mar 25

Programa Bragecrim

O programa Bragecrim (Iniciativa Brasil-Alemanha para Pesquisa Colaborativa em Tecnologia de Manufatura) tem o objetivo de apoiar e financiar projetos conjuntos de pesquisa entre grupos de pesquisa brasileiros e alemães na área de tecnologia de manufatura avançada.

A principal meta dos projetos aprovados no âmbito do programa é gerar conhecimento tecnológico fundamental, possibilitando o desenvolvimento de soluções inovadoras para o aprimoramento da produtividade, qualidade e sustentabilidade das companhias industriais tanto brasileiras quanto alemãs. Outro importante objetivo é a troca de conhecimento por meio de missões de trabalho e de estudos de pesquisadores/docentes e estudantes de ambos os países.

Benefícios

  • Passagens aéreas, seguro saúde e diárias para docentes brasileiros em missão de trabalho na Alemanha;
  • Até 10 (dez) bolsas de estudos (em todas as modalidades) por projeto nos termos vigentes da CAPES;
  • Recursos de custeio e de capital (aquisição de equipamentos) relacionados às atividades do projeto.

Duração dos projetos

  • A duração prevista é de 2 (dois) anos, com possibilidade de prorrogação por igual período a critério das agências financiadoras.

Mais informações e inscrições em: http://www.capes.gov.br/cooperacao-internacional/alemanha/bragecrim

mar 24

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM TAXONOMIA – PROTAX

A presente Chamada tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do País no âmbito Programa de Capacitação em Taxonomia – Protax. As propostas devem observar as condições específicas estabelecidas na parte II – Regulamento, anexo a esta chamada pública, que determina os requisitos relativos ao proponente, cronograma, recursos financeiros a serem aplicados nas propostas aprovadas, origem dos recursos, itens financiáveis, prazo para execução dos projetos, critérios de elegibilidade, critérios e parâmetros objetivos de julgamento e demais informações necessárias.

 

  • Modelo estruturado Projeto de Pesquisa PROTAX :link
  • Publicacao do DOU Lancamento da Chamada :link

Inscrições até 08/05/2015.

Chamada – PROTAX – 20mar2015

mar 23

Bolsas Santander

Em virtude dos muitos questionamentos a CRInter informa que os tramites para que a UFPel participe das bolsas Santander Luso- brasileiras e Ibero-americanas  está em andamento, então logo o nome de nossa Universidade estará nos formulários de inscrição do Santander.
Os editais internos da UFPel para concorrer a estas bolsas tem previsão de lançamento para maio de 2015.
Quaisquer informações adicionais sobre as bolsas serão divulgadas em nosso site.

mar 18

Programa Geral de Cooperação Internacional – PGCI

Adendo: O projeto PGCI não concede bolsas  de Graduação Sanduíche a nível de graduação para candidaturas individuais, as mesmas podem porventura serem concedidas para pesquisadores que façam parte dos projetos que forem contemplados pelo edital.

Objetivo

Selecionar projetos conjuntos de pesquisa e parcerias universitárias em todas as áreas do conhecimento, além de fomentar o intercâmbio entre Instituições de Ensino Superior e institutos ou centros de pesquisa e desenvolvimento brasileiros e estrangeiros. O programa também objetiva selecionar candidaturas individuais, para casos de candidatos academicamente excepcionais que não possam ser contemplados por editais específicos da CAPES para bolsas no exterior.

Modalidades de benefícios

1 – Projetos de parcerias universitárias

a – Missão de trabalho

  • Diárias
  • Auxílio seguro saúde
  • Auxílio deslocamento
  • Recurso de custeio

Duração: mínimo 7 (sete) e no máximo 20 (vinte) dias, para cada uma das missões.

b – Missão de estudo

Modalidades:

Graduação Sanduíche: duração de 4 (quatro) a 12 (doze) meses.

Benefícios:

  • Mensalidade
  • Auxílio instalação
  • Auxílio deslocamento
  • Auxílio seguro saúde

2 – Projetos conjunto de pesquisa

a – Missão de trabalho

  • Diárias
  • Auxílio seguro saúde
  • Auxílio deslocamento
  • Recurso de custeio

Duração: mínimo 7 (sete) e no máximo 20 (vinte) dias, para cada uma das missões.

b – Missão de estudo

Modalidades:

  • Graduação Sanduíche: duração de 4 (quatro) a 12 (doze) meses
  • Estágio de mestrado: duração de 4 (quatro) a 12 (doze) meses
  • Doutorado sanduíche: duração de 4 (quatro) a 12 (doze) meses
  • Estágio pós doutoral: duração de 3 (três) a 12 (doze) meses

Benefícios:

  • Mensalidade
  • Auxílio instalação
  • Auxílio deslocamento
  • Auxílio seguro saúde

3 – Candidaturas Individuais

Os benefícios previstos na Portaria Capes nº 174/2012 e suas alterações para a modalidade de bolsa solicitada.

Duração dos projetos:

Projetos conjuntos ou parcerias universitárias: 2 (dois) anos, podendo ser prorrogada por mais 2 (dois) anos, conforme critérios de avaliação da DRI/Capes.

Candidatura individual: 1 ano, sendo que a renovação está condicionada ao envio documentação conforme as regras da modalidade de bolsa concedida e à disponibilidade orçamentária da DRI/Capes.

Inscrição:

Projetos conjuntos de pesquisa e parcerias universitárias

  • As inscrições serão gratuitas e feitas exclusivamente pela Internet, de acordo com edital e mediante preenchimento do formulário eletrônico;
  • Os documentos obrigatórios devem ser gerados em formato “PDF”, limitando-se a 5 MB (cinco megabytes), e incluídos, obrigatoriamente, no ato do preenchimento da inscrição na Internet. Recomenda-se evitar o uso de figuras, gráficos, ou outros que comprometam a capacidade do arquivo;
  • As instituições de ensino superior (IES) brasileiras poderão apresentar propostas conjuntamente com outras IES, institutos ou centros de pesquisa e desenvolvimento brasileiros (Propostas em Rede), visando à maximização dos esforços e melhor aproveitamento de seus recursos. Neste caso, a proposta terá apenas um coordenador de projeto;
  • O autor da proposta será o coordenador do projeto, o qual será o responsável por selecionar os participantes da equipe brasileira e fazer a homologação das inscrições dos bolsistas vinculados ao projeto;
  • A análise e seleção das propostas consistem em quatro fases: verificação da consistência documental, análise do mérito, priorização das propostas e decisão final. Todas as etapas têm caráter eliminatório, sendo as três últimas também de caráter classificatório.

OBS: as Candidaturas Individuais deverão apresentar exposição de motivos quanto ao seu destaque acadêmico, quanto à impossibilidade de serem contempladas por outros editais específicos e documentação de aceite oficial por Programa/Instituição de notória excelência acadêmica ou científica do exterior no qual pleiteia financiamento, entre outros documentos relacionados neste edital.

Calendário:

Cronograma Inscrição Resultado: Início das Atividades em:
De 01 de janeiro a 30 de abril do mesmo ano A partir de 30 de julho do mesmo ano Outubro–novembro–dezembro

 

mar 18

Escola de Altos Estudos

Objetivo

A Escola de Altos Estudos tem por objetivo apoiar os Programas de Pós-Graduação de Instituições de Ensino Superior federais, estaduais, confessionais e comunitárias, por meio do fomento à cooperação acadêmica e do intercâmbio acadêmico internacional. Esse apoio se dará por meio da oferta de cursos monográficos intensivos de alto nível, ministrados por docentes e pesquisadores radicados no exterior de elevado conceito internacional.

Modalidades de benefícios

Até o limite de R$150.000,00 por projeto, incluindo:

Recursos de Custeio

  • Material de consumo
  • Serviços de tradução simultânea
  • Infraestrutura de teletransmissão (somente para aluguel de equipamentos)
  • Gravação e legendagem do curso em DVD ou outros meios e transcrição das aulas
  • Passagens aéreas internacionais em classe econômica promocional ou executiva, quando atendidas as condições previstas no Edital.
  • Passagem de trecho nacional, quando a Escola for em mais de uma cidade.
  • Bolsa mensal de disseminação de estudos limitada a até R$24.000,00 por professor convidado

Recursos de Capital

  • Aquisição de acervo bibliográfico

Duração do projeto

Máximo de 30 dias para Escolas com um professor convidado. Máximo de 60 dias para Escolas com dois ou mais professores convidados.

Inscrição

  • As inscrições serão gratuitas e efetuadas por meio do preenchimento do formulário e do envio de documentos conforme consta no edital, exclusivamente via Internet, até 23h59 (horário oficial de Brasília) da data limite do cronograma.
  • Os responsáveis pela inscrição são os Programas de Pós-Graduação interessados, que podem se apresentar em consórcio, sob representação de um professor do departamento do curso.

Requisitos

  • Poderão apresentar projetos no âmbito da Escola de Altos Estudos, Programas de Pós-Graduação stricto sensu, avaliados e reconhecidos pela CAPES.
  • Os projetos deverão conter a assinatura de um representante legal da instituição proponente.
  • Os cursos oferecidos no âmbito da Escola de Altos Estudos poderão contemplar todas as áreas do conhecimento.
  • A Escola de Altos Estudos poderá ser ministrada por um ou mais professores convidados, desde que todos atendam aos requisitos descritos no item 5 do edital.
  • A proposta deverá prever a permanência de cada professor convidado por até 30 (trinta) dias ininterruptos.

    Calendário:

    Chamadas Inscrição Resultado Início das Atividades
    1ª chamada De 1º de janeiro a 30 de abril do ano A partir de 30 de julho do ano Outubro-novembro-dezembro do ano

mar 17

Chamada de Projetos CNPq/CISB/SAAB N º 42/2014 Programa Ciência sem Fronteiras

A presente chamada objetiva selecionar candidatos que queiram desenvolver parte de suas teses de doutorado ou projeto de pós-doutorado, dentro das áreas prioritárias do Programa Ciências sem Fronteiras e nas áreas de pesquisa de interesse da SAAB AB.

 

Inscrições:
  • 08/12/2014 a 15/05/2015

mar 17

Fapergs investirá R$ 9,6 milhões em bolsas de iniciação científica e tecnológica

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), lançou nesta segunda-feira (16) as bolsas de iniciação científica e tecnológica, com o objetivo de popularizar a ciência e qualificar os recursos humanos do Estado. O Programa de Bolsas de Iniciação Científica (Probic) e o Programa de Bolsas de Iniciação Tecnológica (Probiti) vão investir R$ 9,6 milhões em pelo menos 1,9 mil estudantes de graduação.

Além de desenvolver o interesse pela pesquisa científica, as bolsas complementam a formação acadêmica do aluno, priorizando o intercâmbio de conhecimento com os professores. Os recursos – R$ 8 milhões para BIC e R$ 1,6 milhão para Biti – são provenientes da fundação.

Inscrições
As solicitações de cotas devem ser feitas pelas instituições de ensino até 16 de abril. A divulgação das vagas por universidade sai no dia 27 do mesmo mês. O período de seleção dos bolsistas vai de 28 de abril a 19 de junho.

Probic:
Edital e formulários

Probiti:
Edital e formulários

mar 12

Fapergs lança dois editais para a promoção do intercâmbio científico

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs) lançou, nesta quarta-feira (11), dois editais para promover o intercâmbio científico entre pesquisadores. O Auxílio à Organização de Eventos (AOE) e o Auxílio para Participação em Eventos (APE) abrangem encontros de cunho científico, tecnológico ou de inovação, no período de 1º de agosto a 31 de dezembro de 2015, em âmbito nacional e internacional.

O investimento total será de R$ 550 mil, proveniente do orçamento da Fapergs, sendo R$ 400 mil para o AOE e R$ 150 mil para o APE. No primeiro, as propostas serão enquadradas em duas faixas de acordo com o histórico do evento. Eventos novos com menos de dez anos receberão até R$ 8 mil. Os regulares com histórico superior a dez anos terá até R$ 40 mil.

No APE, as propostas serão enquadradas de acordo com o local de realização do evento. Para os realizados no Brasil, o valor será de até R$ 1 mil; na América do Sul, até R$ 1,5 mil; América do Norte, América Central e África, até R$ 3 mil; Europa, até R$ 3,5 mil; e Ásia e Oceania, até R$ 4,5 mil.

A submissão de propostas poderá ser feita até o dia 24 de abril no Sigfapers (sig.fapergs.rs.gov.br).

Confira abaixo o conteúdo dos editais:

1. FORMAS DE APOIO » Abertos » Edital 03/2015 – Auxílio para Organização de Eventos – AOE
2. FORMAS DE APOIO » Abertos » Edital 02/2015 – Auxílio para Participação em Eventos – APE

 

mar 11

Fapergs lança edital em parceria com instituto de pesquisa oceanográfica do Canadá

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs) lançou nesta segunda-feira (9), em parceria com o Institute for Ocean Research Enterprise (Iore), da província canadense de Nova Escócia, um edital para o desenvolvimento de pesquisas, intercâmbio e qualificação de estudantes de pós-graduação na área de ciência e tecnologia do mar. A Fapergs e o Iore vão investir, respectivamente, R$ 360 mil e 150 mil dólares canadenses (cerca de R$ 370 mil), em até seis projetos de colaboração internacional.

O edital envolve setores como oceanografia física e química, biologia marinha, geologia e geofísica marinha, ciências interdisciplinares do mar, (bio) tecnologia marinha e aquacultura marinha (que estuda o tratamento dos lagos, rios e fauna e flora aquática). Além de integrar pesquisadores brasileiros e canadenses, o projeto incentiva a participação de alunos de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

No Brasil, os trabalhos terão orçamento de até R$ 30 mil anual e R$ 60 mil no total. Na Nova Escócia, o valor é de 12,5 mil dólares canadenses (mais de R$ 30 mil) por ano e 25 mil dólares canadenses (mais de R$ 61 mil) no total. O dinheiro é para custeio de diárias, passagens aéreas, materiais permanentes e serviços terceirizados dos canadenses.

Inscrições
Para se inscrever, o proponente deve acessar o edital no site www.fapergs.rs.gov.br, clicando no menu Formas de Apoio/Editais/Abertos. As propostas serão submetidas em língua portuguesa e inglesa até o dia 24 de abril. A divulgação final dos resultados sai em 6 de julho. Outras informações sobre o processo estão no www.iore.ca.

Nova Escócia
Localizada no leste do Canadá, Nova Escócia é uma das dez províncias do país, com população de mais de 900 mil pessoas e área total de 55.284 km². Por estar à beira do oceano Atlântico, é referência internacional no estudo oceanográfico. Sua economia é baseada principalmente na pesca, turismo e prestação de serviços financeiros. A capital é Halifax, maior centro populacional do leste canadense e uma das quatro cidades com a melhor qualidade de vida no país.

20150309085258fapergs_edital_01_2015_iore

mar 10

Oportunidades de estudo na Alemanha Programa Ciência sem Fronteiras

O DAAD – Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico – é o parceiro do Programa Ciência sem Fronteiras na Alemanha irá ministrar uma  palestra  que fornecerá informações sobre o Programa CsF em geral e detalhes sobre o processo seletivo para a Alemanha e também informações e fotos sobre a infraestrutura que a Alemanha oferece para bolsistas CsF. Um novo projeto está sendo inciado e consiste em visitar as cidades no sul do Brasil, onde houve imigração alemã. Acredita-se que encontram-se nessas cidades um número considerável de possíveis candidatos do CsF que queiram ir para a Alemanha. A próxima chamada para a Alemanha terá como um dos requisitos conhecimentos prévios de alemão.
Já foram concedidas cerca de 4.200 bolsas de Graduação Sanduíche CsF para a Alemanha. Em torno de 100 IES alemãs oferecem vagas para bolsistas do CsF, entre elas universidades com muita tradição nas Engenharias. O DAAD em Bonn conta com uma equipe que presta todo o apoio ao bolsista do programa Ciência sem Fronteiras, assim como às IES participantes.
A palestra ocorrerá no dia 26 de Março de 2015 às 18h no Auditório do Centro de Integração do Mercosul, que localiza-se na Rua Andrade Neves esq. Lobo da Costa, todos os interessados estão convidados.

daad

Posts mais antigos «