“Na linha dos pés”: um documentário revelador

Filme ajuda a compreender a visão de mundo de uma criança com autismo

Diogo Funari Di Lucia

     O autismo é um transtorno de desenvolvimento que compromete as habilidades de comunicação e interação social. Geralmente aparece nos três primeiros anos de vida, quando se nota nas crianças dificuldades em brincar de faz de conta, interagir e se comunicar. Com o crescimento, os sintomas mais comuns são a dificuldade em iniciar ou manter uma conversa e complicações na resposta a informações sensoriais.

O distúrbio, apesar de ser pouco comentado, é mais comum do que se imagina. Pensando nisso, alunos do curso de Cinema da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) estão desenvolvendo o documentário “Na Linha dos pés” com o intuito de expandir o conhecimento sobre a patologia.

Documentário feito em Florianópolis acompanha dia a dia da vida de Heitor

“Na linha dos pés” é um documentário observacional sobre um menino com autismo chamado Heitor. Tenta mostrar a experiência dele com o ambiente através dos sentidos, e suas relações afetivas com pessoas próximas, em especial a sua mãe.

De acordo com Arthur Feltraco, um dos editores do documentário, a equipe teve a oportunidade de conhecer detalhadamente como funciona a visão de mundo de uma criança com essas dificuldades. Uma experiência completamente diferente de tudo que já haviam visto, resultando nesse filme ao passar para a tela as descobertas de mundo feitas de maneira única pelo menino.

O filme produzido por Lívia Arouche e Graziele Cardozo não pretende ser didático, adotando um ritmo calmo e um olhar sensível. Deve sobrepor as suas linhas àquelas trazidas pelos espectadores na apreciação do resultado nas telas.

O documentário foi gravado em Florianópolis no período de duas semanas e feito para ser entregue pelos alunos como trabalho prático de conclusão de curso, na faculdade de Cinema e Audiovisual da UFPel.

PRIMEIRA PÁGINA

COMENTÁRIOS

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: