Início do conteúdo

Manifesto dos Estudantes Indígenas e Quilombolas

Em resposta às dificuldades impostas pela pandemia de coronavírus e às próprias limitações que encontram em suas trajetórias acadêmicas, os discentes Indígenas e Quilombolas da UFPel elaboraram e divulgaram, com interlocução do Núcleo de Ações Afirmativas e Diversidade (NUAAD), junto a diferentes unidades acadêmicas e administrativas da Universidade, o documento “Manifesto dos Estudantes Indígenas e Quilombolas”.

Neste Manifesto, os estudantes expõem sua posição frente a questões burocráticas, tanto anteriores, quanto outras surgidas no contexto da pandemia, e apresentam demandas pontuais, as quais julgam necessárias para a promoção de sua permanência na Universidade pública. O Manifesto e as demandas gerais desses estudantes foram apresentadas ao Conselho Coordenador do Ensino, da Pesquisa e da Extensão (COCEPE). A partir do documento, a UFPel constituiu Grupo de Trabalho para discutir ações de inclusão no Calendário Remoto, com representações do NUAAD e dos próprios estudantes (conforme Portaria nº 1427/2020, da Reitoria da UFPel). Este Grupo elaborou uma Resolução com normas para uma política de garantia de vagas em componentes curriculares para estudantes Indígenas e Quilombolas, a qual será apreciada pelo COCEPE.

O NUAAD apoia os Estudantes Indígenas e Quilombolas da UFPel em todas as suas reivindicações.

Leia o Manifesto completo aqui.

Publicado em 24/09/2020, em Notícias.
%d blogueiros gostam disto: