Rio-grandino Léo Handpan inova com instrumento musical incomum  

Por Paulo Marques   

Artista adotou para si o nome do artefato handpan, que é de origem europeia e tem referências indiana e caribenha

Léo Handpan homenageia com seu pseudônimo o seu instrumento musical favorito   Foto: Reprodução Facebook

Leonardo José Domingues Leopoldo é um músico rio-grandino que nunca se conformou com o mais do mesmo. Aficionado pela música e mais especificamente pela bateria, em 1995 começou os estudos para tocar o instrumento. Já no ano seguinte, juntamente com alguns colegas da escola, participou da sua banda inicial, a Marca Registrada. Esta foi apenas a primeira das muitas bandas que Léo fez parte na cidade de Rio Grande. Depois dela se sucederam outras tantas, como Proibida, Rajneesh, Duplo Vértice, Stay, Lollypop, Questão X e, por último, em 2012, a banda João Solteiro. Ao longo da sua trajetória, o músico realizou inúmeros shows na região e participou de concursos e festivais, sempre tocando bateria ou percussão.

Depois de mais de 15 anos vivenciando o mundo da música e das apresentações artísticas, resolveu dar um tempo. Não que tivesse enjoado ou cansado, mas sim motivado por necessidades pessoais, seja pelo trabalho, afinal não é um músico profissional, ou pela família, que passou a lhe demandar mais tempo. Porém, sempre antenado ao que de novo acontecia no cenário musical, começou a se interessar por um instrumento de percussão incomum e que lhe fazia sonhar em voltar a fazer aquilo que tanto gosta, tocar.

Léo passou então a aprofundar a pesquisa por um instrumento não muito comum por aqui, o handpan. Em 2017, descobriu no Brasil um fabricante e conseguiu adquirir o seu. A partir daí, a vontade em criar e fazer novas experimentações fazem parte da sua rotina, tanto que Leonardo Leopoldo se rebatizou como Léo Handpan. É como se estivessem nascidos juntos, o músico e o instrumento não se separam, são confidentes e companheiros nas mais diversas ocasiões.

Com a dificuldade de conciliar sua vida pessoal, profissional e musical, Léo desistiu, pelo menos por enquanto, de participar de uma nova formação de banda. É complicado, diz ele, juntar a galera para tocar, pois cada um tem seus compromissos. Desta forma, o handpan lhe permite investir em um projeto solo. Neste seu novo momento, primeiramente começou a fazer versões de músicas de sucesso utilizando o novo instrumento, tentando trazer a sua sonoridade para um público mais amplo, que se identifica mais facilmente com uma música conhecida. Um exemplo é a música “In the End” da banda estadunidense Linkin Park, o seu primeiro trabalho adaptado. O clipe da sua versão no handpan já possui mais de 25 mil visualizações na plataforma Youtube e ela foi utilizada para a produção de um trailer de um documentário chileno sobre a cultura do Peru. Esta bela curiosidade talvez seja motivada pela inegável sonoridade de um ambiente andino ao qual o handpan remete.

O trabalho autoral e a música “Cassinero”

Além de instrumentista de percussão, Léo também se aventurou na composição musical. A música “Cassinero” nasceu em meio a uma noite de sono, quando acordou com uma sonoridade na cabeça e uma parte da letra em mente, que rapidamente foi passada para o papel. Lançada no ano de 2019, a música valoriza a cidade de Rio Grande e, especialmente, o balneário Cassino, com sua orla de praia, os molhes da barra, as vagonetas, entre outras características locais. Léo é muito apegado às suas origens e conseguiu falar um pouco das suas vivências através desta composição, além de ser um gesto de reconhecimento e gratidão com a sua terra natal. Para ele, o Cassino é um lugar onde relaxa, encontra inspiração, diverte-se, e que está sempre aberto para a população desfrutar dos seus encantos.  

Sempre ligado ao estilo do rock, hoje Léo faz versões de músicas conhecidas para a sonoridade do handpan. O músico lamenta a falta de espaços locais para divulgar os trabalhos. Se já eram poucos antes da pandemia, a tendência é de que a situação se torne ainda pior em um futuro próximo. Por outro lado, as mídias associadas à internet possibilitam que a divulgação de um trabalho extrapole o perímetro local e possa ser conhecida em qualquer lugar do mundo.

O Handpan

               Artefato musical possui um formato que lembra uma nave espacial                     Foto: Reprodução Facebook

Este instrumento foi criado na Suíça por Felix Rohner e Sabina Schärer, sendo apresentado em 2001, após mais de dez anos de estudos em relação ao seu formato e aos seus sons. A inspiração se deu pela mistura de instrumentos de origem indiana com outro utilizado em Trinidad e Tobago. O handpan é tocado com as mãos e possui um formato que lembra uma nave espacial. De acordo com os seus criadores, o que mais fascina as pessoas é o efeito relaxante do seu som instrumental. Pode, inclusive, causar benefícios à saúde, tanto que é utilizado em sessões de meditação, relaxamento e yoga. O instrumento que Léo possui é de uma marca brasileira, fabricado em Minas Gerais pelo gaúcho formado em música pela UFPel, Giancarlo Borba.

Como projetos para o futuro, Léo Handpan tem o desafio de tentar popularizar um pouco mais o instrumento, fazendo com que ele não se restrinja apenas ao público que busca os benefícios relaxantes. Para isso, pretende seguir fazendo versões musicais através de covers e indo aos poucos introduzindo composições autorais no repertório para criar a sua própria identidade com o instrumento. Além disso, pretende elaborar uma forma de apresentação com o handpan, provavelmente com a participação de outros músicos e com elementos de música eletrônica, levando assim a sonoridade do instrumento a um público maior e mais abrangente.

Quem sabe, então, em algum evento musical próximo, você não se depare em meio ao palco de apresentação de uma banda com um instrumento em formato de disco voador que possui um som que irá lhe transportar mentalmente para um outro mundo.

O trabalho do músico rio-grandino pode ser acompanhado pelas suas mídias sociais como o Facebook, Instagram ou ainda pelo canal do Youtube.

Versão da  música “In the End” já tem mais de 25 mil visualizações no Youtube   Foto: Reprodução Facebook

 

PRIMEIRA PÁGINA

COMENTÁRIOS

Que lindo, Leo Handpan merece esse reconhecimento!

Maria Lucia dos Santos Bezerra

Esse cara além de talentoso é um baita ser humano.
Sucesso eterno meu amigo…

Liane Guadalupe

Muito legal a matéria, eu não conhecia esse instrumento, pra quem curte arte foi uma excelente matéria. Parabéns ao jornalista e músico pela iniciativa.

Michele Vieira

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: