa cidade.

 

O Conservatório de Música de Pelotas é a Instituição musical mais antiga, com atividade ininterrupta desde sua fundação.
Participe e deixe seu nome na história dos 100 anos do Conservatório.

Contato para doações: Conservatório de Música da UFPel – Fone: 3222-2562

 

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Campanha -“Doação de Cadeiras para o Salão Milton de Lemos”

Orquestra de Sopros Comemora os Cem Anos do Conservatório de Música

No dia 06 de março a Orquestra de Sopros da UFPel, faz sua estréia em homenagem ao centenário do Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas, o evento será às 19h na Bilbiotheca Pública Pelotense e tem entrada franca.
A OSUFPel tem como idealizador e coordenador o prof. e saxofonista Rafael Velloso.
O evento é uma promoção do Conservatório de Música e conta com o apoio da Associação Amigos do Conservatório de Música e da Bibliotheca Pública Pelotense.

Publicado em Notícias | Comentários desativados em Orquestra de Sopros Comemora os Cem Anos do Conservatório de Música