Início do conteúdo

História do Curso de Nutrição da Universidade Federal de Pelotas

CRIAÇÃO E RECONHECIMENTO DO CURSO
Criado pela portaria 04/1975 do Ministério da Educação do Governo Federal.
O curso foi reconhecido pela Portaria nº 083 de 16/01/1981 do Ministério da Educação. Publicado no D.O.U. de 20/01/1981.
Renovação do reconhecimento pela Portaria nº 111 de 04/02/2021 do Ministério da Educação. Publicada na Seção 1, página 136 do D.O.U. de 05/02/2021.
HISTÓRICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO
A Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Pelotas teve sua origem, com a criação do Curso de Nutrição, através da portaria de número 04 de 07 de janeiro de 1975 do Ministério da Educação/Governo Federal publicada no Diário Oficial da União, em 21 de janeiro do mesmo ano.
Foi o primeiro Curso Federal da região sul e o segundo Curso de Nutrição do Estado do Rio Grande do Sul.
A escolha da cidade de Pelotas, para sediar o Curso de Nutrição, se deveu ao fato de na época ser uma das cidades mais prósperas da região, se destacando na produção de grãos e frutas e na criação de rebanhos. Esta vocação agrícola trouxe especialistas em nutrição para estudar a implantação do curso. A constatação de infraestrutura da Universidade e da Cidade, aliada ao interesse do Ministério da Educação e Cultura (MEC) e Instituto Nacional de Alimentação e Nutrição (INAN) em estimular a criação de Cursos de Nutrição, viabilizou a sua implantação.
DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E ALIMENTOS DA FACULDADE DE AGRONOMIA ELISEU MACIEL

O Departamento de Nutrição e Alimentos da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, com um corpo docente formado de agrônomos, veterinários, químicos e economistas domésticas que atuavam no ensino, na pesquisa e na extensão na área de alimentos, deu suporte didático e estrutural para o Curso de Nutrição na área profissional, sendo complementado o quadro docente, por nutricionistas. Quanto à área de formação básica do Curso, foi utilizada a estrutura já existente nas demais Unidades de Ensino da UFPel.
Com a expansão do quadro dos professores nutricionistas, foi criado em março de 1980 o Departamento de Nutrição que passou a pertencer à área da saúde.
CRIAÇÃO DA FACULDADE DE NUTRIÇÃO
Através da portaria do Ministério da Educação e Cultura número 581, de 28 de novembro de 1988, o Curso foi transformado em Faculdade, englobando o Departamento de Nutrição.
MUDANÇA DE SEDE/CRIAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNÓLOGO EM GASTRONOMIA
No ano de 2010, a unidade se transferiu para o Campus Porto, onde teve sua área física ampliada. Neste mesmo ano, foi proposta pelas áreas de Alimentos e de Alimentação Coletiva a criação do Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia a partir da constatação da existência de um mercado de trabalho em franca expansão que busca profissionais competentes com condições não somente de elaborar um cardápio e gerir um restaurante, mas também de atuar de forma polivalente nas áreas de hotelaria, food service, catering, alimentação institucional, bufês, etc.
EXPANSÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO – MESTRADO E DOUTORADO EM NUTRIÇÃO E ALIMENTOS
O PPG em Nutrição e Alimentos iniciou suas atividades com o curso de mestrado em 2010 com 15 alunos e dez docentes permanentes (DP). Desde então a entrada tem ocorrido de maneira regular no mês de agosto com a matrícula em média de 20 alunos por ano, já tendo titulado mais de 100 mestres neste tempo. Em 2017 o PPG em Nutrição e Alimentos obteve conceito 4 na avaliação da CAPES e neste mesmo ano foi enviado um pedido de abertura do programa de Doutorado em Nutrição e Alimentos, que foi referendado pela PRPPGI e ainda está sob avaliação na CAPES.

ADESÃO AO PROJETO REUNI/2008

Desde 2008, quando a Faculdade de Nutrição aderiu ao Projeto REUNI, o ingresso no curso tem sido semestral (50 vagas oriundas do ENEM e 5 do PAVE, perfazendo um total de 55 ingressantes por semestre). A partir do segundo semestre letivo de 2018, passarão a ingressar no curso, 10 alunos pelo PAVE, além dos 50 provenientes do ENEN, perfazendo um total de 60 alunos ingressantes por semestre. Em média, o curso forma anualmente 80 nutricionistas e formou desde seu início 1193 nutricionistas. No último ENADE, o curso obteve nota 3 no exame.

SITUAÇÃO ATUAL DO CORPO DOCENTE E DISCENTE

O Curso de Nutrição atualmente conta com 24 docentes permanentes e 429 alunos matriculados.

Publicado em 07/04/2021, em Sem categoria.