domingo, 3 de março
Shadow

Professor Jovino Pizzi realiza nova missão para articular atividades do Observatório Global de Patologias Sociais

Com o objetivo de articular as atividades do Observatório Global de Patologias Sociais, o coordenador do projeto, professor Jovino Pizzi, realizou uma nova missão de trabalho entre os dias 29 de maio e 16 de junho.

A missão foi dividida em duas etapas. Na primeira, em Niejmenen, na Ranboud University, o professor Jovino Pizzi se encontrou com o professor Maximiliano Cenci para discutir, principalmente, a nova edição do Glossário de Patologias Sociais. O Glossário, lançado há dois anos, já acumula cerca de 3.600 consultas, um fato considerado “extraordinário”.

Na Radboud University também houve uma reunião com doutorandos de odontologia que, atualmente, realizam seus estudos naquela Universidade. Durante a visita, ele teve a oportunidade de conversar com o professor Bas Loomans (full professor of prosthodontics and conservatieve dentisty).

 

A segunda etapa ocorreu na Universidade Jaume I, cidade de Castellón de la Plana (Espanha). Entre as atividades realizadas, destaca-se a palestra, no dia 06, sobre Ética e patologias sociais, reuniões para discutir questões de pesquisa, tanto em relação ao projeto do Observatório Global de Patologias Sociais como do projeto espanhol sobre Inteligência Artificial.

Na oportunidade, foram realizadas também tratativas para a tradução ao português do livro Teoría de la Democracia. Nesse sentido, está sendo projetado a visita do autor do livro, professor Domingo García-Marzá, como Visiting Professor, programada para novembro deste ano.

A última atividade esteve relacionada ao projeto europeu ETHNA System – Ethical Governance in Research and Innovation – acompanhando o encontro com os pesquisadores da Espanha, Alemanha, Portugal, Estônia, Áustria, Bulgária, Dinamarca e Croácia.

ETHNA System é um projeto voltado à gestão ética das instituições, dedicando-se à “RRI in Higher Education, Funding na Research Centres”. O núcleo tem em vista as consequências das atividades de gestão e inovação, bem como na implementação de atividades voltadas ao público externo, isto é, à sociedade. Além de um código ético a respeito das “boas práticas” em R&I, o ETHNA System enfatiza a criação de comitês éticos de gestão e uma linha ética para a “comunicação segura e protegida” (https://ethnasystem.eu/).