Voltar para Área de Concentração

Linhas de Pesquisa

LINHAS DE PESQUISA

Concepções de Virtude
A linha de pesquisa Concepções de Virtude tem por objetivo estudar detalhadamente as teorias éticas que apontam a virtude como critério normativo para a ação na filosofia antiga, medieval, moderna e contemporânea, bem como estabelecer um contraponto, sobretudo, com as teorias éticas principialistas. Neste sentido, será dada uma atenção especial às concepções morais e às concepções de virtude de Platão, Aristóteles, Epicuro, Estóicos, Agostinho, Boécio, Anselmo, Tomás de Aquino, Kant, Mill, Anscombe, Foot, Geach, MacIntyre, Hursthouse, Slote, Baier, Willians.

Orientadores:
Dr. João Hobuss
Dr. Manoel Vasconcellos
Dr. Sérgio Strefling
…………………………………………………………………………………………………………………………


Fundamentação e Crítica da Moral

Na linha de pesquisa Fundamentação e Crítica da Moral visa-se, num primeiro momento, analisar a fundamentação da moral no pensamento moderno. A partir do projeto kantiano de fundamentação de uma moral autônoma, serão investigadas outras questões do pensamento ético contemporâneo, voltadas à fundamentação racional de exigências morais. Serão também objetos de estudo as críticas à fundamentação kantiana da moral feitas por Schopenhauer e Nietzsche, assim como a posição contratualista e o utilitarismo moral inglês.

Orientadores:
Dr. Clademir Araldi
Dra. Flávia Carvalho Chagas
Dr. Luís Eduardo Rubira

…………………………………………………………………………………………………………………………

Direito, Sociedade e Estado
A linha de pesquisa Direito, Sociedade e Estado pretende ser um estudo circunstanciado de diversos temas, tais como a sociedade e suas estruturas, a evolução histórica do direito, o papel do direito na legitimação do estado, o problema do ordenamento, bem como os conceitos de sistema e norma jurídica. Não apenas isto, a tal linha de pesquisa pertencerão as questões referentes ao direito natural, ao jusnaturalismo, ao historicismo, ao contratualismo, ao positivismo jurídico, assim como a sociologia jurídica e a lógica/retórica jurídicas. Também são questões relevantes para tal linha os seguintes tópicos: direito e dialética, facticidade e validade do direito, teorias do estado, sociedade e estado, o estado democrático de direito, sociedade e organização social, estado e dominação, cultura e sociedade, o direito e os limites do estado, tipos de estado, o estado moderno, o constitucionalismo na ordem jurídica moderna, o direito político, a concepção jurídica de estado e, por fim, direito, sociedade, estado e a questão do poder.

Orientadores:
Dr. Carlos Ferraz
Dr. Jovino Pizzi
Dr. Keberson Bresolin
Dra. Sônia Maria Schio

…………………………………………………………………………………………………………………………


Epistemologia Moral:

A epistemologia moral está preocupada com nosso conhecimento moral, com a questão de sua justificação (sobre se é possível essa justificação e sobre quais são os modelos justificacionais mais consistentes). Nesse sentido, são várias as teorias que se inserem na epistemologia moral, teorias que podem ser fundacionalistas, cognitivistas, não cognitivistas, coerentistas, intuicionistas, racionalistas, céticas, naturalistas, internalistas, externalistas, etc. Mas todas têm em comum o propósito de discutir a justificabilidade (sua possibilidade ou impossibilidade) de nossos juízos morais cotidianos. Afinal, estamos frequentemente emitindo juízos morais, os quais têm como base certas intuições sobre o que seria moralmente adequado fazer em uma certa ocasião. E a questão que a epistemologia moral nos coloca é: como justificar tais juízos, especialmente em situações concretas nas quais podem surgir divergências? Não somente isso, ela pergunta pela possibilidade mesma dessa justificação.

Orientadores:
Dr. Evandro Barbosa
Dr. Juliano do Carmo
Dr. Robinson dos Santos

…………………………………………………………………………………………………………………………