Início do conteúdo
    Notícias
  • Ciclo de Debates: Matriarcado, o lugar social das Mulheres de Axé e a luta do 8 de Março

    O GT Mulheres de Axé da RENAFRO Saúde vem atuando no enfrentamento à violência contra as mulheres, na construção de estratégias de empoderamento das mulheres de axé e no diálogo com as políticas públicas desde sua criação em 2005.

    Face a este histórico de militância, ativismo e produção de conhecimento das Mulheres de Axé da RENAFRO, a coordenação nacional em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas E’léékò da UFPel/UFRGS apresentam o “Ciclo de Debates: Matriarcado, o lugar social das Mulheres de Axé e a luta do 8 de Março”.

    A proposta é visibilizar as lutas das Mulheres de Axé em prol de uma sociedade que respeite e valorize as diferenças; discutir sobre o matriarcado enquanto um valor civilizatório de matriz africana presente nas comunidades tradicionais de terreiro; discutir sobre o lugar social das Mulheres de Axé e sua interface com o 8 de Março.

    Data: 12/03/2021

    Horário: 19h

    Local:  YouTube RENAFRO Saúde Nacional

     

    Abertura:

    MÃE NILCE DE IANSÃ

    Iyá Egbé do Ilê Omolú e Oxum. Coordenadora Nacional da RENAFRO Saúde.

     

    Convidadas:

    KAKÁ PORTILHO

    Filha de Jacintha Ferreira e Vanice Portilho. Mangueirense de nascimento de nação. Orgulhosamente candomblecista, ativista que movimenta-se em prol do Direito a Ter Direito aos irmãos afro-pindoramicos. Fundadora e presidente do Instituto Hoju. Coordenadora do Centro de Altos Estudos e Pesquisas Afro-pindoramicas e do PPMAEE da Univerkizazi/UKAY. Fundadora da Sociedade Matriarcado Afreekana no Brasil. Internacionalista, Neuropsicopedagoga e especialista em neurociência e física da consciência. Mestre em Educação para as Relações Étnicorracias, doutoranda do curso de Antropologia social.

     IYÁ CRISTINA D’OSUN

    Ìyálórìṣà da Associação beneficente Educacional e cultural Ilê Asé Iyalode Oyo. Coordenadora do Núcleo SP da RENAFRO – Rede Nacional de Religiões Afro Brasileira e Saúde. Coordenadora no Coletivo Larayo Alta Estima e Ateliê. Coordenadora do Projeto Awon Obirin. Conselheira do Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de São Paulo gestão 2021-2024.

     EDINA DE IYEMANJÁ

    Iyawô do Ilê Axé Oxum Tunji. Coordenadora de Comunicação do Núcleo Ceará da RENAFRO. Membro fundadora do Coletivo Cultural Odò Lewà

     

     Mediadora:

     MÍRIAM OLORI-OBA ALVES

    Professora do curso de Psicologia da UFPel. Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional da UFRGS. Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa E’léékò.

     

    Inscrições pelo link:

    https://forms.gle/aZB8aU7UF9mpQ72w7

     

  • Ciclo de Debates: Vacina para Todes! RENAFRO Saúde – Cuidar é nossa Tradição!

    A Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde (RENAFRO Saúde) é uma das maiores organizações político-social do povo de terreiro do Brasil. Trata-se de uma instância de articulação da sociedade civil que envolve vivenciadores/as de tradições de matriz africana e afro-umbandista, gestores e profissionais de saúde, integrantes de organizações não governamentais, pesquisadores/as, ativistas de movimentos sociais negros e de mulheres negras.

    Diante do atual contexto de grande crise sanitária vivenciada no Brasil provocada pela Covid-19 e, sobretudo, pela inexistência de uma política de enfrentamento à pandemia e uma política de imunização de toda a população brasileira, organizadas e capitaneadas pelo governo federal e articuladas com estados e municípios, a RENAFRO Saúde e o Núcleo de Estudos e Pesquisas E’léékò da UFPel/UFRGS se colocam no compromisso ético-político de expor ideias e facilitar o debate sobre  o direito coletivo à vacina, lançando a perspectiva da afrobioética e da territorialidade enquanto critério para pensar um plano de imunização.

    Objetivos:

    – Discutir sobre o direito individual e o direito coletivo à vacina;

    – Discutir sobre territorialidade e plano de imunização;

    – Expor a perspectiva civilizatória de matriz africana sobre o direito coletivo à vacina – afrobioética.

     

    Data: 02 de março de 2021

    Horário: das 19h às 21h

    Local: YouTube RENAFRO Saúde Nacional

     

    Convidadas:

    LÚCIA XAVIER

    Ekeji do Ilê Omiojuarô. Assistente Social, fundadora e coordenadora de CRIOLA, organização de mulheres negras com sede no Rio de Janeiro.

     

    KAROL VEIGA CABRAL

    Psicóloga. Doutora em Antropologia pela Universitat Rovira i Virgili (URV), validado nacionalmente como Doutora em Saúde Coletiva pela UFGRS.

     

    Debatedores/as:

    MÃE NILCE DE IANSÃ

    Iyá Egbé do Ilê Omolú e Oxum. Coordenadora Nacional da RENAFRO Saúde.

     

    BABÁ DIBA DE IYEMONJA

    Babalorixá. Coordenador Nacional da RENAFRO Saúde. Presidente do Conselho do Povo de Terreiro do RS. Sanitarista.

     

    Inscrições pelo link:

    https://forms.gle/AQtbbNNkQkPH8Rc18

     

  • IV Jornada do Núcleo de Estudos e Pesquisas ÉLÉEKO

    A IV Jornada do Núcleo de Estudos e Pesquisas É’LÉÉKO: Diálogos Pluriversos e as Encruzilhadas de (Re)Existências, ocorrerá nos dias 02, 03, 09 e 10 de dezembro.
    Neste ano, a Jornada será virtual e contará com um conjunto de mesas formadas por pesquisadores e pesquisadoras vinculadas ao É’LÉÉKO, além de pesquisadores e pesquisadoras e artistas convidados que irão desenvolver reflexões e contribuições a partir dos trabalhos apresentados nas mesas temáticas.
    O objetivo do evento é fomentar a produção científica desde o lugar de enunciação de corpos-políticos pretos, desde os territórios de vida afrodiaspóricos, na perspectiva de que a polifonia de vozes produza agenciamentos para uma ciência preta que se anuncia desde o lugar preto, com todas as decorrências desta escolha política.

    Em virtude da pandemia da Covid-19, a Jornada será virtual e transmitida pelo nosso canal no YouTube.
    Veja a programação completa em nossa página e inscreva-se aqui

    Acompanhe a página no Facebook: @grupoeleeko