Podcasts quarenteners: companhia e diversão para tempos difíceis

Por Júlia Müller

Produções pelotenses ganham destaque nas redes sociais

Diante do isolamento social, muita gente se viu sozinha, solitária, seja de maneira física ou psicologicamente. E para afagar esse sentimento proporcionado pela pandemia da Covid-19, o entretenimento foi uma das saídas para se reconectar com o mundo. Novos projetos bombaram em todos os cantos das mídias sociais, e entre os perfis dos pelotenses na rede, não foi diferente.

Seguindo a tendência mundial, os podcasts surgiram por aqui também. Um dos programas criado na quarentena foi o “Tirando o Sapato”, apresentado pelas amigas Bruna Rössler, Quetelim Andreoli, Thaís Leivas, Bruna Mendes, Eliandra Cedres e Karina Kruschardt. O programa tem uma pegada de temas puxados para as pautas LGBTI+, com foco especial nas ‘sapabis’- mulheres lésbicas e bissexuais.

As amigas explicam como o programa surgiu nas redes sociais: “Foi em uma viagem que fizemos juntas no fim de 2019. Com a quarentena, sentimos falta das nossas conversas e decidimos criar o podcast para manter a nossa proximidade, além de compartilhar as nossas trocas com o mundo”. O objetivo do “Tirando o Sapato” é bem o que diz o nome: tocar naqueles assuntos que apertam o sapato. 

Ao longo dos dez episódios da primeira temporada viraram pauta assuntos como dates e flertes pelo Tinder, signos, Setembro Amarelo, bissexualidade e representação no audiovisual. Um dos destaques é o terceiro episódio, que aborda a Teoria do Carreteiro – uma reflexão acerca dos términos de relacionamentos, inícios e tempo de superação.

No Instagram do programa, os temas vão além da divulgação dos episódios. São posts com informações históricas do movimento lésbico, reflexões sobre heteronormatividade, saúde mental e muito mais. Apesar do anúncio de breve pausa das atividades de streaming, mais de 1,3 mil pessoas acompanham as publicações. E falando em números, a conquista de público em pouco tempo foi bastante expressiva: os programas tiveram mais de um kbyte de plays e alcançaram pessoas em mais de cinco capitais Brasil afora.

> Ouça o Tirando o Sapato
> Acompanhe pelo Instagram

Equipe do Tirando o Sapato usa Instagram como meio de divulgação do podcasts e de temas LGBTI+

Podcasts teatrais
Outro projeto que merece destaque são os dois podcasts estreados pela Você Sabe Quem Companhia de Teatro. Com temáticas diferentes, ambos têm como objetivo fomentar a rica cultura teatral de Pelotas. O “Art em Pauta!” entrevista artistas pelotenses, revelando os planos para o futuro, anseios e debatendo o atual momento. Já o “Quem matou Regininha de Andrade?” é uma radionovela, até agora com três episódios.

No “Art em Pauta”, que por ora foi pausado nos streamings, foram entrevistados artistas como os atores Thalles Echeverry, Thairone Arteiro, Flávio Dornelles, Lucas Galho, a contadora de histórias Mariposa Arteira, as atrizes Brenda Seneme, Ingrid Duarte, Aline Cotrim, a ativista e conselheira do Conselho Municipal de Direitos LGBTI+ Márcia Monks e o agente cultural responsável pela plataforma Fio da Navalha, Luís Gonçalves.

Durante os meses de pandemia, a trupe seguiu com as atividades, trabalho essencial para manter a arte viva em tempos tão complicados. No Instagram, um programa de contação de histórias também teve início, além do humorístico “Os piores do mundo”.

A Você Sabe Quem Cia. de Teatro foi criada em 2013, por quatro atores e, na época, estudantes do curso de Teatro (Licenciatura) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Em 2014, em parceria com a Bibliotheca Pública Pelotense, foram iniciadas as oficinas de linguagens teatrais. Atualmente o grupo é composto por: Aline Cotrim, Caio Tavares, Damaris Cogno, Diego Carvalho, Eduarda Bento, Evelin Suchard, Giovan Lautenschlager, Isabele Vignol, Iago Mattos e Thalles Echeverry.

> Ouça o “Art em Pauta”!:

> Ouça o Quem matou Regininha de Andrade?:

> Acompanhe a Você Sabe Quem CIA de Teatro pelo Instagram

Dez entrevistas com artistas e ativistas da arte pelotense estão disponíveis no podcast

PRIMEIRA PÁGINA

 COMENTÁRIOS:

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: