Início do conteúdo

História e Memória dos Movimentos Sociais Rurais e a Questão Agrária no Brasil Contemporâneo

Estão abertas as inscrições de trabalho/comunicação para o Seminário História e Memória dos Movimentos Sociais Rurais e a Questão Agrária no Brasil Contemporâneo, que se realizará na Universidade Federal de Pelotas entre os dias 17 e 19 de junho de 2019.
 
O evento – que tem por objetivo oportunizar espaços de reflexão e discussão acerca da questão agrária e dos movimentos sociais do campo no Brasil Contemporâneo – integra as atividades desenvolvidas no âmbito do Projeto de Pesquisa “Mobilizações e movimentos sociais agrários, repressão e resistências do pré-1964 à ditadura civil-militar: as trajetórias do MASTER no RS e das Ligas Camponesas em PE” (CAPES – Edital Memórias Brasileiras / Conflitos Sociais). 
 
As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do formulário disponível no seguinte link: https://docs.google.com/document/d/1criCi4zq7wXYxr2U5SVeIu8P7GCt_nBWT60SrHGVpew/edit
 
As propostas de apresentação de trabalhos/comunicações devem ser enviadas impreterivelmente até o dia 10/06/2019.
 
A Programação Geral do evento segue abaixo e também está disponível na página no facebook: https://www.facebook.com/events/874726009542010/

PROGRAMAÇÃO

17 de junho / Segunda-feira

Noite (19h – 22h)

– Abertura do Evento / Atividade Cultural

– Mesa de Abertura: Mobilizações e movimentos sociais agrários: horizontes de pesquisa e reflexões sobre o tempo presente

Palestrantes: Profa. Dra. Leonilde Servolo de Medeiros (UFRRJ) e Prof. Dr. Sérgio Sauer (UNB)

18 de junho / Terça-feira

Manhã (8h30min – 12h) – Sessão de Comunicações de Trabalhos

Tarde (14h – 18h) – Mini-Curso: Redes do campesinato negro do Rio Grande do Sul: fé, terras, parentelas e solidariedades

Ministrante: Claudia Daiane Garcia Molet (Dra. em História/UFRGS)

Noite (19h – 22h)

Mesa-Redonda: Memórias em movimento: histórias de resistência na luta pela terra

Convidados: Frei Sergio Görgen (Movimento dos Pequenos Agricultores) e Isaías Antônio Vedovatto (Liderança da Ocupação da Fazenda Annoni (1985) e dirigente do MST)

19 de junho / Quarta-feira

Manhã (8h30min – 12h) – Sessão de Comunicações de Trabalhos

Tarde (14h – 18h)

Oficina – Possibilidades de pesquisa sobre conflitos e movimentos sociais agrários no Brasil Contemporâneo (1960 – 1980): temas, problemas e fontes históricas

Ministrantes: Barbara de La Rosa Elia (Graduanda em História / UFPel)

Darlan de Farias Rodrigues (Mestrando – PPGH/UFPel)

Noite (19h – 22h)

Mesa de Encerramento: As lutas pela terra no pré-1964: novas perspectivas de pesquisa sobre as Ligas Camponesas e o Movimento dos Agricultores Sem Terra do Rio Grande do Sul

 

Publicado em 04/06/2019, em Notícias.