Início do conteúdo

MME apresenta resultados da Rede de Aprendizagem de Eficiência Energética em Edifícios Públicos

MME promoverá webinar no dia 25 de junho com representantes de 17 instituições públicas participantes da RedEE.

Para apresentar os resultados obtidos pela Rede de Aprendizagem em Eficiência Energética e Geração Distribuída em Edifícios Públicos (RedEE Edifícios Públicos), o Ministério de Minas e Energia (MME) promoverá webinar no dia 25 de junho, às 9h, em seu canal do YouTube.

O evento contará com a presença de representantes das 17 instituições públicas participantes da RedEE. Nas apresentações, serão realizados debates, conversas, vídeos com feedbacks dos participantes, casos de sucesso em ações de eficiência energética e geração distribuída, entre outras ações.

A RedEE Edifícios Públicos foi criada com intuito de fomentar a eficiência energética por meio da capacitação e troca de experiências entre instituições públicas. Durante 24 meses, órgãos participantes receberam acompanhamento técnico para analisar seus consumos de energia e implementar medidas de eficiência energética e uso de fontes renováveis, como a energia solar.

A RedEE é coordenada pelo MME e pela Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, como parte do Projeto “Sistemas de Energia do Futuro”.

Confira a agenda do webinar:

9h00 – Abertura pelo Ministério de Minas e Energia e Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit

9h10 – Apresentação da RedEE, seus objetivos e os resultados alcançados

9h20 – Passo a passo da RedEE na visão do participante

9h30 – A RedEE como potencializadora de ações de eficiência energética em instituições com abrangência nacional

9h40 – Perguntas e respostas

________________________________________________________________________

Esta notícia não é de autoria do Proben, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.

Publicado em 24/06/2021, em Notícias.