Terror para dar risadas

Texto de Roberta Pereira –

Televisão – Crítica – 

 

Drew Barrymore e Timothy Olyphant protagonizam a nova história de zumbis que estreou  dia 3 de fevereiro

       A nova comédia da Netflix, Santa Clarita Diet, estreou dia 3 de fevereiro e vem trilhando um caminho que vem motivando o público. Aclamada pelos espectadores e crítica especializada a série original da Netflix foi anunciada poucos meses antes de sua estreia, mas sem causar muitas especulações em torno de sua história. Sabíamos que se travaria de uma comédia zumbi estrelada pelos atores Drew Barrymore e Timothy Olyphant.

      A trama é simples, Sheila (Barrymore) e sua família, composta também por Joel (Olyphant) e Abby (Liv Hewson), passam em um complicado período em suas vidas. Sheila e Joel vivem na pacata Santa Clarita, cidade do subúrbio de Los Angeles, ambos são corretores de imóveis e vivem vidas tranquilas, até que um dia muda tudo. Depois de passar mal pela manhã, Sheila vomita tudo, inclusive seu coração, e morre, virando uma morta-viva. Ela se sente melhor, mais ativa, com mais energia e disposição. O problema é que tudo isso vem da sua nova alimentação: carne humana. Inicialmente, ninguém sabe ao certo o que está acontecendo e a palavra zumbi é usada com muita cautela, até porque a situação é muito nova para todos os envolvidos e a transformação de Sheila não se encaixa exatamente nos moldes da mitologia zumbi que conhecemos.

     Talvez este seja um dos fatores do sucesso da série, pois o mercado vem saturando a imagem do zumbi tradicional em suas produções. Em Santa Clarita Diet, essa figura é tratada diferente. Uma mulher que vira zumbi tenta conviver com isso. Vive em meio aos humanos, tentando se adaptar com sua nova vida. A série possui uma pegada realista o que a deixa ainda mais engraçada pelo fato de assimilar coisas tão habituais do cotidiano com a total fuga da realidade.

     A quantidade de sangue é proporcional à quantidade de humor negro presente na série, apesar de sua trama simples, ela acaba surpreendendo. Não pense que é apenas uma série superficial, Sheila e sua família enfrentam dilemas diários, diante de sua nova realidade. Pena de suas vítimas, valores e vida familiar são algumas das temáticas que deixam a série com mais cara de realidade.

     Ainda é cedo para falar de uma continuação. Nesta primeira temporada, a série vem com apenas dez episódios, deixando um gostinho de quero mais. Mas, devido ao grande sucesso, podemos esperar sua segunda temporada.

PRIMEIRA PÁGINA

COMENTÁRIOS:

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: