Início do conteúdo

Pós-Graduação em Computação comemora a centésima defesa

Da esq. para dir.: Ricardo Araujo, Guilherme Netto, Paulo Ferreira, Thainan Remboski, Marilton Aguiar, Marcelo Porto e Bruno Zatt.O Programa de Pós-Graduação em Computação (PPGC) do Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDTec) concluiu, no dia 20 de dezembro, a sua centésima defesa de dissertação/tese, com a defesa de mestrado intitulada “Uma proposta integrada de software e hardware para monitoramento de insetos-praga em plantações na forma de uma armadilha inteligente”.

O trabalho foi desenvolvido pelo aluno Thainan Bystronski Remboski e orientado pelo professor Marilton Sanchotene de Aguiar.

Segundo o coordenador do PPGC, professor Marcelo Schiavon Porto, “Este é um momento importante. Nosso Programa ainda é jovem, mas já atinge esta grande marca na formação de recursos humanos em nível de pós-graduação. Além disso, este ano também marcou a história do PPGC com as suas primeiras teses de doutorado concluídas”.

Desde a abertura do Programa em 2010, com curso de mestrado, o PPGC já formou 94 Mestres. Em 2015/2, tornou-se o único PPG em Computação do interior do Rio Grande do Sul a oferecer o curso de doutorado, sendo que, neste ano, formou seus primeiros seis Doutores em Computação.

Atualmente, o PPGC conta com 72 alunos de doutorado e 42 alunos de mestrado. Além disso, foi criado um programa de Doutorado Interinstitucional, junto ao Instituto Federal Farroupilha, buscando contribuir com a qualificação docente naquela instituição. O corpo docente do Programa é composto por 25 docentes que atuam em cinco linhas de pesquisa.

As pesquisas desenvolvidas no Programa têm tido importante impacto internacional, gerando publicações qualificadas em periódicos e eventos científicos. O PPGC também tem contribuído de forma expressiva na formação de pessoas na área de Computação, com egressos atuando em diversas instituições de ensino do Estado e do Brasil. Seus docentes, alunos e egressos também têm atuado no fomento ao desenvolvimento tecnológico, contribuindo com a Incubadora Conectar, com o Parque Tecnológico de Pelotas e na criação de startups.

A primeira defesa do mestrado foi do servidor da UFPel, Henrique Vianna, em dezembro de 2012. A dissertação teve como título “Desenvolvimento de Hardware para a Transformada Rotacional 8×8 com Foco na Codificação de Vídeos Digitais de Altíssima Resolução” e teve orientação do professor Luciano Agostini.

O trabalho realizado foi um projeto de hardware dedicado à execução de uma das várias etapas do padrão de codificação de vídeo HEVC ou H.265. De acordo com Vianna, na época o padrão HEVC estava em fase final de especificação e hoje é utilizado em smartphones, televisores, consoles de vídeo games e outros dispositivos de uso doméstico e pessoal. Ao lembrar do tempo em que realizou o mestrado, Vianna destaca a competência e dedicação do seu orientador e dos demais professores do programa. “O mestrado melhorou minha capacidade de organização, de documentar projetos e de expor ideias. Conhecimentos e habilidades que me serão úteis por toda vida, mesmo longe da área acadêmica”, disse.

Já a primeira tese de doutorado do Programa foi defendida em abril de 2019. Com o título “Análise da solução de equações lineares com coeficientes intervalares em diferentes aritméticas intervalares”, Alice Finger analisou as soluções de equações lineares com coeficientes intervalares em diferentes aritméticas, analisando resultados numéricos e complexidade computacional, tendo em vista que limitações na representação numérica no computador já ocasionaram diversos problemas, como falha no lançamento de mísseis e explosão de foguetes. A matemática intervalar surgiu como alternativa para alcançar uma maior exatidão nos resultados numéricos.

A pesquisa teve orientação da professora Aline Brum Loreto. “Ter sido a primeira doutora do Programa de Pós-Graduação em Computação foi extremamente gratificante, principalmente por ter concluído minha trajetória acadêmica, graduação, mestrado e doutorado, em uma instituição pública e de alta qualidade que é a UFPel. O doutorado foi uma etapa importante para agregar na minha profissão de professora universitária e espero que possa inspirar outras mulheres nessa área ainda com pouca representação feminina”, revelou Alice.

Fonte: http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2019/12/26/pos-graduacao-em-computacao-comemora-a-centesima-defesa/

Publicado em 26/12/2019, em Notícias.