Início do conteúdo
    Notícias
  • Prof. Rodolfo Bertoncello, da UBA, fala sobre turismo urbano e patrimônio

    Em uma promoção conjunta entre o Laboratório de Estudos Urbanos (LEUR), por intermédio do Grupo de Estudos Paisagens em Movimento, com o Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural do ICH/UFPEL, dentro do programa CAPES/PRINT/UFPEL, “Alimentação, Cultura e Identidade” ocorre a palestra do professor Rodolfo Bertoncello, da Facultad de Filosofía y Letras, Instituto de Geografía, da Universidade de Buenos Aires, Argentina.

    A palestra do professor Bertoncello tem como título “Turismo Urbano. Nuevas Tendencias e implicancias socioterritoriales: El caso de Buenos Aires. Trata-se de tema no qual o professor possui larga experiência acadêmica e de pesquisa. Entre as diversas publicações em eventos, revistas e livros cabe destacar o livro, de 2008, intitulado “Turismo y Geografía. Lugares y patrimonio natural-cultural de la Argentina”, que possui excelente repercussão na comunidade científica que trabalha com esses temas.

    A palestra do professor Bertoncello ocorre no dia 11 de janeiro de 2021, às 19 h, com transmissão ao vivo pelo Canal YouTube do Laboratório de Estudos Urbanos e Regionais. Acesse pelo link: https://youtu.be/mSgdKLA5HKM .

  • Professora Claudia Troncoso, UBA, fala sobre turismo, patrimônio e alimentação

    Em uma promoção conjunta entre o Laboratório de Estudos Urbanos (LEUR), por intermédio do Grupo de Estudos Paisagens em Movimento, com o Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural do ICH/UFPEL, dentro do programa CAPES/PRINT/UFPEL, “Alimentação, Cultura e Identidade” ocorre a palestra da professora Claudia Alejandra Troncoso, da Facultad de Filosofía y Letras, Instituto de Geografía, da Universidade de Buenos Aires, Argentina.

    A palestra da professora terá sua apresentação coordenada pelo professor Sidney Gonçalves Vieira, do Departamento de Geografia LEUR/ICH/UFPEL e contará com o apoio do professor Dione Dutra Lihtnov e da professora Laura Ibarlucea Dallnona, integrantes do Grupo de Estudos.

    O tema abordado será “Turismo, alimentos y valorización de especificidades geográficas. Experiências en el norte de la Argentina”. A transmissão será feita no dia 17 de dezembro de 2020, a partir das 19 h, no Canal do YouTube do LEUR, que pode ser acessado no seguinte link: https://youtu.be/b3iWYHETRfI

     

     

     

  • Prof. Márcio Ornat falou sobre Prostituição Travesti e Espaço Urbano

    No último dia do XVI Seminário de Estudos Urbanos e Regionais, em 03 de dezembro de 2020, o professor Márcio José Ornat, da universidade Estadual de Ponta Grossa, proferiu a palestra intitulada “Prostituição, Espaço Urbano e Práticas de Resistência Travesti”.

    A partir de uma abordagem geográfica, o professor Márcio analisou os territórios da prostituição e dados da violência contra travestis. O professor fez uma análise de categorias discursivas instituidoras do território descontínuo paradoxal na vivência travesti, baseado em amplo trabalho de campo realizado no Brasil e na Espanha. A partir daí, analisou os territórios descontínuos configurados segunda as categorias: fatores motivacionais de deslocamento; fatores espaciais de conectividade; fatores estratégicos de deslocamento; e, fatores de controle do território da prostituição.

    A palestra do Professor Márcio Ornat pode ser visualizada na íntegra no Canal do LEUR no YouTube. Acesse AQUI.

  • Profa. Louise Alfonso fala da vida às margens da cidade

    No dia 02 de dezembro de 2020 teve continuidade o XVI Seminário de Estudos Urbanos e Regionais, coma palestra da professora Louise Prado Alfonso intitulada “Margens: múltiplas formas de ocupar, habitar e resistir no Espaço Urbano.

    A professora, do Departamento de Antropologia do ICH/UFPEL, analisou as estratégias e os mecanismos de resistência adotados por grupos marginalizados na sociedade.

    A professora coordena o projeto de pesquisa “Margens: Grupos em Processos de Exclusão e suas Formas de Habitar Pelotas/RS”, é desenvolvido no Grupo de Estudos Etnográficos Urbanos (GEEUR), da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O projeto Margens articula ensino, pesquisa e os projetos de extensão Narrativas do Passo dos Negros: Exercício de Etnografia Coletiva para Antropólogos/as em Formação, o Terra de Santo: Patrimonialização de Terreiro em Pelotas/RS e o Mapeando a Noite: O Universo Travesti.

    Com o objetivo de discutir a diversidade que dá forma à Pelotas, visando valorizar os diversos modos de vida dos grupos que habitam Pelotas, a palestra se desenvolveu mostrando aspectos teóricos e práticos da análise proposta.

    Mais informações sobre o Projeto Margens podem ser obtidas na página do evento, disponível AQUI

     

     

    A palestra da professora Louise está disponível na íntegra no Canal do LEUR no YouTube e pode ser acessada pelo link AQUI.

     

  • Profa. Maria Adélia de Souza abriu o XVI SEUR

    A professora Maria Adélia de Souza deu início aos trabalhos acadêmicos no XVI Seminário de Estudos Urbanos e Regionais, no dia 01 de dezembro de 2020.

    A palestra intitulada Crises, Conflitos e Alternativas no Espaço Urbano Brasileiro teve uma fala de aproximadamente 4 horas, durante a qual a professora teceu uma série de análises acerca do papel da Geografia e do profissional de Geografia no enfrentamento concreto da realidade brasileira.

    Fortemente apoiada no referencial analítico proposto pelo Prof. Milton Santos, a professora Maria Adélia utilizou-se de um arcabouço teórico e metodológico invejável para dar sustentação ao desafio proposto de atuar na transformação das desigualdades existentes no Brasil e no mundo.

    A programação do dia contou também com a apresentação da professora Solange de Oliveira, homenageada com o Prêmio Professor Mário Rosa do Mérito Acadêmico em Geografia, cujo detalhamento consta em post anterior.

    Também fez parte da programação a apresentação do livro do Professor Sidney Gonçalves Vieira, A Cidade e Seu Centro.

    Assista na íntegra a programação do dia 01/12/2020 nos canais do LEUR no  Facebook e YouTube e participe de toda nossa programação.

    Link no Facebook

     

  • Professora Solange de Oliveira recebe o IX Prêmio Prof. Mário Rosa de Mérito Acadêmico em Geografia

    Professora Solange de Oliveira no momento em que recebeu o Prêmio Prof. Mário Rosa das mãos do Professor Tiarajú Salini Duarte, um dos coordenadores do LEUR.

    Em 2020, na nona edição do Prêmio Professor Mário Rosa de Mérito Acadêmico em Geografia, a homenagem foi atribuída à professora Solange de Oliveira. Trata-se de uma homenagem que reconhece o mérito e a carreira de dedicação ao ensino da Geografia levado por Sol. Formada em Licenciatura em Geografia pela UFPEL, mestra em Geografia pela FURG, integra o Laboratório de Estudos Urbanos e Regionais, tendo participado da organização de dois SEUR e está presente sempre nos eventos da Geografia. Além disso, em 2015, a professora Solange de Oliveira recebeu o Prêmio Professor Mário Rosa na categoria melhor dissertação. A Homenagem Especial reconhece a importância da professora, mulher,  negra e militante que, para leurianos e leurianas, nunca será invisível.

    Assista à entrevista da Professora Solange de Oliveira no Canal do LEUR no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=dpXt8aBG6Q4&t=301s

    Conheça mais nossa homenageada por intermédio do seu currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1746652930249541

     

  • Palestra com Prof. Cláudio Santos inaugura canal da ReBECCa no YouTube

    O Professor Dr. Cláudio Ressurreição dos Santos, membro da Rede Brasileira de Estudos Geográficos sobre Comércio e Consumo fará a primeira transmissão ao vivo pelo canal da ReBECCa no YouTube. O evento servirá para o lançamento do canal que se prepara para transmitir o I Encontro Nacional de ReBECCa, em maio de 2021.

    A atividade faz parte do Grupo de Estudos Paisagens em Movimento, coordenado pelo professor Sidney Gonçalves Vieira, também membro da ReBECCa, onde são feitas discussões com alunos dos Cursos de Graduação em Geografia e Mestrado em Geografia e do Mestrado e Doutorado em Memória Social e Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

    A live será na quarta-feira, 28 de outubro de 2020, às 19h e terá como tema “A Reprodução das Relações Sociais de Produção no Contexto da Sociedade Urbana”, Segundo o professor Cláudio, será uma oportunidade para discutir com os colegas e estudantes as teorias e conceitos de Henri Lefebvre acerca da produção do espaço social.

    Veja mais informações sobre o Professor Cláudio Ressurreição dos Santos:

    Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS (1998), Especialista em Geografia do Semi-Árido Brasileiro pela Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS (2003), Mestre em Geografia pela Universidade Federal da Bahia – UFBA (2009), Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista – UNESP – Rio Claro (2015)). Atualmente é professor da Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana – UNEF e professor da Rede Pública do Estado da Bahia. Pesquisador dos Grupos de Estudos sobre Comércio e Consumo (NECC) da UNESP – Rio Claro . As Cidades e o Urbano da Universidade do Estado da Bahia (UNEB/Campus V) . Grupo de Pesquisa em Geografia e Movimentos Sociais – (GEOMOV) – UEFS. Membro da Rede Brasileira de Estudos Geográficos sobre o Comércio e Consumo, ReBECCa. Tem experiência na área de Geografia Humana, com ênfase em Geografia Urbana, Geografia Econômica, Geografia do Comércio e Consumo, atuando nos seguintes temas: produção do espaço de comércio e consumo, cotidiano e formas de comércio.

     

    Participe, a transmissão ocorrerá no Canal da ReBECCa no YouTube. Siga o link:

    https://www.youtube.com/channel/UCXusWdy7U7fPbSnq8eHOjnQ?view_as=subscrib

  • Professor Sidney Gonçalves Vieira lança o livro A Cidade e seu Centro

    LANÇAMENTO VIRTUAL

    O Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Pelotas promove na terça feira (29/09/20), durante o PPGeo Ao Vivo, o lançamento do livro do professor Sidney Gonçalves Vieira: A Cidade e seu Centro.

    O lançamento será feito de maneira virtual pelo canal Mestrado Geografia UFPel no You Tube PPGeo ao Vivo, que pode ser acessado pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=wliYpgOz2Lw

    O professor Sidney se encontra afastado da UFPEL, na condição de professor visitante, realizando estágio de pós-doutorado no Instituto de Geografía da Facultad de Filosofía y Letras da Universidad de Buenos Aires, na Argentina.

    ACERCA DO LIVRO

    O livro A cidade e seu centro analisa o centro da cidade. Parte de um pressuposto metodológico dialético e descreve o resultado de pesquisa que teve como foco a cidade de São Paulo. A partir daí, estabelece os pressupostos para que se possa compreender o centro de uma cidade no contexto da reprodução do espaço urbano no modo de produção capitalista. Considera que o capitalismo sobrevive à passagem do tempo por intermédio de uma série de metamorfoses que tratam de adaptar as relações sociais de produção em cada momento histórico para que não pareçam como são. Assim, o autor analisa como parcelas da sociedade buscam incorporar valor objetivo ao centro a partir da espetacularização histórica do patrimônio e identifica as maneiras pelas quais promovem a requalificação do espaço com vistas a manter os ganhos dos investimentos realizados. Demonstra como a paisagem contém a história de todo esse processo, descrevendo o presente, datando o passado e apontando para o futuro.

    De acordo com o professor Sidney “o livro é resultado de um longo trabalho de pesquisa sobre a cidade de São Paulo, mas não é apenas sobre São Paulo. Ao me dedicar ao tema do centro da cidade, São Paulo tornou-se um exemplo eloquente do método proposto: uma análise dialética da realidade, capaz de utilizar de maneira crítica referenciais da Geografia para o conhecimento da reprodução do espaço urbano”.

    Sobre a base de dados contida no livro “preferi não fazer atualizações, pois isso significaria refazer um levantamento meticuloso cuja base de dados talvez seja muito difícil de reencontrar. Por isso, mantive as informações tais quais foram obtidas, com pequenas correções estritamente necessárias. Os dados são importantes para a compreensão de uma dada realidade em um momento específico, mas não para o entendimento do método e da lógica analisada”, disse o professor.

    ONDE COMPRAR O LIVRO

    O livro pode ser adquirido de maneira on line no site da Editora Appris: https://www.editoraappris.com.br  ou da Amazon: https://www.amazon.com.br . O preço de capa é de R$62,00. Durante o lançamento o professor disponibilizará a inscrição para compra direta pelo preço de R$20,00 aos primeiros cinquenta interessados, que deverão informar o nome e e-mail para contato pelo chat do canal durante a transmissão. Nesse caso, o livro deverá ser retirado presencialmente no Laboratório de Estudos Urbanos e Regionais, no Campus II do ICH/UFPEL, na Rua Almirante Barroso, 1202, Complexo de Salas 212, no Centro de Pelotas, em horário a ser agendado.

    OUTRAS PUBLICAÇÕES DO AUTOR

    Este é o quarto livro de autoria exclusiva do professor Sidney, que já publicou pela Editora da UFPel: Pressupostos da Ciência Geográfica: teoria e história do pensamento geográfico até o Século XIX, de 1997; A Cidade Fragmentada: o planejamento e a segregação social do espaço urbano em Pelotas, de 1999; Espacialidades da tecnologia: organização e estruturação do trabalho na cidade, de 2007. Juntamente com o professor Paulo Roberto Quintana Rodrigues organizou o livro: Geografia. Textos, práticas e reflexões, de 2011, contendo textos de diversos profissionais e estudantes sobre o ensino de Geografia. O professor também organizou o livro: Construindo Cidades: o Plano Diretor como experiência de planejamento urbano, de 2012, com capítulos de Sinval Cantarelli Xavier, Rosiéle Melgarejo da Silva e Maria Rheigantz Abuchain. E também organizou o Cadernos de estudos urbanos e regionais: comércio e consumo urbano, de 2009. Em sua produção bibliográfica o professor Sidney conta ainda com capítulos de livros e inúmeros artigos publicados em revistas nacionais e internacionais.

    CURRICULUM VITAE

    O Resumo do Curriculum Vitae do professor Sidney, na plataforma Lattes, apresenta a seguinte descrição.

    Professor Visitante na Facultad de Filosofia y Letras, Instituto de Geografía de la Universidad de Buenos Aires, Argentina. Bolsista de Produtividade em Pesquisa (PQ-2) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Pós-Doutor pelo Departamento de Geografia da Universidade de Barcelona, Espanha (CAPES/FUNDACIÓN CAROLINA), 2011. Pesquisador visitante no Departamento de Geografia da Universidade de Barcelona, Espanha, 2010/2011. Diretor do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas, 1993-1997, 2010-2014 e 2014-2018. Doutor em Geografia, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus Rio Claro, SP, com estágio no Departamento de Geografia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2003). Mestre em Planejamento Urbano e Regional, PROPUR, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997). Especialista em Ciências Sociais – Sociologia, Universidade Federal de Pelotas (1988). Licenciado em Geografia, Universidade Federal de Pelotas (1986). Bacharel em Direito, Universidade Federal de Pelotas (1986). Licenciado em Estudos Sociais (1984). Professor Titular do Departamento de Geografia do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas. Professor Permanente do Mestrado em Geografia da Universidade Federal de Pelotas. Professor Permanente do Programa de Pós Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural (Mestrado e Doutorado), ICH. Professor Colaborador no Mestrado em Geografia da Fundação Universidade Federal do Rio Grande. Coordenador do Laboratório de Estudos Urbanos e Regionais (Leur/ICH/UFPel). Pesquisador das linhas de pesquisa em Geografia Urbana (com ênfase para estudos em requalificação urbana, urbanismo comercial e geografia histórica urbana), Teoria e História da Geografia, Paisagem, Memória Social e Patrimônio Cultural. Membro da Rede Brasileira de Estudos Geográficos Sobre Comércio e Consumo, ReBECCa.

  • Mais um membro do Leur defende Dissertação no Mestrado em Geografia

     

    No dia 18 de setembro, Éverson Gabriel Mesquita da Martha defendeu a dissertação de mestrado intitulada “Avante com Todo o Esquadrão. Geografia do futebol, identidades territoriais e manifestações socioespaciais: estudo de caso sobre o Grêmio Esportivo Brasil, Pelotas, RS.”

    A defesa aconteceu na modalidade virtual no Programa de Pós-Graduação em Geografia, da Universidade Federal de Pelotas. A banca foi composta pelos professores Dr. Tiaraju Salini Duarte, da UFPEL; Dr. Paulo Roberto Rodrigues Soares, da UFRGS, tendo o prof. Dr. Robinson Santos Pinheiro como suplente e o prof. Dr. Sidney Gonçalves Vieira como orientador.

    Captura de tela do Webconf UFPEL durante a defesa.

    Com a defesa, Éverson da Martha, que é membro do LEUR, obteve o grau de Mestre em Geografia.

    A pesquisa teve como objetivo analisar as identidades territoriais e formas de manifestações socioespaciais constituídas junto ao Grêmio Esportivo Brasil, equipe de futebol profissional da cidade de Pelotas, RS, utilizando os conceitos de território e identidade. O tema da dissertação, se insere na área da Geografia Cultural. Para atingir os objetivos propostos da pesquisa, foram realizados questionário e observações, analisando o comportamento, distribuição espacial de torcidas dentro do espaço e dentro do estádio de futebol. Teve como resultados, a construção da identidade através da origem na classe trabalhadora. Quanto ao território notou-se que o Estádio Bento Freitas em dias de jogos não é somente local de jogo, funciona como um refúgio onde pessoas chegam cedo, consomem nos ambulantes ou nos bares em volta, fazem sua festa, transformam aquele espaço em seu território, demarcando-o com bandeiras e faixas deixando claro ali está a torcida xavante.

  • LEUR é parceiro do evento Cidades em Transe

    Cidades em Transe e a Pluralidades do Morar é um evento organizado pelo Margens: Grupos em Processos de Exclusão e suas Formas de Habitar Pelotas/RS, que reúne Projetos de Pesquisa, Ensino e Extensão na Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

    O Cidades em Transe é um evento que chega à sua 4ª edição, mas agora em formato totalmente virtual em razão da nova rotina trazida junto à Pandemia do Novo Coronavírus. O evento discute as Pluralidades do Morar: de quem tem casa, de quem não tem, de quem mora em locais alagadiços, de quem vive o espaço urbano, de quem tem como morada os cemitérios, de quem reivindica por habitação, de quem vive os conflitos territoriais em um sistema econômico que atravessa o morar, da habitação sob perspectivas de gênero, das relações moradia-pandemia e muito mais.

    Serão mais de 20 simpósios temáticos que discutirão sobre as mais diversas formas que a Pluralidade do Morar pode ter como significado. Tudo isso entre os dias 21 e 25 de setembro de 2020.  O evento acontecerá por meio de lives, vídeos, documentários, podcast, apresentações de Banners, e muitos outros elementos que a Comissão Organizadora conseguiu criar para dialogar sobre a temática desta edição.

    O LEUR faz parte da construção do Cidades em Transe e a Pluralidade do Morar como parceiro, Leurianes compõem a grande equipe que está construindo os encontros, e também, estaremos durante o evento em um diálogo ao vivo pelo Youtube, que discutirá sobre o Habitar enquanto forma de apropriação individual e coletiva dos Espaços da Cidade.

    Prestigie também esse grande evento que está recheado de conteúdos e diálogos que pensam o ser, viver e estar nas cidades. Para mais informações, acesse o site oficial Cidades em Transe e a Pluralidade do Morar, e acompanhe as redes sociais do @Geeurbano_ no Instagram e no Facebook.