Início do conteúdo

Dia Mundial do Câncer

A Coordenação de Saúde e Qualidade de Vida informa sobre a Campanha do Dia Mundial do Câncer .

No dia 4 de fevereiro é  o dia mundial do  câncer. Pode parecer estranho que se comemore essa data, mas foi criada pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC), visando mobilizar as pessoas e organizações mundiais para reforçar a importância de adoção de hábitos saudáveis, atitudes de prevenção,  diagnóstico e tratamento precoce, fundamentais para o controle da doença.  A campanha visa também evitar muitas mortes por ano através da conscientização e educação sobre a esse assunto.

Doença antiga que os Gregos já descreviam e que compromete a saúde da humanidade há mais de três mil anos antes de Cristo.Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças e que tem em comum o crescimento desordenado de células, com tendência a invadir órgãos vizinhos da lesão inicial, o que é conhecido por metástases. Por algum motivo,células normais sofrem mutação genética e se multiplicam rapidamente. Essas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando muitas vezes,  a formação de tumores.

O Câncer é uma doença multifatorial, porém maus hábitos como o tabagismo, consumo exagerado de álcool, sedentarismo, obesidade, poluição e exposição prolongada ao sol sem proteção, aumentam as chances de incidência da doença. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada ano são diagnosticados milhões de pessoas com a doença, em alguns países já é considerado uma epidemia, tamanho é o numero de pessoas que adoecem , ficam com sequelas ou morrem. Em média 50% dos casos de câncer, são diagnosticados já em estágios avançados, ocasionando altos custos no tratamento e dificultando o processo de cura. O Instituto Nacional do Câncer (INCA), realizou pesquisa em 2018 e concluiu que surgiram aproximadamente 582 mil novos casos, 300 mil em homens e 282 mil em mulheres no Brasil.

Por causa desses números alarmantes é que se fazem campanhas de prevenção,  exatamente porque existem atitudes simples e práticas que podem ser adotadas no dia a dia. Alimentação correta e saudável é uma medida extremamente essencial para prevenção do câncer. Vegetais, legumes e frutas, em especial as ricas em fibras são alimentos recomendados na prevenção da doença. Por outro lado o consumo exagerado de carnes vermelhas aumenta o risco principalmente de câncer de intestino e de mama. O ideal é consumir até 500 g deste produto por semana.

A prática regular de exercícios físicos é considerada uma atividade anti-inflamatória potente e reduz as chances de praticamente todos os tipos de câncer. Quase todas as pessoas podem fazer alguma atividade física, por mais simples que seja é importante que o indivíduo se exercite regularmente.

Além da prevenção diária, é necessário acompanhamento médico, com exames anuais. Esses exames variam de acordo com as necessidades individuais, e são estabelecidas pelo médico,  nas avaliações de rotina. Cada tipo de câncer necessita de exames específicos, consultas e encaminhamentos adequados. Também existem protocolos médicos aplicados no mundo inteiro, que estabelecem grupos de risco, que devem ser considerados nas consultas de rotina.

 

O Câncer é a doença desse século, e cada vez mais pessoas padecem com esse mal. Ela não distingue calasse social, nem renda, nem gênero ou cor da pele, todos estamos expostos ao perigo de desenvolver essa doença ao longo da vida. Portanto é indispensável que cada cidadão ou cidadã tenha as informações  sobre os riscos e sobre fatores de proteção e prevenção. O objetivo é que as pessoas consigam ter uma vida saudável e para isso mudar hábitos prejudiciais  já é um bom início de caminho.

 

 

 

 

INCA

OPAS/OMS Brasil – Câncer

 

 

 

 

 

Publicado em 06/02/2019, em Destaques, Notícias.