Luiz Geraldo Telesca lança livro de poemas parnasianos

Por Vivian Domingues Mattos      

Escritor canguçuense cria versos que seguem características rítmicas e harmônicas do movimento literário do século XIX

Obra apresenta 113 poemas inspirados pelo período difícil da pandemia

Apresentando uma obra literária com o uso estruturado e harmonioso das palavras, o escritor e advogado canguçuense, Luiz Geraldo Telesca Mota, lança seu novo livro intitulado “Achados Poéticos Parnasianos”, com 113 poemas escritos durante a pandemia de Covid-19.

A inspiração do autor para compor os poemas aflorou de acordo com seus sentimentos e pensamentos no decorrer do isolamento social no período pandêmico. As páginas do seu livro trazem versos sobre política, economia, injustiça social, morte, contentamento e demais assuntos que percorrem o cotidiano do escritor.

A publicação possui uma estrutura com versos variados, mas que seguem as características do movimento literário exclusivamente poético do Parnasianismo, popular em meados de 1880 no Brasil e característico em padrões de rima, ritmo e métrica. O escritor Luiz Geraldo, explica brevemente sobre sua escolha e as características do gênero. “É uma forma de poesia muito esquecida atualmente e que eu gosto muito por ter rima, harmonia e ritmo … que são a base na poesia parnasiana”, explica.

O livro contou com a participação do advogado José Luis Marasco Cavalheiro Leite para a escrita do prefácio e consiste em uma leitura proveitosa para os apreciadores de poesia.

Luiz Geraldo Telesca já publicou vários livros

Sobre o autor

Advogado há mais de 50 anos, o escritor e ex-vereador, Luiz Geraldo Telesca Mota, reside no município de Canguçu no Rio Grande do Sul e tem vínculo forte com a leitura em sua vida, incentivando o fomento ao conhecimento para aqueles ao seu redor.

Dentre outras obras de Luiz Geraldo, estão “A Sabedoria dos Adágios” (2018), “Depressão: Minha Experiência” (2018) e  “Covid-19: Um Breve Estudo” (2020).

PRIMEIRA PÁGINA

COMENTÁRIOS

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: