Início do conteúdo

A crítica musical periodista como fonte musicológica

No próximo dia 11 de novembro, às 18h, no Auditório 2 do Centro de Artes da UFPel, ocorrerá a mesa redonda “A crítica musical periodista como fonte musicológica”, abrindo o III Simpósio Internacional Música e Crítica.
Tal temática surgiu da provocação realizada por um pesquisador e professor de artes, durante o I Seminário de Pesquisa do Centro de Artes da UFPel, ocorrido em 2018, que manifestara-se contrário ao emprego de jornais periódicos como fonte para a pesquisa. Segundo ele, tal tipo de fonte seria um erro, uma vez que, de acordo com a sua argumentação, se um evento específico não estivesse nele registrado, seria como se não tivesse ocorrido. Se, a princípio, sua admoestação pudesse ser entendida como retórica, no decorrer da discussão ficou claro que não.
Ao considerarmos que o jornalismo musical manifesta-se segundo vários gêneros textuais (VOLPE, 2019), também não deve ser esquecido que as notícias veiculadas estão longe de serem simples relatos de circunstâncias, uma vez que refletem representações que uma época tem de si própria (DOSSE, 2003). Em outros termos, forma e conteúdo que desafiam e instigam em sua interpretação.

Publicado em 09/11/2019, em Notícias.
%d blogueiros gostam disto: