1º Seminário da Rede APS 2022

Previne Brasil: destruição da APS no SUS? Aspectos críticos e proposições para o financiamento de uma APS integral, resolutiva, de base territorial e comunitária

A Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde da ABRASCO realizará o 1º Seminário 2022 Rede APS com o tema: “Previne Brasil: destruição da APS no SUS? Aspectos críticos e proposições para o financiamento de uma APS integral, resolutiva, de base territorial e comunitária”. O evento acontecerá no dia 8 de julho, das 9h às 12h e será transmitido pelo canal do YouTube TV Abrasco.

O Seminário virtual será aberto a todo público e é um evento preparatório para a Conferência Livre, Democrática e Popular de Saúde 2022 que acontecerá no dia 5 de agosto de 2022.

Programação do 1º Seminário da Rede APS 2022

Previne Brasil: destruição da APS no SUS? Aspectos críticos e proposições para o financiamento de uma APS integral, resolutiva, de base territorial e comunitária

Data: 8 de julho 2022
Horário: 9h-12h

Transmissão: Youtube TV Abrasco

(Link do evento: https://www.youtube.com/watch?v=zBcK3OsH4kg)

Mesa de Abertura (9h-9h30min)

Representantes: Abrasco, CNS, Conass, Conasems e Opas.

Mesa e Debate (9h30min-12h)

Proposta para o financiamento do SUS – Francisco Rózsa Funcia (ABrES)
Impactos do Previne no financiamento da APS – José Luiz de Paiva (Cosems RJ) e Mariana Alves Melo (Doutoranda da FSP/USP)
Proposições para uma APS integral, resolutiva, de base territorial e comunitária – Luiz Augusto Facchini (Rede APS)
Coordenação: Ligia Giovanella (Rede APS)

Confira a matéria do evento na íntegra: acesse o link do nosso site (https://redeaps.org.br/2022/06/20/assista-ao-1o-seminario-2022-rede-aps/).

Brasil se prepara para 13º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva ABRASCO anuncia a realização do 13º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva em Salvador, Bahia, no período de 19 a 24 de novembro de 2022.

Realizar este Congresso na atual conjuntura é desafiador, considerando os efeitos da pandemia da Covid-19, que provocou reviravoltas no mundo e na vida de todos nós, particularmente, no cotidiano dos serviços de saúde, nas universidades e no trabalho acadêmico.

O Programa de Pós Graduação em Enfermagem da UFPel conta com dois representantes diretos na Comissão Científica do congresso, Prof. Luiz Augusto Facchini como ex-presidente da ABRASCO e Pós Doc. Marcos Aurélio Matos Lemões como representante do GT Educação Popular e saúde. Os componentes da comissão estão definindo a organização geral do Congresso e seus eixos temáticos, espaços de debates como: grandes debates, palestras, mesas redondas e normas para submissão de trabalhos.

13º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva ocorrerá num ano extremamente importante para o futuro político do país, assim, esperamos que os debates, tanto nos eventos preparatórios quanto nos diversos espaços do Congresso estimulem reflexões e propostas que possam ser incorporadas à agenda da Saúde, da Educação e da Ciência e Tecnologia dos próximos governos, seja Federal ou Estaduais, de modo a contribuir para a reconstrução e redirecionamento das políticas públicas relevantes e estratégicas para o Brasil.

Informações de inscrições, prazos e normas para apresentação de trabalhos no site: 13º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva (saudecoletiva.org.br)