10ª edição do Dia do Patrimônio é realizada em Pelotas

Com o tema “Vozes de Pelotas: O Patrimônio Linguístico”, evento celebrou de 19 a 21 de agosto o Dia Nacional do Patrimônio Cultural   

Por Larrissa Bruno   

                                   Evento movimentou a cidade com o retorno da sua edição presencial                                   Foto: Michel Corvello/Prefeitura de Pelotas

Foi realizado em Pelotas a 10ª edição do Dia do Patrimônio entre 19, 20 e 21 de agosto. Neste ano o evento teve como temática às “Vozes de Pelotas: O Patrimônio Linguístico” que buscou ampliar o debate sobre às diversas formas de falar existentes. A iniciativa atraiu mais uma vez a população para os prédios do Centro Histórico e outros bairros da cidade, estimulando a ocupação e preservação do espaço público. A festividade celebra o Dia Nacional do Patrimônio Cultural, comemorado em 17 de agosto.

Foram realizadas ao todo 115 atividades em diferentes locais do município e cerca de mil estudantes da rede de ensino visitaram prédios e exposições de história e arte durante o evento.

                               Jovens puderam conhecer detalhes da história regional                             Foto: Michel Corvello/Prefeitura de Pelotas

O estudante de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas, Matheus Silva, de 23 anos, veio de Minas Gerais para estudar e adorou a oportunidade do Dia do Patrimônio para conhecer a sua cidade nova de moradia. “Logo quando cheguei no mês de agosto, próximo do evento, fiquei sabendo que alguns prédios históricos estariam abertos para visitação. Fiquei muito empolgando em poder ver a arquitetura dos lugares por dentro e conhecer mais sobre Pelotas – é uma ótima iniciativa”, destacou.

 

                                      Evento reuniu públicos nos principais museus da cidade                                                 Foto: Michel Corvello/Prefeitura de Pelotas 

Entre os prédios para visitação, estiveram o Museu da Baronesa, no bairro Areal, e o Theatro Sete de Abril, no Centro da cidade. Após o processo de revitalização, a sala de espetáculos aguarda os últimos reparos para a reabertura oficial. Também fez parte do evento o Casarão 6, que está fechado para reformas, mas teve parte de seu acervo exposto durante o evento. Já a Catedral Anglicana do Redentor, conhecida popularmente como “Igreja Cabeluda”, com sua fachada coberta por vegetação, abriu as portas pela primeira para visitação guiada no Dia do Patrimônio.

         Patrimônio reúne uma série de obras de arte, objetos, documentos e edificações de relevância cultural       Foto: Gustavo Vara/Prefeitura de Pelotas

A população pôde contar, dentre muitas outras atrações, com a oficina de escavação arqueológica no Museu Histórico da Bibliotheca Pública Pelotense, as exposições “Gamp Feminista – 30 anos de trajetória” e a trajetória de Yolanda Pereira, pelotense que se tornou Miss Universo no ano de 1930. No Casarão 6, foram apresentados o documentário e a mostra “Antônio Caringi”, que apresentou detalhes da vida e obra do artista pelotense, conhecido como o Escultor dos Pampas e é autor da famosa escultura do Laçador, considerado um símbolo rio-grandense.

Evento ocorre há nove anos

O Dia do Patrimônio é celebrado em Pelotas desde 2013 e promovido anualmente pelo Poder Público com objetivo de valorizar a cidade, sua história e raízes culturais, por apresentações de música, dança, teatro e exposições.

As duas últimas edições, em 2020 e 2021, foram realizadas no formato on-line, devido à necessidade de isolamento social causado pela pandemia do coronavírus. Portanto, a décima edição retomou a abertura dos prédios históricos ao público, para promover o debate sobre a importância do patrimônio material e imaterial local.

                    A memória e o resgate histórico  são sempre celebrados a cada edição do evento                      Foto: Gustavo Vara/Prefeitura de Pelotas

Emocionada, a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, declarou: “Estarmos juntos novamente, após o distanciamento de dois anos imposto pela pandemia, [este momento] carrega um significado especial: nossa história foi marcada por adversidades, mas principalmente, por superações”.

PRIMEIRA PÁGINA

COMENTÁRIOS

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: