MAECI recebe candidaturas para programa de bolsa para estudar na Itália em 2022

on

FONTE: https://partiuintercambio.org/bolsas-de-estudo/governo-recebe-candidaturas-para-bolsas-para-estudar-na-italia/

*a CRInter faz apenas a divulgação da oportunidade, qualquer dúvida deve ser encaminhada diretamente ao organizador do edital.

O Ministério das Relações Exteriores italiano (Ministerio degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale – MAECI) está recebendo candidaturas para a edição de 2022/2023 do seu programa de bolsa para estudar na Itália.

A instituição oferece bolsas de estudos para estudantes estrangeiros de alguns países — incluindo Brasil, Angola, Moçambique e diversos países da América Latina — (veja a lista completa abaixo) e cidadãos italianos residentes no exterior, com o objetivo de difundir o conhecimento da língua, da cultura e da ciência italiana no mundo.

O programa do MAECI oferece bolsa para estudar na Itália em diferentes níveis de ensino e âmbitos de estudo de instituições italianas públicas ou legalmente reconhecidas. Isso significa que, se a modalidade de curso que você pretende fazer está entre os beneficiados e a universidade está na lista das universidades do programa, você pode se candidatar para concorrer a uma bolsa do MAECI.

Sobre as bolsas na Itália e os tipos de curso incluídos no programa

O programa de bolsa para estudar na Itália do MAECI abrange diferentes modalidades e durações. As bolsas serão concedidas para candidatos que desejam fazer:

O que a bolsa para estudar na Itália do MAECI cobre?

Os selecionados para o programa de bolsa do MAECI terão isenção das taxas de matrícula universitária. Na Itália as universidades públicas não são gratuitas, e o estudante deve pagar uma taxa anual de matrícula. A isenção só não é válida para os cursos de língua e cultura italiana. Estes exigem o pagamento de uma taxa mensal a cargo do bolsista.

As bolsas para estudar na Itália também incluem um seguro de saúde e o pagamento de um subsídio de 900 euros mensais para cobrir os custos de vida do bolsista no país. Quando existe, a possibilidade de renovação das bolsas é vinculada ao cumprimento do programa de estudos previsto para o ano acadêmico. A bolsa do MAECI não cobre passagem ou custo de visto para os selecionados.

Quem pode concorrer à bolsa para estudar na Itália

No caso dos estudantes brasileiros, a bolsa para estudar na Itália é voltada tanto para aqueles que possuem cidadania italiana (que são considerados “italianos residentes no exterior”) quanto para quem tiver somente a nacionalidade brasileira. Entre os pré-requisitos para participar do programa estão:

  • Diploma universitário compatível com o curso escolhido (tipo ter graduação se você quiser entrar em uma pós ou no mestrado)
  • Ter até 28 anos para entrar no mestrado e fazer um curso de formação profissional ou de língua italiana;
  • Ter no máximo 30 anos para entrar no primeiro ano de doutorado;
  • Ter no máximo 40 anos para realizar um projeto de pesquisa;
  • Para cursos universitários em italiano: possuir proficiência em italiano de nível B2 ou superior (de acordo com o Quadro comum europeu de referência para línguas);
  • Para cursos universitários em inglês: possuir proficiência em inglês de nível B2 ou superior ( TOEFLTOEFL EssentialsIELTS ou outros);
  • Para curso de italiano: possuir conhecimento da língua italiana de nível mínimo A2.

O requisito do idioma deverá ser comprovado na candidatura através de um certificado ou atestado.

Candidatura e seleção para as bolsas para estudar na Itália

A candidatura para a bolsa para estudar na Itália deve ser feita pela internet no Portale Study in Italy foi prorrogada até as 14h (horário da Itália) do dia 9 de junho. É necessário, primeiramente, se registrar, criando um usuário e uma senha, para depois enviar a candidatura.

Os candidatos já precisam ter o aceite do mestrado, doutorado ou curso na Itália que desejam fazer. A seleção será feita pelos órgãos de representação diplomática italiana no país do candidato. Se selecionado, o estudante será notificado e deverá realizar a inscrição na universidade.

É difícil ser aceito em uma universidade italiana?

Entrar na pós-graduação na Itália é bem mais simples do que no Brasil, no caso do mestrado, por exemplo, pois não precisa apresentar um projeto de pesquisa para fazer mestrado na Itália. A seleção é baseada no histórico acadêmico, currículo e às vezes em alguns requisitos específicos. Os cursos normalmente não têm um número fechado de vagas, por isso, podem ser aceitos até estudantes que depois precisem alinhar o currículo fazendo créditos extras. Os cursos a numero chiuso têm vagas limitadas, e a seleção é um pouco menos simples, mas mesmo assim não costumam ser tão concorridas.

Já o “Dottorato di ricerca”, o nosso doutorado, é um curso de terceiro ciclo no qual se adquire uma metodologia de pesquisa científica avançada para fazer uma tese. O Dottorato tem duração de no mínimo três anos e, ao contrário da Laurea Magistrale, a seleção é bem concorrida e difícil e as vagas são bem limitadas. Também são considerados de terceiro ciclo os cursos de residência médica, por exemplo.

Posso acumular a bolsa do MAECI com outras bolsas na Itália?

A bolsa do MAECI é incompatível com qualquer outra bolsa de estudos oferecida pelo governo italiano ou qualquer outra instituição pública italiana, incluindo as bolsas concedidas por autoridades e agências educacionais regionais. A bolsa de estudos pode ser acumulada com outros programas europeus, como Erasmus Mundus, e outras bolsas oferecidas por instituições internacionais, mas não será paga pelos períodos de estudo fora da Itália.

Quando as bolsas do MAECI são pagas

As bolsas do MAECI são concedidas por períodos de 9, 6 ou 3 meses a partir de 1º de novembro de 2022 a 31 de outubro de 2023. Assim é importante ter em mente que os bolsistas não recebem a bolsa de estudos antes de novembro e é importante se preparar financeiramente para arcar com os custos de passagem, hospedagem e alimentação até a primeira parcela da bolsa de estudos ser paga.

Veja mais informações sobre as bolsas
Leia o edital completo
Veja as bolsas de pós na Itália de 2022
As bolsas de curso de italiano 2022